NA CABEÇA – Tiroteio em bloco no centro de Codó deixa duas crianças feridas

De acordo com informações da PM, houve um disparo de garrucha no meio do arrastão do São Francisco quando este descia a Afonso Pena, centro,  já depois de 1h da tarde desta segunda-feira.

O autor do disparo da arma de fabricação caseira foi Bruno dos Santos Silva, morador do conjunto Mutirão, 18 anos.

Contou ele aos militares que se desentendeu com um outro rapaz identificado pelo nome de Babalu. Quando sacou a arma para se defender disparou-a e acabou atingindo duas crianças que brincavam na companhia dos pais.

GRAVIDADE

Segundo o tenente Igor Vieira, as crianças atingidas têm respectivamente 10 meses e 10 anos de idade. A mais nova foi atingida na cabeça.

“A de 10 meses levou um tiro na cabeça e foi levada para Presidente Dutra, mas segundo a enfermeira o estado dela não é muito grave, mas pode ser também. A de 10 anos foi atingida no ombro, me parece que o estado também não é muito grave”, explicou o tenente por telefone

Bruno por pouco não foi linchado pelos brincantes do bloco. Foi salvo por sargento Denilson que o deteve na hora e coibiu o linchamento.

“Foi preso na hora, o pessoal que estava de plantão, Sargento Denilson, de maneira heróica, agarrou ele, as pessoas quiseram linchá-lo, mas o sargento o algemou, conteve a ação (das pessoas) e ele foi preso, juntamente com a garrucha”, disse Igor Vieira

7 comentários sobre “NA CABEÇA – Tiroteio em bloco no centro de Codó deixa duas crianças feridas”

  1. TINHA DEIXADO ELE SER LINCHADO PELOS POPULARES.
    LA SÓ TINHA FAMILIAS E CHEGA UM VAGABUNDO DESSE E NA HORA TEM MAIS SEGURANÇA PRA ELE DO QUE PARA OS BRINCANTES DO BLOCO.

    UMA HORA DESSAS ELE ESTARIA EM PRESIDENTE DUTRA OU DEBAIXO DO CHÃO.

    AMANHA ELE VAI ESTA SOLTO PELA JUSTIÇA.

  2. Quero ver se a PM vai dizer que o carnaval tá seguro, bando de incompetentes. Agente nem pode mais se divertir como em outros carnavais. A segurança deixou muito a desejar.

Deixe um comentário