CENSO 2020 – IBGE vai utilizar 87 recenseadores para visitar 31.074 casas de Codó

O Censo Demográfico do IBGE só será realizado de 20 de agosto a 20 de outubro do ano que vem, mas uma  reunião  realizada em Codó, na semana passada,  mostrou que o Instituto Brasileiro de GEOGRAFIA e Estratégica  já está se mobilizando.

A movimentação COMEÇA CEDO porque o desafio é enorme. Exatamente  5.570 municípios terão que ser percorridos em todo o país, cada um com suas peculiaridades.

Em Codó, por exemplo, quando o trabalho começar, exatamente 31.074 domicílios terão que ser visitados.

Quem vai acompanhar o trabalho aqui já está sendo convidado para conhecer o planejamento. Por isso,  representantes de 35 entidades de classe estiveram na reunião que foi realizada no plenário da Câmara Municipal.

 “O objetivo é realmente dar transparência ao trabalho que o IBGE vem realizando no município com o objetivo de realizar no próximo ano o censo demográfico 2020, uma operação de grande envergadura, de grande importância pro município onde o IBGE irá retratar a cidade, quantos codoenses, como vivem, quantos são, como vivem”, esclareceu Clébio Rocha Matos

Para estar nos mais de 31 mil domicílios o IBGE vai contratar por meio de seletivo público com provas, como nos explicou Audízio Araújo dos Santos, que é chefe regional do IBGE/Caxias que inclui Codó em sua área de abrangência.

 “Vai acontecer processo seletivo do IBGE pra recenseador, como pra ACM, como pra supervisores e hoje nós estamos mostrando para o órgãos governamentais de Codó o nosso planejamento, como nós nos preparamos para o censo”, disse

QUANTOS VAGAS PRA CODÓ?

Em Codó serão utilizados 14 supervisores, dois postos de coleta (na Trizidela e no centro) e serão contratados 87 recenseadores, aqueles que visitarão todas as casas na área urbana e rural. Estas pessoas devem ficar atentas aos editais que o IBGE já começou a publicar.

“São três editais diferentes, a gente tem um edital pra agente censitário subárea, que saiu ontem, vai sair no início do ano agente censitário supervisor e o agente recenseador , são três processos seletivos distinto s, editais separados e aí a partir do próximo ano teremos  mais dois editais”, concluiu Clébio Rocha Matos

Deixe um comentário