Recorde Regional: Nos últimos dois anos 1 coroataense morre a cada 12 dias vítima do trânsito

As informações sobre os dados estatísticos dos acidentes no transito de Coroatá foram divulgadas pelo enfermeiro Júlio César Costa dos Santos, Coordenador do Núcleo Municipal de Prevenção das Violências e Promoção da Saúde em Coroatá (SEMUS).

Entre os anos 2006 a 2009 Coroatá teve 40 pessoas mortas por conseqüência de acidentes no transito. Desse total, 26 foram com o envolvimento de motocicletas. Um total de 65%. Outro dado preocupante é que de 2006 a 2009 o número tem crescido: 5 vítimas fatais em 2006, 6 em 2007, 7 em 2008 e 8 em 2009.

Os dados alarmantes continuaram crescendo em 2010. Em um único ano, as estatísticas de acidentes aumentaram consideravelmente no transito de Coroatá. Entre janeiro a dezembro, 23 pessoas morreram em colisões sofridas por motocicleta de um total geral de 29. Veja bem, se entre 2006 a 2009 o número de pessoas levadas a óbito por conseqüência de acidentes com motos chegaram a 26, quase a mesma quantidade foi alcançado em um único ano (2010), com suas 23 vítimas de acidentes. No mesmo ano (2010) o número geral dos acidentes fatais evolvendo os diversos meios de transporte, chegaram a 29.

Em 2011, ao contrário do que muita gente imagina, o número de mortes envolvendo motocicletas em Coroatá, caiu, apesar do ano ainda não ter encerrado. Segundo os dados apurados pelo enfermeiro Júlio César, entre janeiro a setembro de 2011, 27 pessoas foram mortas por decorrência de acidentes no trânsito. Desse total, 12, ou 44,4% foram com envolvimento de motos.

Uma queda de 34,8%. Em compensação, as mortes com envolvimento de automóveis cresceram e a média de 2010 para 2011 continua a mesma – 2010 foram 29 mortes no transito e 2011, de janeiro a setembro já chegaram a 27 pessoas mortas em acidentes – o número de vitimas infelizmente tende a aumentar, pois ainda faltam três meses.

Resumindo, de janeiro a dezembro de 2010 e de janeiro a setembro de 2011, uma pessoa tem morrido a cada 12 dias vítima do transito caótico de Coroatá. Os líderes políticos e a própria sociedade precisa urgentemente acordar e rever seus conceitos sobre a educação do transito na cidade, ou continuaremos perdendo pessoas queridas à nossa volta.

As informações têm como fonte: SIM/SEMUS/CT-MA, Hospital Geral Municipal (HGM), SAMU 192 e Polícia Militar

FONTE: coroatáonline.com.br

2 comentários sobre “Recorde Regional: Nos últimos dois anos 1 coroataense morre a cada 12 dias vítima do trânsito”

  1. Problema fácil de resolver!! se a cada 12 dias morre uma pessoal, basta que a cada 12 dias ninguem sai de casa na cidade, JÁ QUE A REPORTAGEM NAO FALA QUE “EM MÉDIA” MORRE UMA PESSOA A CADA 12 DIAS.

Deixe um comentário