PM acusado de matar timbirense em 2009 vai a Júri Popular dia 21

O Policial Militar codoense, identificado como Damasceno, deve ir a Júri Popular na próxima quarta-feira, 21, segundo informações dele mesmo ao blogdoacelio.

Ele é acusado de ter assassinado com dois tiros na região do tórax o jovem timbirense, José Raimundo de Magalhães Costa, de 27 anos. O crime ocorreu no dia 1º de fevereiro de 2009, por volta das 22h40, próximo à delegacia de Timbiras.

Testemunhas contam no processo que o policial estava visivelmente embriagado quando, após uma perseguição sem motivo justificado, sacou da arma e atirou duas vezes. José Raimundo teve morte instantânea.

O PM foi preso minutos depois em Codó por colegas da Nona Companhia Independente, por ordem do major Jairo Xavier da Rocha, mas depois voltou às ruas para responder em liberdade.

O comando o colocou para trabalhar em Peritoró por certo tempo e, logo depois, em Codó, onde encontra-se atualmente.

A acusação do Ministério Público é de homicídio qualificado, entre outras razões, por motivo fútil. A defesa será feita pelo advogado criminalista, Benedito Duailibe.

Deixe um comentário