Codoenses estão reclamando do atendimento da unidade do Viva Cidadão

Ontem (25)  registramos um problema no atendimento do Viva Cidadão, cuja unidade está instalada ao lado da Igreja de São Sebastião desde o dia 21 de outubro.

Muita gente está voltando pra casa sem tirar o documento que desejava. As filas estão enormes e começam a se formar na noite anterior. A maioria daqueles a quem entrevistamos havia chegado entre 7h e 9h  da noite de quinta-feira para ser atendido na manhã seguinte.

Ocorre que a unidade só atende entre 90 à 100 pessoas por dia, quem fica de fora desse número volta sem nada e, se tiver disposição, tenta novamente. Há muita reclamação.

“O rapaz veio 3h da manhã pra ficar na fila e agora quando chega aqui eles falam que só vai ficar agora pra domingo e não teve ninguém na madrugada pra informar pra ele ou durante o dia porque se tivesse eu tenho certeza que ele não ia ficar na fila sabendo que já tem 200 pessoas na vez, sabendo que  só 90 seriam atendidas, acho que é desrespeito às pessoas que estão precisando tirar seus documentos”, reclamou a empresária Rosângela Cardoso que ficou irritada depois que  um sobrinho dela ficou fora das 90 fichas da sexta-feira.

Entrevistei o coordenador da unidade, Jucy Castro.

Disse que isso está ocorrendo porque a demanda por Carteira de Identidade, principalmente, é  muito grande dentro de Codó. Além disso, as pessoas estão fazendo filas noturnas desnecessariamente, sem a orientação do Viva Cidadão.

 “Nós iniciamos às 7h30 da manhã, a gente sempre orienta aos clientes que procurem a unidade o mais cedo possível, mas não que venham durante a noite”, disse

Concluindo seu raciocínio, argumentou.

“A questão é que a demanda é muito grande, nós temos uma capacidade diária de 90 a 100 pessoas por dia para tirar o RG, só que quando chegamos aqui de manhã a fila já é quase que o triplo do quantitativo, então a gente vai tá sempre orientando na fila – olha nós agendamos 100 pessoas por dia, aí a gente acaba até fazendo um pré-agendamento para um dia, dois dias”, disse

PRORROGAÇÃO

A unidade ficaria em Codó só até ontem, 25 de outubro, mas por conta da demanda recorde recebeu autorização do Governo do Estado para ficar na cidade até o dia 29 deste mês.

“Na verdade, houve até a prorrogação. Tava prevista até hoje, dia 25 e foi prorrogado até o dia 29”, garantiu Jucy

6 comentários sobre “Codoenses estão reclamando do atendimento da unidade do Viva Cidadão”

  1. AQUI EM CODO JÁ ERA PRA TER UMA UNIDADE PERMANENTE DO VIVA CIDADÃO COMO EXISTE EM CAXIAS E EM OUTRAS CIDADES DO MARANHÃO, MAIS INFELIZMENTE ISSO DEPENDE DA BOA VONTADE DE NOSSOS GOVERNANTES QUE NADA FAZEM. É UMA HUMILHAÇÃO A PESSOA TER QUE PASSAR UMA NOITE ACORDADO PARA CONSEGUIR UMA SENHA.

  2. Este Viva Cidadão é uma esmola aos Codoenses, a cidade já merece uma unidade fixa, este é o governo da Roseana faz por Codó, os políticos locais não tem moral para reivindicar o que é bom aos Codoenses, eleitores fiquem atentos 2014 está próximo.

  3. Se não fosse a incompetência de nosso prefeito, Codó já teria um posto fixo do Viva Cidadão pois em Pedreiras e Coroatá já existe posto fixo, mas, Codó é Codó.

  4. infelizmente todos os governos pensam que quanto pior pra população é melhor pros governos, terem as pessoas submissas e vivendo de esmolas principalmente aqui no Maranhão onde a ditadura reina solta, mais 2014 é logo ali.

Deixe um comentário