Sem Cléber Pereira amigos de Luciano Viana dão show de solidariedade no René Bayma

Não aconteceu como a organização previa, afinal Cleber Pereira não apareceu nem em Codó, nem em Barra do Corda, cidades onde estava sendo esperado no mesmo horário para jogos de caráter beneficente.

Família Viana (filha e pai) com Jean Maranhense após a partida no René Bayma
Família Viana (filha Lucinete e pai Luciano ) com Jean Maranhense após a partida no René Bayma

O jogo em Barra do Corda aconteceu segundo contato que fiz ainda no início da noite de sábado com o organizador João Baladeira que limitou-se à dizer, às 18h43min.

“Já teve foi o jogo, acabou, tudo direitinho, só que o Cléber não veio não, tá bonitinho pra ele aqui na cidade, queimado mais do que tudo agora aqui”, afirmou em áudio pelo whatsApp

JEAN HONROU 

Já em Codó quem cumpriu o que prometeu foi Jean Maranhense. Alegando que houve um problema no carro que trazia os jogadores de São Luís, na saída da ilha, chegou aqui com 7 atletas desconhecidos do público (com ele, único famoso, fez 8).

“Teve o lance do carro então a gente fica preocupado, não pelos danos materiais, mas pelos companheiros que ficaram lá atrás, mas graças a Deus eu consegui falar com eles, tá tudo bem, esperamos que na volta ano que vem a gente venha com mais prestígio com a galera aí pra gente vim e fazer um excelente esporte em Codó, acho que quando se fala em Codó fala em esporte”, justificou Jean

Por isso, o time dele foi completado com codoenses que enfrentaram a seleção de Codó que tinha Jackson e companhia, treinada pelo técnico Tamarindo.

Jean falou do apoio ao amigo Luciano Viana, desportista e ex-presidente do Sindicato dos Comerciários de Codó,  para quem toda a arrecadação foi revertida para um tratamento no coração.

“Parabenizo ao nosso grande companheiro o Luciano que eu tenho como pai, uma pessoa que me trouxe de braços abertos, da primeira vez me tratou super bem, não só ele, o Pedrinho e todos os meninos”, disse em entrevista ao jornalista esportivo Pedrinho Filho, da Eldorado AM.

O blogdoacelio ouviu o ex-seleção brasileira Jackson. Ele agradeceu ao comparecimento das pessoas ao estádio.

“As pessoas que compareceram ao estádio tão de parabéns, a gente agradece muito, muito obrigado pra quem veio nos ajudar a ajudar outra pessoa que tá precisando mais do que a gente aí pra que a gente possa ajudar as pessoas e a gente tá muito feliz com as pessoas que compareceram aqui ao estádio, espero que tenha gostado do jogo, melhor ainda porque a seleção de Codó ganhou e isso é que é mais importante pra gente”, afirmou Jackson

RECLAMAÇÃO DO TORCEDOR

81 pessoas pagaram R$ 5,00 gerando uma arrecadação beneficente de R$ 405,00 na entrada (houve também uma venda antecipada cujo valor não foi divulgado no final do jogo).

Quem foi ao René Bayma viu uma partida que terminou com 6 gols da seleção de Codó contra 4 dos amigos de Jean Maranhense.

Apesar dos muitos gols, a torcida saiu injuriada com o que viu. professor Roger (ou Rogê) desabafou.

“Infelizmente os atletas que a gente esperava aqui não foram os que vieram, apenas Jean Maranhense que estava na divulgação e o Cléber Pereira, Arlindo Maracanã, mas outros nomes no futebol maranhense e nacionalmente não vieram. É chato porque  a gente já tem um certo ritmo aqui em relação ao nível do futebol de Codó, uma certa noção dos atletas de nome, dos atletas conhecidos que já passaram quase todos por aqui e aí a gente se depara, infelizmente, com um time de pessoas que gente observa que não são atletas, que vieram apenas para completar e completando com o time daqui, é lamentável, é lamentável”, reclamou o goleiro Roger

De toda forma parabéns à quem abraçou a causa em prol do codoense Luciano Viana que merece todo apoio de seus conterrâneos.

Um comentário sobre “Sem Cléber Pereira amigos de Luciano Viana dão show de solidariedade no René Bayma”

  1. Esse Cleber ai na hora não aparecia e a turma ainda acreditaram nele. Como é que eles vão anuciar Arlindo Maracanã, se o cara faz parte da diretoria do sampaio e o time jogou no sabado.

Deixe um comentário