VÍDEO: Políticos codoenses falam do prazer de ter estado com o ex-presidente José Sarney

O ex-secretário de Esportes de Codó, Francisco Galileia, esteve em São Luís, recentemente, onde encontrou-se com o ex-presidente da República José Sarney.

José Sarney e Galileia

Galileia, na companhia de Zé Adilson e do ex-vereador Argemiro Filho, conversou alguns minutos com o maior político de todos os tempos do Maranhão.

Argemiro Filho com José Sarney

“Tivemos nossos 10 minutos de fama com ele, ao lado daquele grande homem, no qual conversamos sobre a política, política agora pra governo e pras outras situações também e ele conversou alguns minutos com a gente, disse algumas coisas que ele achava da política pra esse governo agora, a gente ouviu atentamente, aprendemos mais um pouco com o ex-presidente e a gente ficou muito feliz com essa visita ali”, disse Galileia

O grupo de codoenses foi à São Luís fechar acordos políticos para as eleições deste ano.

9 comentários sobre “VÍDEO: Políticos codoenses falam do prazer de ter estado com o ex-presidente José Sarney”

  1. VOCES CODOENSES TIVERAM O PRAZER DE APERTAR A MÃO DE UM DOS HOMENS MAIS DE TODOS OS TEMPOS E DO RESPONSÁVEL INCONTESTE PELO GRANDE ATRASO DO NOSSO ESTADO DURANTE 5 DÉCADAS CUJO TEMPO FICOU PARA TRÁS E NÃO TEREMOS O PRAZER DE VER RECUPERADO PORQUE A DESGRAÇA SE ACUMULOU A TAL PONTO QUE JAMAIS ALXANÇAREMOS O DESENVOLVIMENTO DO NOSSO ESTADO. SÓ LAMENTO PELA INOCÊNCIA DE VOCES EM PENSAREM QUE FIZERAM UM GRANDE FEITO.
    MEUS SINCEROS PÊSAMES

  2. senhores codoenses argemiro, galilea e ze adilsom procurem nas livrarias o livro sobre este cidadão que voces apertara a mão com o título HONORÁVEIS BANDIDOS para voces saberem umas coisinhas sobre este que acabou com o nosso Estado. Vou repetir o nome do livro H O N O R A V E I S B A N D I D O S
    a capa é o rosto dele com óculos escuro. Eu soube que quando este livro foi lançado ele quis proibir, não sei se é verdade o certo é que foi para as bancas. Eu comprei um a alguns anos na rodoviária de são luis mas emprestei e não me devolveram senão em emprestaria para voces, inocentes.

Deixe uma resposta