BRASÍLIA: Prefeito Nagib integra comissão que pressiona por melhorias na saúde

O prefeito Francisco Nagib, do PDT, continua na capital do Brasil ao lado de muitos outros políticos maranhenses que estão lutando, em meio à crise institucional que vive o país e, sobretudo,  o governo Temer, por melhorias para os municípios.

Francisco Nagib integra comitiva maranhense em Brasília

Uma delas, destacada na matéria abaixo produzida pela assessoria da FAMEM, é a luta pela melhoria do per capta (por cabeça) que o Ministério da Saúde paga por atendimento de média e alta complexidade.

Nagib também se reuniu em Brasília com Weverton Rocha, líder do seu partido no Maranhão. Confira abaixo os detalhes da luta pela melhoria na área de saúde.

………………………………………………………………………………………….

Acompanhado do deputado federal José Reinaldo Tavares (PSB), o presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), Cleomar Tema, além de prefeitos, secretários municipais e assessores foram recebidos, ontem quarta-feira  (17), pelo secretário-executivo do ministério da saúde, Antonio Nardes, em audiência na sede da pasta. Na pauta, a redistribuição da per capita repassada aos municípios maranhenses.

Para se ter ideia da situação complicada por qual passam os municípios maranhenses, o estado ficou com o equivalente a R$ 160 no ano passado oriundos do Governo Federal. Sem contar que 41 cidades recebem, atualmente, menos de R$ 10 por habitante/ano. Já o Piauí recebeu R$ 227 per capita. Acre e Tocantins receberam, por habitante, mais de R$ 240.

Cleomar  Tema usou como exemplo a cidade de Araioses que possui 46 mil habitantes e o que recebe da alta e média complexidades não dá pra pagar sequer um médico. Segundo ele, o pleito não é nenhum excesso.

“Não estamos buscando chegar a média nacional, não pedimos nenhum exagero. Temos muitos dados técnicos e com eles estamos mostramos as nossas reais necessidades”, disse antes de ouvir que a renda per capita hoje não se resume ao atendimento de média e alta complexidade.

Antonio Nardes explicou que o ministério não está concedendo para nenhum estado o teto da média e da alta complexidade pois a pasta passa por um momento de contingenciamento, no entanto explicou o que poderia ser feito.

“Precisamos da força política do deputado José Reinaldo junto ao presidente Michel Temer para solicitar um extra orçamentário para o seu estado. Assim, aportaremos recursos para daí ir reduzindo gradativamente essa diferença. No que depender de nós, vamos nos esforçar junto ao palácio. Esse é o compromisso”, contou o secretário-executivo do ministério da saúde.

Satisfeito, José Reinaldo avaliou a reunião como franca e muito positiva.

“O secretário, a meu pedido, colocou aquilo que realmente ele pensa e nos deu um caminho. Nós vamos lutar politicamente com a Bancada Maranhense e o governo para resolver os impasses que existem na saúde do Maranhão”, finalizou.

 Texto: Djalma Rodrigues/FAMEM

Um comentário sobre “BRASÍLIA: Prefeito Nagib integra comissão que pressiona por melhorias na saúde”

  1. Coincidência essa estadia em Brasília logo quando o Senador se licencia do cargo Lobão e deixa a CCJ….no meio da crise e IMPEACHMENT de Temer e crise no pólo Norte, onde estão derretendo toas as NEVES.
    Que benefício se pode obter junto a um gi erro federal que acabara a qualquer momento???
    Sei não. …sei lá. ….tem coisa aí. ….e não deve ser Danoninho

Deixe um comentário