Vereador Delegado Rômulo solicita criação da Escola Pública de Trânsito Municipal em Codó

Durante a 20ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Codó, o vereador Delegado Rômulo, por meio da Indicação Nº 146/19, solicitou ao Executivo Municipal a criação do projeto para a implementação da Escola Pública de Trânsito Municipal. “É uma Indicação que fazemos para a criação deste projeto, a ser discutido com as autoridades do trânsito em nossa cidade, como o Tenente Sales, Capitão Moura, com o Procurador do Município, Dr. Ribamar, com o objetivo de preparar as pessoas que não tem condições financeiras para tirar sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e melhorar a educação no trânsito de Codó”, explicou o parlamentar.

Em sua justificativa para a Indicação, o edil apresentou números e dados importantes, que demonstram a urgência em se implementar o projeto da Escola Pública de Trânsito Municipal em Codó. “Para termos uma idéia, em Codó possuímos uma frota de trinta e quatro mil veículos circulando na cidade. Destes, vinte e nove mil são motos. E apenas cinco mil desses condutores são habilitados. Portanto, este projeto irá preparar melhor os condutores, coibir infrações e, conseqüentemente, diminuir os acidentes de trânsito com traumas, que hoje ocupam cerca de oitenta por cento dos leitos no HGM”.

Vereador delegado Rômulo

O vereador Delegado Rômulo ainda informou que o projeto tem a previsão para contar com vinte cursos relativos a trânsito para o cidadão condutor de veículo automotor, com instrutores cadastrados e credenciados junto ao DETRAN. “Recebemos uma resposta muito positiva do Prefeito Nagib, que colocará em breve o projeto em ação, contando com a estrutura da Secretaria de Educação e o recurso oriundo do setor da educação e do IPVA pago pelos condutores, que tem 50% realocados ao município”, concluiu.

Outras Indicações

Com a Indicação Nº 145/19, o vereador Delegado Rômulo solicitou a direção do SAAE pela perfuração de um poço artesiano na localidade Caçamba e com a Indicação Nº 147/19 solicita a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Rural pela colocação da cobertura no ponto de moto taxi em frente ao INSS.

Ascom

Deixe uma resposta