Fale com Acélio

TETO DO CENTRO OPERÁRIO CODOENSE DESABA

Registro feito por professor Gutim na manhã destw domingo mostra teto do Centro OPERÁRIO Codó desabado.

Segundo o professor, o prédio ameaça outros imóveis próximos.

“Teto do Centro Operário acaba de desabafar. Prédio fica no centro da cidade, e está colocando em risco os outros imóveis que ficam ao redor”, escreveu ao nos enviar o vídeo

O Centro OPERÁRIO Codoense foi criado em 1953. Foi palco de grandes festas para a classe mais pobre, grandes carnavais, porém há décadas vive apenas de um fraco 13 de Maio (quando qxha prefeito pra apoiar).

Precisa ser avaliado por inteiro, não apenas o teto que já disse como está.

8 comentários sobre “VEJA O VIDEO: TETO DO CENTRO OPERÁRIO CODOENSE DESABOU”

  1. E o teto do Guarapary também desabou, mas o blog não noticiou.
    Quando o teto antigo do Clube Guarapary caiu, o presidente era o senhor Junior Rosendo, que logo providenciou imediatamente um novo teto. Se antigo teto durou mais de meio século, o novo era para durar pelo menos isso.
    E é isso que causa dúvida, se o teto do Guarapary caiu ou foi derrubado.
    Quanto ao do Centro Operário, a diretoria precisa se pronunciar em atenção aos associados.

    1. Em torno de vc vem acontecendo mais coisas, e bem gostosas.
      Fdp, Fernando, com certeza é você.
      Seu piti, além do normal, é preocupante. Eu não acusei responsável pelo desabamento do teto do Clube Guarapary, apenas levantei questão.
      E o Guarapary jamais terá um dono. Não vão fazer como fizeram com o aeroporto de Codó.

  2. Falando em Guarapary, os antigos sócios do mesmo e do Clube Maçônico andam a procura das ações originais que foram afinadas por im rapaz já falecido.
    Onde estão as ações do clube maconuco ?

    1. Não tenho procuração do dono para responder. Mas todos os ex-sócios do Clube Maçônico venderam, e receberam à vista, por suas ações.
      Vale ressaltar que somente um sócio se recusou a vender suas ações — o senhor Elcias Menezes, que numa reunião disse de viva voz que não venderia, mas iria doar suas ações ao senhor José Murilo Salem, justificando na ocasião que o senhor Murilo construiu o clube com seus próprios recursos, e que não era justo vender para o verdadeiro dono.
      Diferente do Clube Guarapary, que foi erguido com recursos dos sócios fundadores.

      1. Pelo que sei parte dos gastos com s construção do clube maconico foi financiada pelo governo do Rstado na época de João Castelo.
        Que teve mutreta teve.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

PUBLICIDADES

A CONVERSA É COM ACÉLIO TRINDADE

APP RAD MAIS

Dra. Nábia, PEDIATRA

JÉSSICA COUTINHO

IMPULSO CRED

REGIONAL TELECOM

Marque Consulta

FC MOTOS

LOJA PARAISO

FARMÁCIA DO TRABALHADOR

PANIFICADORA ALFA

OPTICA AGAPE

SUPERLAR

BRILHO DO SOL

 

CAWEB FIBRA

PARAÍBA A MODA DA SUA VIDA

 

 

Venda de Imóveis Codó-MA

HOSPITAL SÃO PEDRO (HSP)

Óticas HP

CARTÃO NOROESTE

 

 

SEMANA RAD+

GABRIELA CONSTRUÇÕES

Imprima

Lojas Tropical

 

Mundo do Real

Reginaldo

Baronesa Janaína

RÁDIOS NET

EAD – Grátis

Categorias