AJUDE: Hemonúcleo de Codó precisa de mais doadores voluntários

Na sala de espera a maioria aparece a pedido de alguém, parente ou amigo,  que está precisando,  urgentemente,  de sangue para uma cirurgia. Foi o caso, por exemplo,  do pedreiro Stefânio Silva.

 “É a primeira vez, o fato da minha esposa vai fazer uma cirurgia eles pediram que a gente pudesse ter pessoas que doem sangue, então essa foi a forma de incentivo pra gente fazer este ato que é tão importante e necessário porque, certamente, pessoas vão precisar”, explicou

Doador faz gesto de solidariedade
Doador faz gesto de solidariedade

Este tipo de doador é importante e faz o estoque se  manter sua média. No mês passado foram 147 bolsas, este mês, até o dia desta reportagem, eram 125, mas a demanda da região é bem maior, por isso o Hemonúcleo continua precisando daqueles que tomam a iniciativa de doar pelo simples prazer de ajudar, afora  a urgência ou de emergências para amigos ou parentes.

É neste sentido o apelo da Assistente Social que coordena o Hemonúcleo, Sidneyde Duailibe, que distribui sangue para várias cidades desta região do Estado.

 “O Hemonúcleo de Codó está sempre precisando de doares voluntários, não só de reposição, uma doação direcionada, nós estamos precisando também de doadores voluntários por quê? Nós temos as emergências, nós temos a urgência, nós temos doadores que não têm ninguém e, assim, uma doação voluntária estará salvando até 3 vidas”, afirmou

Estoque abaixo do que o Hemonúcleo precisa
Estoque abaixo do que o Hemonúcleo precisa

Durante toda esta semana os pedidos de colaboração foram  ainda mais intensos e presentes na vida de quem se mostra um potencial doador e neste caso vale para quem já desenvolveu o hábito como Daniel Santos  que estava doando pela 6ª vez.

 “Um dia ele pode precisar de ajuda também, então é bom sempre ajudar porque um dia alguém vai te ajudar, da mesma forma”, disse o encarregado de setor em supermercado

E para sensibilizar o retorno de gente como Francileide  Conceição que chegou para a ajudar uma amiga, mas nada a impede de, na próxima, vir sem compromisso.

 “Com certeza, se dé eu venho sempre…COLABORAR, NÉ? Com certeza, é importante, porque o que eu to fazendo hoje por uma pessoa amanhã pode ser que ela venha fazer por mim, pra mim ou pra outra pessoa da minha família”, respondeu

5 comentários sobre “AJUDE: Hemonúcleo de Codó precisa de mais doadores voluntários”

  1. Gostaria de doar, mas qndo eu era criança tive hepatite A, uma enfermeira me disse q não posso ser doadora. Não sei se é verdade, já pesquisei e alguns sites dizem que posso, ai fico na dúvida.

Deixe um comentário