Evento na Ferreira Bayma encerra semana dos enfermeiros

O evento em praça pública foi organizado pelos enfermeiros, técnicos e auxiliares da área que disponibilizaram muitas informações de saúde à população. A equipe que cuida do combate à tuberculose apareceu para pedir que as pessoas, já aos primeiros sintomas, procurem os postos para diagnosticar a doença.

Então nós pedimos à população que quando tiver com o sintoma da tuberculose, gripe, tosse a mais de três semanas que procure os postos de saúde. Hoje nós temos todos os postos de saúde, com o programa da Tuberculose, tanto da zona rural, quanto da zona urbana”, pediu Delcina Filgueira, coordenadora do combate à doença

Jesusnilson recebe

Os profissionais que trabalham no acompanhamento de doenças sexualmente transmissíveis no município distribuíram preservativos.

“Não pode ter vergonha até porque isso aqui é como se você tivesse tomando um remédio, por precaução, então tudo aquilo que você faz por precaução é bem vindo para a saúde”, explicou o funcionário público, Jesusnilson do Nascimento que recebeu preservativos

Quem sofre de doenças crônicas como a hipertensão arterial também pôde fazer medição e receber orientação. Dona Simone Holanda, auxiliar de serviços gerais, aproveitou a oferta do serviço.

nota dez pra eles, sem eles nossa saúde não seria tão legal assim o dia dos enfermeiros tá de parabéns”, disse

O Centro de Atenção Psicossocial da cidade levou para a praça trabalhos artesanais produzidos por quem passa pela terapia ocupacional. Uma forma de divulgar o atendimento hoje prestado pelo CAPS.

“Pra divulgar o trabalho realizado pelo CAPS para a gente começar a sensibilizar a comunidade que venha acolher este paciente com transtorno mental que muitas vezes é excluído da sociedade”, afirmou a terapeuta ocupacional, Adélia Aguiar

Radialista imunizado

A realização dos enfermeiros encerra uma semana de atividades em Codó. Uma das enfermeiras que esteve na organização, Naiza Queiroz, explicou a razão do movimento que envolveu a comunidade.

“tem muita importância o trabalho do enfermeiro porque é a gente que atua lá na ponta com o usuário, é a gente que dá aquela orientação para a pessoa. Por isso nós estamos fazendo isso hoje, porque muita gente não dá esse reconhecimento pra gente, essa valorização”, concluiu

2 comentários sobre “Evento na Ferreira Bayma encerra semana dos enfermeiros”

  1. A enfermeira aplica vacina sem luvas, ja contaminou a agulha com as mão sujas porque ainda a pouco estava coçando o pé e lá não tem água e sabão pra higienizar suas mãos.
    outra: esse radialista apesar de buchudo não esta grávido, não é criança de menos de 2 anos e nem tem + de 60 anos pra receber dose da vacina anti-gripe.
    mas ainda tem gente aplaudindo esse evento…
    faz- me rir de mais esse governo..rssrsrsrsrsr

  2. Como eu tenho que viajar, tomei as vacinas: FEBRE-AMARELA E ANTITETÂNICA.Como eu não estou gestante e nem tenho mais de 60 anos, eu jamais poderia tomar a vacina ANTI-GRIPE. Agora se eu comprar! eu posso.

    Há eu também vi o Acélio medir a pressão arterial,será que ele também não podia usar este tipo de assistência medica. Eu acho que OLHA O ABSURDO tá certo tem que usar luvas, só que a senhora já estava indo embora eu pedi que me aplicasse as vacinas.

Deixe um comentário