Lobão Filho discute relacionamento entre governo e igreja com líderes evangélicos

O candidato ao governo do Estado, senador Lobão Filho (PMDB), reuniu-se, nesta segunda-feira (30), em São Luís, com lideranças evangélicas para discutir o relacionamento entre o governo e as igrejas do Maranhão. Pastores e membros de diversas congregações compareceram ao evento e discutiram propostas de alianças para o desenvolvimento de serviços sociais em prol do estado.

Lobão Filho em reunião com líderes evangélicos
Lobão Filho em reunião com líderes evangélicos

“O governo não pode financiar a igreja, mas pode instrumentá-la para que vocês atuem na sociedade junto ao governo. A igreja é um bom caminho, por exemplo, para tirar os jovens das drogas. Não vou tirar os jovens do crack com a polícia, mas pela fé e pela alma e não há como chegar ao coração das pessoas sem vocês”, afirmou Lobão Filho aos pastores.

O missionário Vilas Boas, presidente da Unipas (União Internacional de Pastores e Capelães Voluntários) no Maranhão levantou a necessidade de albergues e casas de repouso para abrigar mendigos no estado.

“Nós capelães distribuímos alimentos e cobertores à noite para os moradores de rua, mas não temos para onde leva-los”. Vilas Boas citou o exemplo de estados como São Paulo e Santa Catarina em que o estado oferece albergues com banho e dormitório para que essas pessoas passem a noite.

Lobão Filho propôs um serviço em larga escala, equiparando o trabalho de todos os pastores à capelania. “Minha proposta é que os pastores não se direcionem apenas aos fieis, mas que assistam às famílias em situações de dificuldade, aos presos e demais setores da sociedade carente de amparo espiritual”, sugeriu.

“Há traficantes nas portas das escolas e a igreja é o exército do bem para enfrentar esse mal. Para enfrentar o traficante, o governo tem a polícia, mas a igreja é uma grande aliada das vítimas”, completou.

Juventude – O estudante Mizael Junior, participante do programa do governo federal Ciência sem Fronteiras, destacou a participação do senador Lobão Filho na aprovação do programa no Congresso Nacional e afirmou que o candidato tem muito a fazer pela juventude do estado.

“A juventude evangélica apoia Lobão Filho. Em terra que o comunismo pisa não cresce grama. Quem conhece a verdade, não apoia o outro lado”, declarou.

 Lobão Filho recebeu as orações dos líderes evangélicos para a obtenção de inteligência emocional e habilidade para lidar com as pressões da reta final da campanha. O candidato agradeceu as preces e finalizou o evento com um pedido.

“Não venho aqui pedir votos, mas peço que vocês orem para que seja escolhido o melhor candidato para o Maranhão. O nosso estado pode ser muito maravilhoso para o nosso povo e, se Deus permitir, há de ser muito em breve”.

ASSCOM PMDB

3 comentários sobre “Lobão Filho discute relacionamento entre governo e igreja com líderes evangélicos”

  1. É engraçados estes evangélicos, alem de acreditar em Deus, acreditam em qualquer maluco que aparece oferecendo dizimo. Alias o dizimo é a parte legal da crença.

Deixe uma resposta