Eleitorado de Timbiras diminui mais de 22% e mais de 24% são analfabetos

Os candidatos que disputam vagas nas eleições deste ano possuem um colégio eleitoral significativo em Timbiras. São 14.951 eleitores cadastrados na 85º Zona Eleitoral. De 2012 para este ano, Timbiras registrou um decréscimo de 22,23% no número de pessoas aptas a votar.

No pleito passado, éramos 19.224. Os dados constam nos registros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Ainda pelos registros, em Timbiras as mulheres são maioria. Elas representam 53,57%, ou seja, 8.009, e os homens, 6.942. A faixa etária de pessoas entre os 25 a 34 anos são a maior parcela do eleitorado do município. Este grupo representa 3.652 pessoas, 24,43%. Os mais jovens, entre 16 e 17 anos representam apenas 3,25%, ou 486 eleitores.

Levando-se em consideração o grau de escolaridade, temos a seguinte distribuição:

* ANALFABETO – 24,21%

* ENSINO FUNDAMENTAL COMPLETO – 3,37%

* ENSINO FUNDAMENTAL INCOMPLETO – 19,86%

* ENSINO MÉDIO COMPLETO – 12,45%

* ENSINO MÉDIO INCOMPLETO – 10,84%

* LÊ E ESCREVE – 24,25%

* SUPERIOR COMPLETO – 3,26%

* SUPERIOR INCOMPLETO – 1,77%

FONTE: Oitimba.com/TSE

2 comentários sobre “Eleitorado de Timbiras diminui mais de 22% e mais de 24% são analfabetos”

  1. Timbiras é apenas um amostra do que acontece em todo o Estado do Maranhão. É esse nível de escolaridade que o governo que quer se reeleger através do sucessor Lobão Filho construiu com suas “politiquices”.
    Observe que Timbiras tem 48,46 por cento de analfabetos funcionais (analfabetos + ler e escreve). Se fôssemos um pouquinho mais rigorosos poderíamos somar aos 19,86 por cento dos que tem o primeiro grau incompleto. Veja que 68,32 por cento da população de Timbiras não consegue ler corretamente um texto.
    É esse o Maranhão que queremos? É esse Governo que criou esta situação que vocês vão defender?

  2. Alguns indicadores oficiais do nosso Estado.
    56,3 por cento dos jovens maranhenses de 15 a 17 anos estão fora da Escola.
    Taxa de conclusão do ensino fundamental – 51 por cento, ou seja, 49 por cento dos jovens que iniciam o ensino fundamental não conseguem concluir.

    Apenas 37,9 por cento concluem o ensino médio, ou seja, de cada 100 maranhenses que iniciam o ensino médio, só 38 chegam ao final. 62 desistem.

Deixe uma resposta