Queijo vendido em porta leva 15 pessoas do Codó Novo ao pronto socorro do HGM

Pronto Socorro do HGM

Na tarde de ontem, 2, diversos moradores do bairro Codó Novo foram parar no Hospital Geral Municipal reclamando-se dos mesmos sintomas – dores abdominais, vômito e diarréia.

No intervalo entre às 13h e 17h30, quando o blogdoacelio esteve no hospital, a técnica responsável pelo relatório diário de atendimento contabilizou nada menos que 15 pessoas. Todas foram atendidas pelo médico Eudes Simões e pela Dra. Nadige, plantonistas, vindos do bairro mais populoso da cidade, principalmente das ruas Vieira Gomes e rua da União.

Os pacientes contaram a mesma história aos médicos, antes de tomarem a medicação de hidratação e contra as dores. Disseram que comeram pedaços de um queijo que é vendido na porta das casas por um senhor cujo nome não fora revelado. Pelo que nos foi explicado, o queijo é de fabricação caseira e quem o consumiu foi parar no hospital por razões ainda desconhecidas.

Apesar do grande número de pessoas atingidas, ninguém, pelo menos ontem, teve que ficar internado por causa da contaminação do queijo. Os plantonistas de hoje continuam em alerta e já esperam novas visitas de retorno de alguns destes que possam vir a ter quadro clínico piorado

Deixe um comentário