Projeto Samuzinho continua orientando alunos da rede pública de ensino em Codó

O projeto Samuzinho continua sendo divulgado nas escolas da rede municipal de ensino. Esta semana, a equipe de profissionais do SAMU está atuando com o projeto na Escola Municipal Estevam Ângelo, orientando as turmas sobre como proceder em situações de emergência e de como usar o serviço de atendimento de forma responsável e eficiente.

O principal objetivo do Projeto é de que as crianças, uma vez em contato com essas informações passadas pelas equipes do SAMU, possam se transformar em agentes multiplicadores junto à escola e a comunidade em que vivem. A importância do projeto está em diminuir no numero de trotes, o que atrapalha os atendimentos, principalmente na zona rural.

Além de compartilhar informações junto à comunidade, o projeto também investe na formação de crianças e educadores como agentes multiplicadores de conhecimento específico em primeiros socorros. O “Samuzinho nas escolas” é realizado pela Secretaria Municipal de Saúde. A ideia é repassar às crianças orientações sobre situações de risco de acidentes, sejam no ambiente escolar, ou até o espaço doméstico.

Aqui as crianças aprendem sobre os equipamentos, procedimentos, como se comportarem em uma situação de emergência e, principalmente a como usar de forma responsável o serviço do serviço SAMU – 192, esclarecendo sobre o uso devido de ligação ao auxílio e danos causados pelos populares “trotes“, explicou o diretor do SAMU, Messias Neves.

Ascom – PMC

Um comentário sobre “Projeto Samuzinho continua orientando alunos da rede pública de ensino em Codó”

  1. Todo e qualquer programa elaborado pela Administraca Publica tem que usar a rede publica de ensino para a sua divulgacao e realizacao. As escolas particulares tambem tem que ser envolvidas neste processo. Parabens a Secretaria se Saude.

Deixe uma resposta