Vereador pastor Max fala sobre respeito e produtividade e seu discurso é usado como referência

Referência para colegas
Referência para colegas

As palavras e a forma de expor as idéias do Vereador Max Tony (PT do B), mais uma vez foram elogiadas pelos colegas e usadas como referência no parlamento na última sessão da Câmara dos Vereadores de Codó, na segunda-feira, dia 25. Como foi instituído pelo presidente da casa legislativa, Chiquinho do Saae (PV), em companhia do Padre José Pelegrine, Pastor Max trouxe reflexão ao plenário e a galeria da câmara, baseando suas palavras no livro de Ezequiel, levando a mensagem de Deus e falando sobre a importância da esperança no ser humano, na sociedade e na própria câmara dos vereadores.

Sem ser prolixo, o edil falou sobre os planos e promessas que as pessoas fazem a si mesmas no início de cada ano.

“Sempre traçamos metas e objetivos para melhorarmos nossas vidas em todos os aspectos, mas nos deixamos levar pelas circunstâncias. Como resultado, nós perdemos a esperança de mudar. Para resgatar essa esperança é preciso conhecer a Deus”, recomendou.

O Vereador advertiu no parlamento que um dos principais problemas da humanidade e das sociedades ao longo do tempo é o desentendimento. Condenou os extremismos e a violência de nossa geração. Max Tony fez referência aos recentes acontecimentos de violência que sucederam na casa legislativa do município e que envergonharam a população codoense no estado, país e no mundo. O edil preconizou que o diálogo com as comunidades, as discussões pacíficas entre os parlamentares, que produzam soluções para o bem estar do povo de Codó, sejam a marca da nova legislatura.

Com um tom mais incisivo e bastante veemência em suas colocações, o vereador Max Tony pediu ao presidente da casa legislativa que lutasse por manter o bom nível e banisse de vez as agressões verbais e físicas outrora testemunhadas no parlamento.

“Não podemos deixar que a política de Codó vire um circo por aí, como muitos fizeram questão de propagar. Não podemos permitir que o poder legislativo codoense vire mais uma vez manchete negativa. Isso não quer dizer que não haverá discussões nesta casa e debates acalorados. Os embates existirão. No entanto, no campo das idéias, e que venham produzir resultados benéficos apara nossa população. Não sentimos saudades dos tempos dos sopapos e pontapés”, finalizou. O discurso do Vereador foi citado, elogiado e usado como referência pelos colegas de parlamento.

Raphael Fernandes

3 comentários sobre “Vereador pastor Max fala sobre respeito e produtividade e seu discurso é usado como referência”

  1. Se todos os outros se espelhassem no vereador como teríamos uma câmara mais atuante,logo todos teriam que aceitar Jesus Cristo como seu único salvador e depois servir ao povo pq afinal de contas são eles (povo) é que coloca e tira o Pr. Max veio para fazer a diferencia como está fazendo nunca vi um clima de paz na câmara tirando a vereadora comandada pelo marido o outros edis estão aprendendo com o vereador, a comandada nem sabe aonde está pena que o povo foi quem colocou,a comandada só pensa em benefício próprio como o marido,caso ela corte esse cordão maldito ai sim ela estará a altura de representar o povo de Codó.

  2. Sinceramente espero que a fase CIRCO da câmara tenha passado, nós, o povo, queremos seriedade e repeito, nos 08(oito) últimos anos a Câmara Legislativa foi uma verdadeira palhaçada será que finalmente perceberam que lá não é um ringue? Será que finalmente chegou sangue novo com vontade de trabalhar com seriedade e respeito aos patrões que os elegeram? E os antigos será que enfim foram adestrados?

Deixe um comentário