LUTO: Amigos e colegas de Décio aguardam elucidação do crime que chocou o Brasil

Décio Sá

A covardia de alguém calou, para sempre, o maior blogueiro do Maranhão. Pouco se sabe a respeito do crime que chocou a classe de jornalistas do Brasil que tem dado destaque ao fato, inclusive, em rede nacional.

Sabe-se que um pistoleiro foi até o bar, da Avenida Litorânea, ontem à noite, entrou num banheiro próximo para certificar-se de que era mesmo a vítima que procurava e atirou seis vezes, covardemente, contra o companheiro de empresa e profissão Décio Sá. Todos os tiros atingiram-lhe o corpo, a maioria na cabeça.

Os amigos do Sistema Mirante de Comunicação, ao qual Décio pertencia a quase duas décadas trabalhando para o jornal O Estado do Maranhão, e os demais que trabalham com jornalismo no Estado aguardam, ansiosos, notícias policiais sobre a autoria e, claro, a elucidação total deste crime bárbaro contra um profissional da imprensa.

Estamos todos de luto, consternados e solidários à filha de 8 anos deixada pelo colega e sua esposa, grávida de dois meses.

Alguém vingou-se da forma mais cruel possível. Certamente alguém que teve seus podres expostos pelo jornalista e ainda se achou no direito de sentir-se ofendido. É um comportamento típico de bandidos perigosos que se escondem atrás do tapinha nas costas e das promessas falsas que a maioria de nós já conchece.

Que a Justiça seja para todos. Nós, amigos, continuaremos vigilantes junto ao trabalho policial. Torcendo para que logo estajamos aqui expondo o rosto e a história dos bandidos que calaram o melhor de todos, o mais acessado, o mais polêmico do Maranhão.

Descanse em paz, querido Décio.

Deixe uma resposta