Polícia acaba com esquema de notas falsas em Coroatá

Notas falsas

O assistente administrativo, Sergiano de Sousa Mendes, de 24 anos, é principal suspeito de comandar um derrame de notas falsas em Coroatá. No último fim de semana, um promotor de eventos recolheu R$ 1.000,00 em notas de R$ 100,00 falsificadas e às levou até a Polícia Militar

O cidadão dono da festa quando foi pagar a bebida, a proprietária da bebida desconfiou. Ele procurou a PM e nós imediatamente, sabendo já o nome dessa pessoa que estava derramando notas de 100,00 falsas, nós prendemos essa pessoa”, explicou o sargento Sebastião Reis (sgto. Tião).

MENORES NO ESQUEMA

O delegado descobriu que Sergiano não agia sozinho. Com alguns comparsas, vendia notas de R$ 100,00 falsas por notas de R$ 50,00 verdadeiras ou usava adolescentes para repassá-las no comércio. Um garoto contou como todo o esquema funcionava à Reno Cavalcante

“Eles utilizavam alguns menores para passar essas notas no comércio local, quando eles não vendiam por um valor mais baixo, notas legítimas de valor mais baixo, eles passavam para os menores e ficavam com o troco”, revelou o delegado

LIBERADOS

O adolescente foi ouvido e liberado, o que deve ocorrer também com Sergiano nas próximas horas porque ele não foi preso em flagrante. Mas o delegado que investiga o caso já informou que todos os adultos envolvidos terão prisão preventiva pedida à Justiça.

Além de responder por falsificação de moeda, os suspeitos também responderão pelo crime de corrupção de menores.

Algumas pessoas estão foragidas da cidade e nós vamos entrar em contato com o poder judiciário para pedir a preventiva desses indivíduos”, concluiu

Um comentário sobre “Polícia acaba com esquema de notas falsas em Coroatá”

  1. Me revoltas esses bandidos que passam notas falsas. Não sabem o que é realmente o valor de uma pessoa que trabalha e precisa pagar as contas. Tive que comprar uma máquina para identificação de dinheiro e cartões de crédito falsa para evitar prejuizos. O nome para quem quiser saber é Money Test. Parabéns ao trabalho da policia!

Deixe uma resposta