DEFESA: Umbandista diz que nunca incorporou ‘MÃE MARIA’ para ter relações sexuais com menores

José Francisco Sampaio Pessoa continua preso preventivamente  na carceragem da 4ª Delegacia Regional de Codó onde está em andamento contra ele um processo que apura abuso sexual, supostamente, cometido contra 4 adolescentes com idade entre 16 e 17 anos.

Foram as mães que denunciaram o caso do delegado Zilmar Santana. As genitoras prestaram depoimento, já as adolescentes só serão ouvidas depois com a intervenção de profissionais do Poder Judiciário em data ainda a ser marcada.

Aqui trazemos a entrevista de José Francisco concedida ao repórter Leandro de Sá, da TV Cidade, captada pelas câmeras do blogdoacelio.

O suspeito se diz umbandista, mas nega ter usado a incorporado a entidade ‘MÃE MARIA’ para ter relações sexuais com as menores dizendo à elas que, assim, se purificariam, conforme contou-nos o delegado que preside o inquérito.

Disse o suspeito:

“O que eu falei foi que eu conversava com ela, dava conselho pra ela, entendeu? Tão me chamando de Pai de Santo, eu não sou pai de Santo mas tenho uma religião  que é a umbandista, nunca neguei pra ninguém, acho que a maioria das pessoas sabem que eu sou umbandista mas em momento nenhum eu tive relação com nenhuma delas”

O jornalista pergunta – MAS QUE TIPO DE CONSELHO QUE VOCÊ DAVA? Não, apenas eu fui pra conversar com uma pessoa que é da minha família e elas tavam lá quando elas me ligavam, mas procurando outras entidades pra poder falar com elas mas em momento algum fazer sexo com ela como ela tava falando”, responde evasivamente

Ele foi indiciado no inquérito por exploração sexual de menores e também responderá pelo porte ilegal de um revólver calibre 32 encontrado em sua residência.

Um comentário sobre “DEFESA: Umbandista diz que nunca incorporou ‘MÃE MARIA’ para ter relações sexuais com menores”

Deixe um comentário