Fale com Acélio

DADOS DA PM MOSTRAM ALGO ASSUSTADOR

Na festa, realizada num bar do bairro São Francisco,  com música por meio de um paredão de capacidade média de som, festa esta do PCC (Primeiro Comando da Capital) encerrada na noite do último sábado, 27, pela Polícia Militar, após denúncia, havia 109 participantes.

Destes 109 participantes, exatamente 40 eram adolescentes.

Pelos dados coletados pelos policiais que estiveram na operação, 25 eram meninas e 15 eram garotos, todos estes abaixo de 18 anos de idade.

Ou seja, 36,69% do público não poderia, sequer, estar naquele ambiente onde a Polícia Militar apreendeu armas de fogo e facas, além de drogas após saber que uma facção estaria promovendo o evento no bairro São Francisco em comemoração a algo que não vou revelado à força policial.

Em áudio enviado ao jornalista Acélio Trindade, no doningo, 28, o comandante do 17º BPM, Tenente-Coronel Joanilson Gusmão Mota,  chamou o Conselho Tutelar e o Ministério Público (por meio de sua Promotoria da Infância e Juventude) para dividir responsabilidades, demonstrando preocupação com a situação.

“Isso é uma coisa séria, isso aí tá sendo um fator complicador pra polícia, trabalhar com menor sempre foi um problema muito sério. Quando a PM intervém nestes casos só sobra pro policial, o menor sempre sai como vítima, que a polícia foi truculenta, então o Promotoria (de Justiça) tem que ver, fazer um trabalho pra gente, realmente, fazer um trabalho, pra gente agir melhor porque deixar só a polícia, meu amigo, neste cerco, neste confronto, é complicado “, disse o comandante preocupado

O comandante também escreveu sobre a proporção do fato que tem, segundo ele, crescido rapidamente.

Para Joanilson Gusmão Mota se as forças de segurança e  órgãos  como Conselho Tutelar e Ministério Público  Estadual perderem o tempo de agir, que é agora, “a cidade vai virar um caos”.

“É um problema muito sério, e tá criando uma proporção preocupante, e se nada for feito logo, a cidade vai virar um caos na segurança, e a população vai ficar refém desses bandidos. Obrigado pelo apoio”, escreveu o comandante da PM.

2 comentários sobre “ASSUSTADOR: Polícia Militar encontra 40 menores de idade, maioria meninas, em festa patrocinada por facção criminosa em Codó”

  1. Cocaína está rolando solto na cidade de Codó, todo mundo sabe e o pior é que ninguém faz nada.
    Daqui alguns anos quando as ” autoridades” forem abrir os olhos será tarde demais
    Se vocês não tomarem uma providência urgente os traficantes tomaram conta da cidade. Aonde o Estado está ausente o crime toma conta
    Traficantes aqui em Codó estão vendendo droga na cara de pau , nós bares, nas festa e em plena avenida estão ficando rico comprando casa, moto, carro de luxo, enriquecendo adoecendo a população e destruído as famílias .

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

PUBLICIDADES

A CONVERSA É COM ACÉLIO TRINDADE

APP RAD MAIS

Dra. Nábia, PEDIATRA

JÉSSICA COUTINHO

IMPULSO CRED

REGIONAL TELECOM

Marque Consulta

FC MOTOS

LOJA PARAISO

FARMÁCIA DO TRABALHADOR

PANIFICADORA ALFA

OPTICA AGAPE

SUPERLAR

BRILHO DO SOL

 

CAWEB FIBRA

PARAÍBA A MODA DA SUA VIDA

Venda de Imóveis Codó-MA

HOSPITAL SÃO PEDRO (HSP)

Óticas HP

CARTÃO NOROESTE

 

 

SEMANA RAD+

GABRIELA CONSTRUÇÕES

Imprima

Lojas Tropical

 

Mundo do Real

Reginaldo

Baronesa Janaína

RÁDIOS NET

EAD – Grátis

Categorias