Vereador Delegado Rômulo levará requerimento ao Estado por mais delegados e investigadores para Codó

Em entrevista a mídia digital, o vereador Delegado Rômulo falou sobre a grave situação da segurança pública em Codó. O edil informou que chamará os colegas vereadores para assinarem um requerimento que será encaminhado ao deputado estadual Zito Rolim, para que o parlamentar peça ao governador Flávio Dino e ao secretário de Estado de Segurança Pública mais delegados e investigadores de Polícia Civil para Codó.

Junto ao ofício, o vereador Delegado Rômulo fará chegar ao governador e ao secretário de segurança os dados estatísticos que mostram a situação crítica do efetivo da polícia civil em Codó. De acordo com dados mostrados pelo vereador, Codó tem quase a mesma população de Caxias e Timon, mas um quadro efetivo de Polícia Civil muito deficitário em relação aos municípios vizinhos.

Hoje Codó conta com três delegados, mas vai perder um porque o delegado Zilmar irá para Caxias. Timon é uma cidade que tem população um pouco maior que Codó, cerca de 150 mil habitantes, e tem 17 delegados e 49 investigadores. Caxias, tem apenas 300 habitantes a mais que Timon, tem 7 delegados e 17 investigadores. Então notamos que essa diferença em relação a Codó é desproporcional, que tem 118 mil habitantes e tem apenas 3 delegados e 6 investigadores. Com esses números o município está muito vulnerável e exposto e a sociedade precisa participar dessa luta”.

O edil ainda alertou que a demanda é urgente e que a sociedade precisa ter uma resposta. “Em Codó é um delegado pra trinta e nove mil habitantes. Isso é um assunto muito sério. Segurança pública é qualidade de vida. Não adianta ter hospital e escolas de primeiro mundo e não ter segurança suficiente. E não adianta fazer concurso público pra cinco mil homens da PM e a policia civil não têm profissionais atuando. Precisamos enviar esse ofício e fazer com que ele chegue ao conhecimento do governador, para ele entender a situação crítica de Codó. Essa situação é humanamente impossível e insustentável”

O vereador Rômulo também informou que outro oficio será encaminhado, solicitando a contratação de um médico perito e a estruturação do IML de Codó.

Ascom

Deixe uma resposta