Serviço Travessia chega à cidade de Codó

Localizada no leste maranhense, a cidade de Codó vai passar a contar com o Serviço Travessia, a partir do mês de agosto, que vai possibilitar a pessoas com deficiência, transporte porta a porta gratuito garantindo acesso a serviços de saúde, educação, trabalho e lazer. A implementação do Travessia no município é uma parceria entre a Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos (MOB) e a Prefeitura de Codó.

“O Travessia muda a vida da população onde está inserido e a expansão do Serviço é uma determinação do governador Flávio Dino e, nesse sentido, estamos envidando esforços para expandir o Travessia, fazendo as parcerias necessárias”, disse Lawrence Melo.

O Serviço Travessia está presente em 28 cidades maranhense e atende mais de três mil usuários cadastrados. Em três anos já realizou mais de 78 mil viagens beneficiando milhares de pessoas. Em Codó o serviço vai disponibilizar uma van adaptada para fazer o transporte das pessoas com deficiência e a Prefeitura será a responsável pela central de funcionamento e infraestrutura do Serviço.

Mais municípios

Ainda para o mês de agosto está prevista a implantação do Serviço Travessia na Regional de Itapecuru Mirim que vai abranger 14 municípios, viabilizando o deslocamento de usuários com maior nível de vulnerabilidade socioeconômica, especificamente, para a assistência médica.

Serão contemplados os municípios de Anajatuba, Arari, Belágua, Cantanhede, Itapecuru Mirim, Matões do Norte, Miranda do Norte, Nina Rodrigues, Pirapemas, Presidente Vargas, São Benedito do Rio Preto, Urbanos Santos, Vargem Grande e Vitória do Mearim.

“Estamos trabalhando para, ainda no mês de agosto, disponibilizar para 14 municípios da regional de Itapecuru o Serviço Travessia. Nesses municípios o serviço vai funcionar especificamente para a área da saúde, transportando usuários de baixa renda para consultas médicas, exames, etc. Essa parceria com a Secretaria Estadual de Saúde é mais um grande passo para a efetivação dessa política pública de transporte porta a porta que muda a vida das pessoas”, concluiu Lawrence.

SECAP

Deixe uma resposta