Fale com Acélio

Muitas pessoas vão aos cemitérios para deixar flores ou acender velas pelos mortos, outros, porém, escolhem por fazer preces pelas almas de seus entes queridos. De uma forma ou de outra, todos elevam seus pensamentos com respeito pelo parente ou amigo que já se foi. “Nesta data as flores se tornam o gesto mais usado para lembrar aqueles que deixaram apenas a saudade”, relata Eduardo Gouveia, idealizador do portal Coroas para Velório.

A homenagem às pessoas que já se foram é feita desde a época dos antigos, alguns cristãos rezavam pelos falecidos, visitando os túmulos para rezar pelos que morreram. No século V, a Igreja dedicava um dia do ano para rezar por todos os mortos e desde o século XIII, a celebração começou a ser feita no dia 2 de novembro, já que no dia anterior é comemorado o dia de todos os santos, quando se reza por aqueles que morreram em estado de graça, com os pecados perdoados.

A homenagem se espalhou pelo mundo e em alguns lugares, o costume foi fundido à cultura local. Os mexicanos, por exemplo, costumam fazer um banquete nesta data, acreditando que as almas voltam a terra para realizar uma visita a todos parentes e amigos, a festa conhecida como a Festa dos Mortos é bem característica da cultura mexicana e atrai muitos turistas.

Já no Brasil, muitos vão até os cemitérios levar flores, acender velas e rezar pelos seus entes queridos que já faleceram. Alguns também mandam rezar missas em nome dos falecidos. A prática de levar flores em homenagem aos falecidos acontece durante o ano todo, mas no dia 2 de novembro é intensificada. As flores mais usadas na data são as flores de campo: Crisântemos e margaridas. Aliás, é possível encontrar belíssimas coroas de flores para essa ocasião.

Os tipo e cores de flores revelam muito os sentimentos que a pessoa deseja transmitir, como no caso de falecimentos das decências orientais, é essencial evitar flores que contém espinhos, pois não são bem aceitas pelas famílias. Na Europa Ocidental, lírios brancos e crisântemos são as flores fúnebres. Já no Leste Europeu, o luto é expresso por flores amarelas. No caso de pessoas jovens, são evitadas cores escuras, já quando se trata de crianças, é recomendável usar apenas flores brancas que transmitem pureza.

As coroas de flores representam a vitória da vida sobre a morte, por isso estão arranjadas em forma de círculo, que representa a certeza que a alma do ente querido venceu esse momento de transição.

“Independentemente, na crença de cada pessoa em relação à morte, todos têm a necessidade de expressar o carinho, a admiração e a saudade pelos que já se foram. Para as pessoas que fizeram parte vida, e que merecem ser lembradas da maneira especial, reverenciando-as e não permitindo cair em esquecimento” – conclui Gouveia.

Deixe um comentário

PUBLICIDADES

A CONVERSA É COM ACÉLIO TRINDADE

EDITAL

APP RAD MAIS

Dra. Nábia, PEDIATRA

FACULDADE IPEDE

REGIONAL TELECOM

Marque Consulta

FC MOTOS

LOJA PARAISO

PREPARATÓRIO PARA CONCURSO

FARMÁCIA DO TRABALHADOR

PANIFICADORA ALFA

OPTICA AGAPE

SUPERLAR

PHARMAJOY

BRILHO DO SOL

 

CAWEB FIBRA

MUNDO DOS PARAFUSOS

Av. SANTOS DUMONT
CONTATO: (99)98161-3612

PARAÍBA A MODA DA SUA VIDA

Venda de Imóveis Codó-MA

HOSPITAL SÃO PEDRO (HSP)

Óticas HP

CARTÃO NOROESTE

 

 

SEMANA RAD+

 

 

GABRIELA CONSTRUÇÕES

Imprima

Lojas Tropical

Mundo do Real

Cacau Show – Codó-MA

 

Reginaldo

Baronesa Janaína

SÔNIA VARIEDADES

RÁDIOS NET

EAD – Grátis

Categorias