Professores de Codó seguem em greve e não aceitam mais negociar com o governo

FONTE: Blog Luta Socialista (Prof. Rafael, pres. Sindsserm)
Os professores da rede municipal de ensino, em greve desde o dia 08 de agosto, aprovaram a continuidade da greve da categoria em assembleia realizada na última sexta feira.
A reivindicação é a ampliação da jornada de trabalho extraclasse da categoria, a qual o governo havia se comprometido a cumprir a partir do dia 06 de agosto, mas não cumpriu. Os professores também decidiram não fazer mais acordo com o governo e exigirão do Ministério Público o prosseguimento da representação protocolada pelo sindicato requerendo a cassação do mandato do prefeito, em virtude de violação de Lei Federal.
A adesão da categoria à greve já chega a 25% e a expectativa é que esse percentual cresça nesta semana.

Deixe uma resposta