Sem defensor pré-candidatura de Francisco Nagib na Câmara de Vereadores é ‘coisa morta’

Francisco Nagib

Os vereadores estão levando, por meio de seus discursos, a pré-campanha de seus futuros candidatos a prefeito ao conhecimento da população.

Exemplo disso, foi o que fez ontem, 6, o vereador, Domingos Reis, afirmando que Biné pode até estar na frente, referindo-se às pesquisas, mas quem vai ganhar é Zé Francisco. Chiquinho do Saae e Leonel Filho defenderam que ‘Ninguém chuta cachorro morto” em alusão ao fato de Zito Rolim estar sendo, brutalmente, atacado por seus adversários porque, na opinião dos vereadores da bancada governista, o homem vai se reeleger facilmente.

Sem defesa do tipo estão Ricardo Archer (ora sem vereador) e Francisco Nagib, que em tese teria dois parlamentares aptos a levantarem seu nome na Tribuna da Casa, mas os homens sequer tocam em assuntos que possam resultar nas palavras Francisco Nagib.

CADÊ OS VEREADORES DO NAGIB

Ricardo, ao menos ainda é lembrado, geralmente por Saae e Zaidan, que descem a madeira, com vontade, quando alguns assuntos lhes são pertinentes ou quando foram atingidos por comentários na emissora dos Archer.

Mas Nagib, dentro da Câmara, é nome morto. Não há quem o defenda, quem toque em sua pré-candidatura. Ontem, por exemplo, só Dominguinhos o citou, superficialmente, falando que Rolim perde para Biné, Zé Francisco e para Francisco Nagib (ordem de nomes seguindo interesse dele, é claro, o que é, perfeitamente, compreensível)

Onde estão os vereadores que poderiam levantar esta bandeira também?

Tem medo, vergonha de Francisco?

Ou não existem?

Será uma estratégia? Se for, tenho até medo dessa, ouvi dizer desde que eu comia papa quente que ‘Quem não é visto (ou falado) não é lembrado”.

Abre o olho, hein Francisco!

Deixe um comentário