Há 3 meses sem receber dinheiro vigias de escolas do Estado em Codó entram em greve amanhã

Na noite de ontem, 32 vigilantes que prestam serviço em escolas da rede ESTADUAL de ensino, por intermédio da empresa terceirizada (MASV), reuniram-se numa das salas da escola Matta Roma para firmar um indicativo de greve que começará a partir de amanhã, quinta-feira, 29 de outubro.

Todas as escolas ficarão sem vigilância se hoje, 28,  a Secretaria de Educação do governo Flávio Dino não repassar o dinheiro de 3 meses à MASV.

A situação não atinge apenas os vigias de Codó, mas de também de Timbiras, Coroatá, Peritoró, Alto Alegre do Maranhão e São Mateus. Pior que isso, segundo Sílvio Carvalho, secretário-geral do Sindicato dos Vigilantes do MA, muitas outras regionais já estão até sem vigias nas escolas.

“A REGIONAL DE VIANA está parada, a regional de Zé Doca tá parada, Bacabal tá parada, São Luís, metade tá parada, não tem vigilância nas escolas, tá um caos tanto na capital, quanto no interior por irresponsabilidade da SEDUC, vou culpar a Seduc porque não tá tendo atitude, nós não tamos cobrando contrato de empresa A, B ou C, nós estamos comprando salários e os direitos trabalhistas dos trabalhadores, por isso é que nós temos ações na Justiça e a Seduc ainda não cumpriu (…) tinha 10 dias  e até agora a Seduc não cumpriu a ordem judicial… QUANTO TEMPO? já vamos com 1 mês e meio e nada”, disse

2 comentários sobre “Há 3 meses sem receber dinheiro vigias de escolas do Estado em Codó entram em greve amanhã”

  1. O governo Flávio Dino estar se mostrando mais irresponsável do que outras gestões passadas.agente ttrabalha é porque precisa.o governo estadual não está nem aí.

Deixe uma resposta