Escolinha Marcos Pimentel bate um ‘bolão’ na exportação de talentos

Prof. Arizinho

A Escolinha de Futebol, Marcos Pimentel, criada e organizada até hoje pelo professor-treinador, Arias Ribeiro Filho, existe a 21 anos.

O trabalho sério e dedicado já rendeu o suficiente para que muitos codoenses brilhem no futebol nacional. Exemplos não faltam:

  • Marcos Pimentel (Portuguesa Paulista)
  • Pedro Junior (Nacional de Belo Horizonte, ex-IAPE)
  • Dione (Nacional de Belo Horizonte)
  • Célio Codó (Santo André – SP, ex-Sampaio Corrêa levado para o maranhense por Junior Goiabeira)

A descoberta de novos valores não para no campo do tiro de guerra onde diariamente Arizinho mantém crianças e adolescentes em atividade. Até o fim deste mês devem partir para categorias de base do Palmeiras:

  • Bronner Barata, 17 anos
  • Fernando Muchacha

A Escolinha também tem linha aberta com o futebol goiano para onde exportará o mais breve possível o garoto Murí, que jogou como lateral direito do São Raimundo, na Copa de Bairros. No Goiás já está Elias Novinho, filho do secretário de Esportes Galiléia, também fruto da Marcos Pimentel.

A escolinha vive do que cobra para preparar os futuros atletas (R$ 10,00 por aluno) e das doações de ex-alunos que conseguem sucesso lá fora.

5 comentários sobre “Escolinha Marcos Pimentel bate um ‘bolão’ na exportação de talentos”

  1. poxa pai esta de barabens com esse lindo trabalho que vc faz na cidade codo que deus cada dia mas abençoa esse trabalho tao lindo tirando varios jovens do mundo das drogas……..

  2. PARABÉNS AMIGO ARIZINHO PELO TRABALHO QUE VÊM DESENVOLVENDO NO FUTEBOL AMADOR CODOENSES , QUE DEUS CONTINUE TE ILUMINANDO BATALHADOR , ABRAÇO E BOA SORTE GUERREIRO CODOENSE !

  3. essi ai e o cara hoje sim aqui sou reconhecido é por ele agradeço a DEUS i a ele pow tudo e de ta lévando o nome da cidade codó mais para um brasil valeuuuuuuuuuu

Deixe um comentário