Condutores de Peritoró se irritam com blitz de trânsito realizada pela PM

Desacostumado a fiscalização de trânsito Peritoró amanheceu em polvorosa hoje, 11, depois de uma blitz realizada ontem, 10, pela Polícia Militar, sob o comando do tenente Moura.

Pelas informações que chegam a todo instante à redação do blogdoacelio, pelo menos 35 motocicletas foram apreendidas e a grande razão do frenesi é que seria intenção da Polícia Militar transferir todas elas para a Ciretran de Codó.

Aqueles que foram flagrados querem saber se não podem receber a moto após serem multados e apresentarem alguém, para retirá-la, de capacete e habilitado. Por causa desta situação, fontes garantem que até vereador que teve a mulher pega trafegando irregularmente discutiu com policial militar por ocasião da Blitz.

Para estes casos o Código de Trânsito traz três situações, que podem ser executadas pela autoridade de trãnsito, que devem ser analisadas por quem é de Peritoró. Antes de tomar qualquer atitude é bom ver em qual delas, exatamente, seu caso se encaixa:

REMOÇÃO – é uma medida administrativa que nem sempre significa que o veículo será encaminhado ao pátio, um veículo com problemas mecânicos, por exemplo, ou em caso de acidente que esteja atrapalhando o fluxo dos demais poderá ser removido por guincho a pedido do policial ou agente de trânsito até mesmo sem aplicação da multa

RETENÇÃO trata-se do ato de RETERo veículo em alguns casos até que a irregularidade seja sanada, podendo ainda o policial ou agente de trânsito recolher mediante recibo o certificado de licenciamento anual, ficando o proprietário responsável pelo reparo com prazo estabelecido e apresentação do veículo a autoridade devidamente regularizado.

APREENSÃO do veículo – significa condução do veículo ao pátio e de lá só retirado depois de regularizada a situação. A apreensãoé uma penalidade enquanto a remoção e a retenção, são medidas administrativas, mas para a aplicação de qualquer uma das três, esta deve estar acompanhada do artigo que o policial/agente está autuando o condutor, caso contrário não.

Certo é que nem sempre é possível levar a moto pra casa após ser notificado da infração. Se for o caso de apreensão, ela deve ser levada para o ponto de recolhimento. Quanto à onde ela deve ficar, Peritoró ja deveria ter seu próprio local, até porque o pátio da Ciretran de Codó já está com 104 motos apreendidas, completamente lotado.

Deixe um comentário