Oportunidade – Câmara de Codó anuncia que fará concurso público

Ver. João de Deus

O presidente da Câmara Municipal de Codó, vereador João de Deus Bomfim, confirmou ao blog do Acélio que pretende realizar concurso público até o final de novembro de 2011.

No último dia 22 de julho, uma comissão, composta pelos parlamentares João de Deus, Antonio Zaidan e Antonio Saruê, pelo contador da Casa e pelo advogado Leandro Cardoso esteve em São Luís fazendo contato com a Fundação Sousândrade que mandará sua proposta de serviços técnicos especializados até o final desta terça-feira, 26.

O presidente garantiu que outras empresas que realizam o certame também serão contatadas. A que melhor proposta apresentar, será a contratada.

SALÁRIO e VAGAS

Sete vagas serão abertas para o cargo de técnico legislativo, com salário de R$ 1.635,00. A inscrição deverá ser feita pela internet, caso seja a Sousândrade a vencedora, ao preço de R$ 40,00.

O último concurso foi feito em 2007. Das sete vagas abertas na época, 3 chegaram a ser ocupadas, mas todos estes servidores passaram em outros concursos e saíram de Codó. Os demais não puderam ser chamados porque o prazo de validade do certame expirou em 2009.

O anúncio do concurso já é fruto da organização pela qual vem passando o legislativo municipal atualmente sob o comando de João de Deus.

6 comentários sobre “Oportunidade – Câmara de Codó anuncia que fará concurso público”

  1. Em primeiro lugar, muito louvavel a proposta, é preciso saber em que grau é o Técnico Legislativo, se de nível Médio ou Superior, e qual as atribuições deste profissional?
    O correto mesmo é forma uma equipe multidisciplinar, esta equipe analisará os casos mais profundamente, ou seja, integrará várias áreas de conhecimento para a resolução de poblema.
    Mas só atravéz de concurso público, é que se encontra os profissional competente e não é somente sete profissional, mais o triplo, ou dezenas deles, para que no passar do tempo, possa chamar os candidatos aprovados e não somente um número limitado de aprovados, não chamam nem a metade do que precisa e os convocados debandam por conta de outras oportunidades melhores, que surgem no decorrer do processo de seleção dos aprovados.
    Vamos aguardar, e esperar seriedade, para que esta atitude não seja somente para acolher os apaniguados!?

  2. Para analise de processo legislativo deve o servidor ser no minimo bacharel em direito, pq eh esse profissional que conhece as leis e como elas DEVEM ser elaboradas!

  3. Técnico legislativo, seguindo o exemplo de outras cidades pelo Brasil a for5a, apenas o nível méio. Português, matemática e legislação.

    Pronto…

  4. Codoense, isso é o ideal (bacharel em direito). Mas em Codó… o ideal era o político não usar os serviços que ele tem por opbrogação fazer para promoção pessoal usando outdoors e outros meios. Isso é o ideal! O ideal era a família de vereador não ocupar cargo de direção seja no executivo, seja no legislativo, isso é o ideal!

    mas estamos em Codó…por isso acho q o concurso (se acontecer) vai ser do jeito q vc falou mesmo, so nivel médio, sem muito rigor.

  5. ola joao de deus, qro parabeniz´-lo pela iniciativa..pois codó é a cidade do nunca acontece. e sei q. essa iniciativa nasceu unica de vc. mesm….

Deixe um comentário