VEJA O SOFRER – SAAE castiga moradores do São Francisco com falta de água nas torneiras

Na rua Pedro Álvares Cabral, uma das maiores do bairro São Francisco, dona Adelaide Muniz dos Santos nos mostrou, com tristeza,  que da torneira da casa dela não sai nada durante o dia. Para ter água é preciso não dormir na madrugada.

i

 “Eu já acordei aqui 2h da manhã e a água tá fininha, sem encher, só enche melhor se eu levantar 4h da manhã….4H DA MANHÃ? 4h da manhã se não ser não pega nem um pingo d’água (…) eu acho errado porque sem água ninguém vive,. Água é vida, água é saúde, pode faltar comida na mesa, mas comida não podem faltar, filho”

LAVAR ROUPA, SÓ ÀS 4H DA MANHÃ

Já pensou só poder lavar a roupa da família às 4h da madrugada? Na casa de dona Benedita dos Santos este é o único horário possível.

 “4h da manhã, 4 horas da manhã …POR QUE? Porque é falta d’Água direto, aqui na Pedro Álvares Cabral não tem água de jeito nenhum (…) é fininha, lá pra madrugada é que vai engrossar, quase na hora de eu levantar pra lavar roupa”, garantiu ela que tem uma pequena venda de bebidas na rua.

Dona Isabel de Matos Carneiro nunca tinha enfrentado tanto tempo sem água em casa e pagando a conta, sempre.

 “5 meses sem água…QUE HORAS QUE CHEGA? 10h da noite, quando vem, a gente vai conversando, entretendo, esperando chegar (…) cobrança, outro dia vieram pra cortar, eu digo – vocês vão cortar esse cano seco? Porque aqui não tem água”, frisou a lavradora

O preço médio das cobranças do SAAE na Pedro Álvares Cabral é de R$ 30 por casa que deveria receber o fornecimento, é o valor cobrado para dona Eulália Moreira que mantém o pagamento em dia.

“6h quando eu me levanto não tem mais nem um pingo…O QUE O SAAE JÁ DISSE PRA VOCÊS? Nada, é só o talão que chega (…) E A SENHORA ACHA JUSTO? Não acho não porque eu to pagando conta e não tem água pra mim banhar, nem lavar roupa, nem lavar minha casa”

O QUE DIZ O SAAE

O diretor comercial do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE/Codó), Carlos Flávio Ferreira , informou que um novo poço já está em fase de conclusão dentro do bairro São Francisco, especificamente na praça Osvaldo SANTOS.

Segundo ele, quando entrar em funcionamento deverá acabar com a falta de água na rua retratada  nesta reportagem.

Não deu prazo de entrega do novo poço.

Deixe uma resposta