Vereadores querem providências sobre venda de gasolina em Codó

Hildemberg preocupado

O vereador, Hildemberg Oliveira, levantou na sessão ordinária de 18 de abril o tema gasolina cara em Codó. O parlamentar criticou a prática de um só preço nos sete postos da cidade, pelo fato de todos venderem o litro à R$ 2,93, e o alto valor deste combustível no município.

Dizendo-se carente de uma explicação sobre o por que de um preço tão diferenciado de outras cidades, Hildemberg conclamou os companheiros da Casa para unirem-se em prol da causa que tem incomodado à todos. A idéia dele é cobrar das autoridades que podem fazer algo, neste ponto pretende-se formalizar uma comissão para que esta se dirija ao Ministério Público Estadual.

NA PROMOTORIA

Na promotoria, o blogdoacelio constatou que já existe um procedimento administrativo, datado de 23 de março, apurando a venda com preço único na cidade. O documento exposto no mural da promotoria do consumidor, que não trata de alto valor do litro, revela que uma inspeção in loco já constatou que não há diferença alguma no preço.

A constatação de falta de concorrência pode configurar crime contra ordem econômica, assim sendo os donos podem ser responsabilizados na forma da lei. Não há prazo, ainda, para a conclusão do procedimento aberto pelo promotor Gilberto Câmara.

2 comentários sobre “Vereadores querem providências sobre venda de gasolina em Codó”

  1. Eu tambem estarei com Biné desta vez,pis nós fazemos muitas besteiras na nossa vida, e a pior foi votar no atual prefeito.
    Paulo, eu conheço pituca, ele é mal amado, mal educado e pernótico e faz muitas asneiras, uma delas é ficar batendo na família figueiredo, sendo ele um figueiredo. Qual a o respaldo que ele tem, o que ele faz é bagunça e tenho testemunhado quando ele chega em determinado ambiente, a turma começa se afastar.
    A gente só dar o que tem, e pituca tem muita revolta, ódio, rancor e acima de tudo muita maldade, então não se pode esperar muito deste sangue-suga.

  2. Na capital do Piauí,conforme dois cupons fiscais,emitidos no ato do
    abastecimento do meu carro,em dois postos diferentes,localizados na
    Av.Miguel Rosa,os preços foram os seguinte: R$2,72 e R$ 2,69. O mais
    importante, a gasolina vai de São Luis ou Recife. O que está acontecendo
    em Codó,é que estamos sendo ROUBADOS,e,ainda temos combustivel batizado.
    O litro de gasolina, na distribuidora Petrobrás,custa R$ 2,41 + o frete
    de R$0,05 a R$0,06 centavos.Isso não é CARTELIZAÇÃO, é simplesmente uma
    grande ENGANAÇÃO. O Gás de cozinha,sofre o mesmo problema.Estou colhendo
    os preços nas distribuidoras e nas cidades vizinhas.Posteriormente, com
    segurança, informarei a todos.Aguardem

Deixe um comentário