Fale com Acélio

O adolescente, Pedro Augusto Oliveira Paiva, de apenas 15 anos de idade, fez sua família e à todos os codoenses se orgulharem de sua capacidade de aprendizagem, recentemente. Apesar da tenra idade, garantiu uma vaga na concorrida Universidade Federal do Piauí – UFPI – para o curso de Ciências Biológicas.

Detalhe é que o garoto, filho de Francisco Paiva (Paivinha), agora é que vai iniciar o terceiro ano do ensino médio, portanto, apesar de ter se garantido, com méritos,  por meio de ótima nota no ENEM, já selecionado pelo SISU, vai ter que aguardar a idade chegar.

Como tem bastante tempo e inteligência para tanto, já comunicou aos pais que não quer cursar Ciências Biológicas, vai buscar nova pontuação para realizar o sonho de ser médico. Pedro Augusto, aluno do Anglo (Unidade Lavoisier), de Teresina-PI,  tem o apoio da família que está radiante.

3 comentários sobre “INTELIGÊNCIA: Codoense de apenas 15 anos garante vaga em Ciências Biológicas na UFPI”

  1. Acélio gostaria de agradecer, primeiramente, a Deus e depois aos meus pais, a minha família, aos meus professores da Escola Santa Filomena(4º ao 6º ano do Ensino Fundamental), do Colégio Batista(7º ao 9º ano do Ensino Fundamental), aos do Lavoisier e a Sarah e Cita.

  2. No Ceará, aluno faz Enem com 14 anos e é aprovado em medicina
    Brasil 16-01-2013 às 05:56

    ‘Fiz sem acreditar muito, quando saiu a nota, tive mais esperança’, conta. Ele solicitou ao Conselho Estadual de Educação a entrada na faculdade.

    G1
    Tiago Saraiva estudou de forma competitiva em 2012, quando tinha 14 anos, e foi aprovado em medicina. Foto: Tiago Saraiva/Arquivo pessoal

    Tiago Saraiva estudou de forma competitiva em 2012, quando tinha 14 anos, e foi aprovado em medicina. Foto: Tiago Saraiva/Arquivo pessoal

    O jovem Tiago Dirceu Saraiva, com 15 anos recém-completados, se surpreendeu na tarde de segunda-feira (14) quando viu a aprovação no curso de medicina da Universidade Federal do Ceará (UFC), no campus de Sobral, interior do Ceará. Quando fez o exame, ele tinha apenas 14 anos. Cursando o 1º ano, ele disputou uma das 80 vagas com mais de 4 mil candidatos.

    “Quis fazer o Enem para testar. Fiz sem acreditar muito, quando saiu a nota, tive mais esperança. Me inscrevi no Sisu em Sobral e veio a surpresa”, lembra o estudante. “A primeira a ver que fui aprovado foi minha mãe, ela me contou e pedi um momento até ‘cair a ficha’. Depois houve muita comemoração”, diz o estudante.

    Ainda na segunda-feira ele viajou a Fortaleza para solicitar ao Conselho Estadual de Educação o pedido para ingressar na faculdade de medicina. Ele deve fazer uma avaliação no colégio onde estuda para tentar obter um parecer; caso seja aprovado, a escola dispensa o aluno de cursar o restante do ensino médio. O resultado de Tiago sobre o parecer para ingressar ou não na universidade deve ser divulgado na quinta-feira (17). Normalmente, só cursam faculdade alunos que concluíram o ensino médio.

    “É um caso muito raro ser aprovado para faculdade cursando o 1º ano, ocorre uma vez a cada três anos na nossa escola. Cursando o 2º ano é um pouco mais comum”, diz o diretor da escola onde Tiago estuda, Tales de Sá. “Ele vai fazer a prova, se ele provar que domina o conhecimento do ensino médio, ele é dispensado”, explica.

    O diretor, no entanto, recomenda que Tiago conclua o ensino médio, cursando o 2º e 3º anos. “Na realidade, eu aconselharia a ele que ele fizesse o ensino médio, para ele amadurecer sem dar saltos, mas ele gosta de desafios então temos que respeitá-lo”, diz.

    Com 15 anos, ele diz acreditar que a matrícula prematura na universidade pode trazer mais benefícios do que “contras”. “É uma questão difícil entrar cedo na universidade. Pode atrapalhar a vida social, mas temos de pesar os prós e contras; se eu entrar, serão mais prós do que contras, com certeza”, diz.

    O pai de Tiago, Santiago Saraiva, conta que deixou a decisão de ingressar ou não na faculdade com o filho. “A decisão foi dele e eu apoiei”, diz. O pai fala que sempre contribuiu com os estudos dos dois filhos, que são estudiosos desde crianças.

    Tiago deve voltar a Sobral na quarta-feira, quando pretende comemorar a aprovação com os amigos. “Já recebi muitas ligações e mensagens dos amigos e comemorei com a família. Agora vamos comemorar quando eu voltar a Sobral”, diz.

    Ano competitivo
    “Sempre fui muito estudioso, mas nunca fui muito competitivo. Foi isso que mudei em 2012″, conta Tiago. Ele diz que sempre foi bom aluno, principalmente em biologia e nas disciplinas da área de humanas.

    “Foi em 2012 que entrei para aulas de preparação para o vestibular, olimpíadas, e aí estudei mais, foi quando me senti mais preparado para fazer o Enem.” Tiago fala que o colégio onde estuda, Farias Brito, incentiva estudantes mais preparados a fazer vestibulares e o Enem, mas decidiu fazer o exame por conta própria.

    Blog Luis cardiso

Deixe um comentário

PUBLICIDADES

A CONVERSA É COM ACÉLIO TRINDADE

EDITAL

APP RAD MAIS

Dra. Nábia, PEDIATRA

FACULDADE IPEDE

REGIONAL TELECOM

Marque Consulta

FC MOTOS

LOJA PARAISO

PREPARATÓRIO PARA CONCURSO

FARMÁCIA DO TRABALHADOR

PANIFICADORA ALFA

OPTICA AGAPE

SUPERLAR

PHARMAJOY

BRILHO DO SOL

 

CAWEB FIBRA

MUNDO DOS PARAFUSOS

Av. SANTOS DUMONT
CONTATO: (99)98161-3612

PARAÍBA A MODA DA SUA VIDA

Venda de Imóveis Codó-MA

HOSPITAL SÃO PEDRO (HSP)

Óticas HP

CARTÃO NOROESTE

 

 

SEMANA RAD+

 

 

GABRIELA CONSTRUÇÕES

Imprima

Lojas Tropical

Mundo do Real

Cacau Show – Codó-MA

 

Reginaldo

Baronesa Janaína

SÔNIA VARIEDADES

RÁDIOS NET

EAD – Grátis

Categorias