Após vencer batalha contra prefeito professores de Pirapemas desocuparão prédio da Secretaria de Educação

Em greve deste o dia 18 de novembro, 87 dos 117 professores efetivos de Pirapemas estarão desocupando ainda hoje o prédio da Secretaria Municipal de Educação onde estavam, praticamente, morando (se alimentando e dormindo) havia 4 dias.

A notícia foi repassada ao blogdoacelio no final na manhã desta sexta-feira, 16, pelo assessor de Comunicação do Sindicato dos Servidores Públicos de Pirapemas, professor Gilmar Sales.

“Nós fizemos uma proposta, ele fizeram a contra-proposta e nós fizemos outra. Nós vamos suspender a greve, temporariamente, eles não vão descontar as faltas, nós vamos encerrar o ano letivo, encerrar o ano letivo e eles terão que nos dar uma resposta no prazo que eles assinaram lá na Justiça e se não cumprirem com o que nós solicitamos a eles nós já iniciaremos o ano em greve de novo”, garantiu Gilmar

Veja o vídeo feito pelo blog com as principais reivindicações.

Além de melhorias de condições de trabalho, o grupo exigia equiparação ao piso nacional, hoje de R$ 1.187,00. Em Pirapemas, quem mais ganha recebe salário de R$ 750,00 (efetivos), os contratados ganham em torno de R$ 620,00.

LUTA POR SINAL

A equipe da TV Mirante esteve ontem, 15, na cidade, que estava eufórica. Logo após a nossa saída, o sinal da TV foi cortado, por volta das 17h. Só hoje, por intervenção do vereador, Henrique Correa, perante o juiz de Direito, Dr. Frederico, houve o restabelecimento do sinal e as pessoas da cidade puderam ver a reportagem mostrando a greve.

Parabenizar a luta dos educadores que saíram, certamente, vitoriosos, muito embora ainda não tenham vencido a guerra contra o governo municipal.

Deixe um comentário