Em último discurso Zito Rolim pede perdão por tudo que não pôde fazer

O agora ex-prefeito Zito Rolim, do PV, fez seu último discurso ainda com a faixa de prefeito, na noite de 1º de janeiro de 2017, em frente à prefeitura.

Agradeceu aos cidadãos codoenses que o acolheram em 1972 quando aqui chegou vindo de Cajazeiras, na Paraíba.

“Ao povo de Codó por ter me dado oportunidade duas vezes de conduzir o destino desse município, como aqui foi falado pelo mestre de cerimônia, mas agradecer desde lá atrás, 1972 quando aqui cheguei e vocês me abraçaram e vocês me deram todo apoio e aqui constitui a minha família e conquistei este patrimônio enorme que muita gente gostaria de ter, a amizade de todos vocês”, disse

Agradeceu à sua equipe de trabalho, desde 2009.

“Agradecer à nossa equipe de trabalho, boa parte iniciou em 2009. A maioria está saindo e alguns ficando juntamente com o Zito e desenvolveram seu trabalharam talvez não tivéssemos atendidos a tudo que nos foi solicitado, mas não foi por falta de vontade, eu sempre repito isso, nem minha, nem da nossa equipe”

PERDÃO AO POVO

Quando se dirigiu ao povo disse que se sentia honrado por tê-lo representado e pediu perdão pelas vezes em que falhou na sua missão de cuidador de nossa gente.

“Dizer ao povo de Codó que eu me sinto honrado, pois não é tarefa fácil, não é coisa fácil alcançar o que nós alcançamos. Foram 8 anos de muita determinação, de muita atenção. Eu me dediquei toda a minha vida durante esses 8 anos a cuidar das pessoas como dizia o nosso slogan da nossa administração, mas a cuidar de verdade, talvez não tenha atendido a todos como esperava e quando isso aconteceu eu quero hoje aqui, diante de todos vocês, dessa amostraram porque Codó é muito maior, pedir perdão por aquilo que não pude fazer (aplausos) e vocês foram tão compreensivos que me reelegeram”, frisou

2 comentários sobre “Em último discurso Zito Rolim pede perdão por tudo que não pôde fazer”

Deixe um comentário