Juiz reune presos e família para informar sobre processos

Dr. Cândido de Oliveira

Nesta sexta-feira, a movimentação começou cedo na delegacia. A pedido do juiz Cândido José Martins de Oliveira, 28 presos, que pertencem à 2ª Vara, foram levados ao Fórum da cidade sob a escolta da Polícia Militar que convocou até soldados de folga para garantir a segurança.

É a Polícia Militar convocou, inclusive policiais que estavam na sua folga, pra dá todo esse apoio à Justiça de Codó. Nós estamos com cerca de 40 a 50 policiais militares dando toda a segurança”, explicou ao blog o tenente, Ricardo de Carvalho.

PRESO E FAMÍLIA

No salão do júri eles se uniram aos parentes para, caso a caso, ouvirem sobre a execução da pena, como explicou o magistrado.

“Isso é para trazer a família a compreensão do que está acontecendo e o que pode acontecer, e o que vai acontecer. Nesta reunião nós vamos esclarecer sobre os benefícios que eles podem receber, que requisitos são necessários para receber esses benefícios e a questão do tempo, a partir de que tempo de prisão ele tem direito à uma progressão de regime, à uma remissão de pena”, disse Dr. Cândido

OAB PRESENTE

Tudo foi acompanhado, a convite do juiz, pela Ordem dos Advogados do Brasil. O presidente, Francisco Mendes, afirmou que vai trabalhar junto aos advogados envolvidos nos processos.

“Saber quem são os advogados que estão vinculados ao processo, quem são os advogados nomeados, contratados pra, exatamente a gente manter contato com esses profissionais pra que a gente possa dá uma andamento mais célere ao processo”

Os familiares elogiaram a iniciativa porque consideram complicado acompanhar o processo sem eventos desta natureza.

muitos deles não sabem o que está acontecendo lá, não procura saber o que está ocorrendo lá, essa ideia deles aí é ótima porque a gente fica sabendo da situação que está”, elogiou a familiar Marilene de Moraes Andrade

Deixe um comentário