Polícia divulga foto de suspeito de matar jardineiro mas não tem sequer noção de seu paradeiro

A imprensa procurou hoje pela manhã saber novidades sobre o caso do jardineiro José Wilson morto ontem (20) por volta das 6h52min, quando chegava à residência do empresário Chiquinho Oliveira para trabalhar.

ENTENDA A ORIGEM DA VINGANÇA

A Polícia Civil ainda não tem o nome completo de Leonardo e tenta qualificá-lo por meio de um inquérito antigo onde o pai do suspeito teria sido vítima de uma facada que o levou a morte, isso há 6 anos. Justamente o inquérito da confusão ocorrida no povoado VISTA ALEGRE, região de Santo Antonio dos Pretos, onde o jardineiro teria se metido para defender o cunhado  Francisco Santos da Silva (irmão da esposa de Zé Wilson). A intenção é achar o nome completo de Leonardo a partir do sobrenome de seu parente (pai) registrado no inquérito anterior.

Contou-nos o delegado que, à epoca, o pai do suspeito teria invadido a casa do cunhado do jardineiro porque desconfiava que ele teria matado 3 de seus bodes (caprinos). Houve luta corporal, o homem recebeu uma facada e veio a falecer no hospital. Por conta disso, Leonardo teria ficado ‘marcando’ o jardineiro.

“Motivação por causa de um homicídio anterior ocorrido há 6 anos no qual o pai do autor desse homicídio foi morto numa briga em que o José Wilson estava envolvido e em decorrência dessa briga o pai do autor dessa briga veio a ser lesionado e evoluiu a óbito, por conta disso esse rapaz nutriu esse ódio, já havia ameaçado ele anteriormente e na ocasião, na data de ontem, veio a praticar esse crime”, explicou Dr. Zilmar

AS FOTOS

O delegado  recebeu da família da vítima, duas fotografias – uma do suspeito ainda mais jovem e outra que seria da fisionomia  atual de Leonardo,  tirada de uma rede social.

Foto de Leonardo entregue pela família da vítima ao delegado Zilmar Santana
Foto de Leonardo entregue pela família da vítima ao delegado Zilmar Santana

 “A gente acredita que vá haver denúncia e que possam levar ao paradeiro do Leonardo”, disse o delegado

Sobre as fotos, dona  Maria Madalena,  esposa do jardineiro, disse ao jornalista Sérgio Róchel, – “Antes dele morrer ele falou que foi esse aí da foto”.

AS DIFICULDADES DO CASO

Apesar da divulgação das fotografias, prender Leonardo não será tarefa fácil. Segundo a Polícia Civil ele não morava mais em Codó quando veio se vingar  e até o Estado de sua atual residência ainda é um mistério.

 “Segundo as primeiras informações ele não estava mais residindo em Codó, retornou para praticar esse crime, poderia estar morando em  Mato Grosso ou noutro Estado, a gente tá tentando identificar a sua localização”, frisou Zilmar Santana

Um comentário sobre “Polícia divulga foto de suspeito de matar jardineiro mas não tem sequer noção de seu paradeiro”

  1. Queremos é Ação por Parte das Policias de Codó quanto Morar ou Fugir para OUTRO Estado isso a Policia Sabe Como Mandar Prender ou Fazer a Prisão Chega de Tantos Crimes SEM Solução Em Codó A População quer o Criminoso Preso.

Deixe uma resposta