Fale com Acélio

O Jornal do Piauí de ontem, quarta-feira (01) recebeu a visita do empresário João Claudino Fernandes, 82 anos. Pela primeira vez, o empresário concedeu entrevista ao vivo, direto de um estúdio de televisão, no Piauí. Na oportunidade, ele também contou segredos que o levaram a ser destaque no Estado.

“É uma alegria muito grande estar aqui e ver a volta de Amadeu Campos. A cidade toda está feliz e eu sou um deles. A cidade está em festa. Você me convidou para vir aqui e eu nunca tive em um estúdio de TV sendo entrevistado ao vivo”, disse o empresário.

João Claudino Fernandes tem 82 anos e garante que segue na ativa a frente do grupo Claudino. Segundo ele, a jornada de trabalho está reduzida: apenas de 12 horas por dia. Mas que essa “limitação” não o impede de continuar planejando o rumo das empresas.

VIVE A PLANEJAR”

“Todo o empresário vive a planejar. Quando termina aquilo que ele planejou, já tem outras coisas a fazer. Agora, estamos triplicando o nosso shopping. Se precisar, ainda vamos fazer o que for melhor para estrutura. Planejar é uma necessidade natural”, explica.

João Claudino é paraibano e chegou ao Piauí em 1968. De acordo com o empresário, as empresas do grupo nasceram para dar apoio e fazer o armazém Paraíba crescer. Mesmo com grande demanda de trabalho, ele garante que tem controle de todo o patrimônio e acompanha o crescimento de cada empresas.

DICAS DE SUCESSO

O empresário confidenciou que um dos seus “segredos” de sucesso é buscar se manter sempre humilde. “Acho que peço mais conselhos do que dou. A gente aprende todos os dias até com os office boys. Já aprendi grandes lições com pessoas muito simples”, revela.

ALERGIA À DINHEIRO

Amadeu Campos questionou sobre um mito antigo de que o empresário teria alergia a dinheiro. “Isso surgiu quando eu tinha um pequeno negócio. Eu mexia com muito papel velho e foi detectado que era alergia ao dinheiro velho. Agora, só pego em papel novo. Qualquer papel velho me dá alergia, não só dinheiro”.

AMOR À ESPOSA

Um dos momentos de maior comoção da entrevista foi quando o empresário foi questionado sobre a relação com a esposa, Socorro Claudino, falecida no dia 21 de novembro de 2011, vítima de câncer.

“Faltaram só 20 dias para completarmos 50 anos de casado. A convivência era maravilhosa. A gente sente a falta. Ela era o meu complemento. É uma falta muito grande. Tivemos cinco filhos maravilhosos e é isso que complementa minha vida”, confidenciou.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

PUBLICIDADES

A CONVERSA É COM ACÉLIO TRINDADE

APP RAD MAIS

Dra. Nábia, PEDIATRA

QUINCAS BORBA – VESTIBULARES

Medicina Integrada – Pedro Augusto

REGIONAL TELECOM

IMPULSO CRED

Marque Consulta

FC MOTOS

LOJA PARAISO

FARMÁCIA DO TRABALHADOR

PANIFICADORA ALFA

OPTICA AGAPE

SUPERLAR

PHARMAJOY

BRILHO DO SOL

 

CAWEB FIBRA

PARAÍBA A MODA DA SUA VIDA

Venda de Imóveis Codó-MA

HOSPITAL SÃO PEDRO (HSP)

Óticas HP

CARTÃO NOROESTE

 

 

SEMANA RAD+

GABRIELA CONSTRUÇÕES

Imprima

Lojas Tropical

Mundo do Real

Reginaldo

Baronesa Janaína

RÁDIOS NET

EAD – Grátis

Categorias