DESARMAMENTO – Arsenal apreendido em Codó será destruído em São Luís

O arsenal foi exposto ontem, 17, na sala do delegado Rômulo Vasconcelos e é resultado de apreensões realizadas durante todo o ano passado pela Polícia Militar e também pela Civil.

A autoridade policial civil já pediu ordem à Justiça para que todas elas sejam destruídas. Quando esta autorização sair, o que deve ocorrer até o fim da próxima semana, as armas serão encaminhadas para o 24º Batalhão de Caçadores do Exército Brasileiro com sede em São Luís.

São 327 armas brancas aprendidas – facas usadas em homicídios e facões.

114 armas de fogo, divididas entre espingardas, garruchas e muitos revólveres encontradas com traficantes e assaltantes.

 “Quando  a gente acha um criminoso com uma arma dessa, com certeza a gente vai fazer o procedimento policial adequado ao caso, requer, mas  a grande intenção é tirar a arma do criminoso porque uma arma dessa fora de circulação com certeza vai ter uma vítima a menos”, disse Dr. Rômulo

O trabalho de apreensão já está sendo mantido pelas duas polícias com o intuito desarmar os criminosos e trazer mais segurança aos cidadãos.

 “Esse é o nosso trabalho nós  vamos continuar intensificando ainda mais e isso demonstra o trabalho das duas polícias, isso demonstra a preocupação que nós temos em tirar de circulação essa quantidade de arma pra que a sociedade se sinta segura”, afirmou o capitão Ronaldo Moura.

Deixe um comentário