Codó tem 395 com AIDS e 15 morreram com a doença nos últimos 2 anos

A cidade de Codó, de acordo com os dados do Centro de Testagem e Aconselhamento, possui hoje 395 pessoas vivendo com HIV/AIDS e sendo acompanhadas pelo serviço de saúde municipal.

Mas o número mais preocupante ainda vem da Associação Nossa Senhora da Natividade. A integrante Maria Josenilde Sousa Salazar, que é filha da presidente Zenilde Salazar, concedeu entrevista ao blog revelando que só este ano morreram 6 pessoas vítimas das AIDS e ano passado morreram mais 9.

“Acompanhados pela associação nós já tivemos 6 pessoas que vieram à óbito em decorrência uns foi abandono do tratamento e outros foram buscar tarde demais o tratamento…6 MORTOS ESTE ANO E ANO PASSADO, A SENHORA LEMBRA? No ano passado, assistidos pela associação nós tivemos 9”, afirmou

Os que morreram têm algo em comum – não se cuidaram, mesmo sabendo que possuíam a doença.

“A gente tá vendo que eles estão muito relaxando  o tratamento….QUAL É A FAIXA ETÁRIA QUE MAIS TÁ RELAXANDO É ANTES DO 30 É A TURMA DE DEPOIS DOS 30? Mais é a faixa etária depois dos 30 (anos) que tem essa coisa do relaxamento e de descobertas (novas) mais é a faixa etária jovens”, esclareceu

Ela deixou uma mensagem aos que possuem o HIV no sangue e desejam viver mais se cuidando.

“A gente sabe que a cura não existe então o único jeito de ter uma vida mais saudável é tomando as medicações, fazendo sempre relações com prevenção, esse é o conselho que eu dou, então se cuida, se trata que viver é bom”, apelou Josenilde

Deixe uma resposta