Codó está entre os municípios do MA com maior número de casos de Tuberculose

O município de Codó está entre os que mais possuem casos de Tuberculose no Estado do Maranhão, por isso  integra a lista daqueles onde o combate à doença é considerado prioritário pelo Ministério da Saúde.

Ano passado 63 pessoas adoeceram, este ano segundo a coordenadora de combate à esta doença, Delcina Filgueira, 6 novos casos já foram notificados e estão em tratamento.

“Codó é um município prioritário, por quê prioritário? Pela quantidade ainda de caso e a gente não se espanta, nem eu também tenho medo de falar – Codó tem 63 casos – se tiver mais do que isso esse ano, o importante é que desses 63 casos, todos eles, nós gostaríamos, e temos a obrigação de trata-los porque só com isso a gente tá quebrando a cadeia de transmissão pra que outras pessoas não venham a ter a tuberculose’, explicou

OS SINTOMAS

Ela alertou para os principais sintomas.

“Tosse a mais de 3 semanas, fraqueza, perda de peso, febre principalmente na parte da tarde. Isso quer dizer que não necessariamente que a pessoa venha a ter todos esses sinais e sintomas, o carro chefe dos sintomas da Tuberculose é a tosse a mais de 3 semanas, procure um posto de saúde”, frisou

Codó oferece o Exame de Escarro no CAM (Centro de Atendimento Médico) e no Hospital Geral Municipal, mas a amostra pode ser colhida em todos os 17 postos de saúde, cinco deles na zona rural.

TRATAMENTO OBSERVADO

Delcina Filgueira sustentou que todos os casos notificados estão em tratamento observado, aquele  onde equipes do Saúde da Família vão às residências verificarem se a pessoa está mesmo tomando a medicação que dura em média 6 meses.

“Isso faz com que as pessoas não venham abandonar esse tratamento. É uma maneira que o Ministério [da Saúde], coordenação estadual e município está cumprindo esta determinação para que as pessoas façam esse tratamento diretamente observado”, explicou a coordenadora

Deixe uma resposta