PERIGO – Agente de endemias faz denúncias graves contra administração da saúde em Codó

Em entrevista ao programa Balança Codó, apresentado pelo jornalista Jeroan Almada, na TV Cidade, o agente de endemias e representante sindical da categoria, Erones Oliveira, fez grave denúncia contra a administração da saúde do município.

Criticou a falta de material de trabalho e destacou que os agentes de combate às endemias estão correndo risco diário de contrair doenças graves no trato com animais doentes, como cães acometidos de Calazar ou de  raiva.

“Para quem trabalha diretamente com animal contaminado é um pouco difícil porque você corre o risco de ser mordido, não corre o risco de pegar Leishmaniose, mas corre o risco de você pegar raiva”

“Você não tem material, você não tem uma luva adequada porque por menos que seja o procedimento essa luva tem que ser dada aos guardas de endemias, mas nem isso não é. Um animal já com sarna isso pode ser transmitido”, criticou

O SACRIFÍCIO DOS CÃES

Outra denúncia polêmica revelada pelo representante regional diz respeito a falta de um carro para transportar cães com calazar para um local de sacrifício quando diagnosticados positivamente. Nem o carro, nem o local existem.

Na atualidade, os agentes estão atendendo aos pedidos da população, mas depois que constatam a doença e sacrificam o animal é o dono quem está dando fim à carcaça. Muitas estão aparecendo em lixões próximos à residências como é o caso de imagens mostradas pelo repórter Marcos Paulo nas proximidades do muro do antigo Campo do América –  Conjunto Vereda, bairro São Francisco.

“Se você tem um cão com algum sintoma de Calazar procure a SUCAM, funcionando ali do lado do SAAE, e mesmo com condições precárias nós atendemos agora a gente já esclarece – nós não temos condições de pegar o animal e jogar num ambiente adequado para esse animal poder ser eliminado, infelizmente a precariedade é essa, não temos material praticamente pra nada”, disse Erones

O caso é grave e merece atenção dos administradores da saúde em Codó.

6 comentários sobre “PERIGO – Agente de endemias faz denúncias graves contra administração da saúde em Codó”

  1. ERONES OLIVEIRA, NÃO SERÁ PRECISO UM CACHORRO MORDER PARA QUE TENHAMOS
    RAIVA. NÃO, NÃO SERÁ PRECISO, A RAIVA JÁ ESTÁ INOCULADA NA POPULAÇÃO
    OCASIONADA COM AS MORDIDAS NOS RECURSOS PÚBLICOS, DEIXANDO OS AGENTES DE
    ENDEMIAS SEM CONDIÇÕES E CONDICIONANDO O POVO AOS DESCASOS ADMINISTRATIVOS
    DE UM GOVERNO QUE “””CUIDA EXCLUSIVAMENTE DA SUA GENTE”””, UMA PORÇÃO DE
    GENTE, LIVRES DA RAIVA E VESTINDO CALÇAS DE 10 BOLSOS. MAS, PORQUE TANTOS
    BOLSOS?? PORQUE PRECISAM LEVAR OS “””ANTÍDOTOS””” CONTRA A RAIVA, O BOM
    REMÉDIO QUE ACALMA E NÃO DEIXA “””ESPUMAS””” SAINDO DAS SUAS BOCAS.

  2. Engraçado na época que eles entraram eles não fazia nenhum tipo de comentários, e era pior do que está hoje, será porque eh, salários passava de 2 meses atrasados, não tinha material e nem por isso reclamavam, não tinha carro pra transporte de animais, é incrível como a politicagem rola solta, só o zito mesmo pra aguentar esses caras. kkkkkkkkkkkk, ainda querem se comparar com os ACS, que foram concursados. Vaaaaaaaão estudar bando de………………….. só pontinhos…………………kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  3. Erones? Vá se qualificar rapaz. Sei muito bem que a Prefeitura de Codó na pessoa do prefeito deixa muito a desejar na área da saúde em nosso município, Você está fazendo acusações sérias. Lembra da acusações que um dia você sofreu? por conta… Você sabe muito do que se trata…

  4. COMO PODE MUITO SE MATADO DE ESTUDAR PARA PASSA NO CONCUSSOR PUBLICO ESSE CASA DA CACHORRADA QUEREDOR ENTRA PELA JANELA COMO ESSE NEGOCIO DE EFETIVAÇÃO QUE EFETIVADO QUE ESTUDA E FAZ CONCUSSOR E PASSA VÃO ESTUCA CARA

Deixe um comentário