Escola Colares Moreira dá otimo exemplo e garante continuidade dos estudos para seus alunos

A ESCOLA É UMA TECNOLOGIA DE ÉPOCA E NÃO PODE PARAR!

Sendo assim…

O Centro de ensino colares Moreira em detrimento das determinações do governo estadual e com o intuito de garantir a continuidade do processo educativo de seus estudantes, nesse momento em que todos nós estamos em isolamento social, devido a Pandemia do Covid-19, resolve ser protagonista no processo ensino aprendizagem. Utilizando como apoio pedagógico as Tecnologias de Informação e Comunicação-Tics (Google class room, Waat sap, e outros).

Dessa maneira, Gestão, supervisão, professores/as e estudantes compreendem que é fundamental unirem forças para construírem juntos/as o conhecimento. Não há dúvidas que a jornada é e será ainda mais árdua, pois são muitos os desafios diante desse novo cenário, entretanto sabemos que estamos no caminho certo!

É claro que o digital não vem para substituir a maneira de comunicação entre a escola e estudantes, mas, nesse momento, como um novo caminho que leve a aquisição de saberes pelas diferentes linguagens, incluindo aquelas que são pouco exploradas, e nós enquanto escola não podemos e nem devemos nos esquivar diante dessa missão!

Não vamos parar! Vamos juntos sim nessa viagem rumo ao conhecimento!!!

A DIREÇÃO

VEJA: Professores denunciam descaso e fotografam COBRA enorme em escola de Codó

NOTA DO SINDICATO – ABANDONO E DESCASO COM A EDUCAÇÃO DE CODÓ.

Cobra na escola de Codó

Essa foi a realidade presenciada em escolas da rede pública municipal de ensino por boa parte dos professores ao se apresentarem em seus locais de trabalho nesta terça, dia 11/02, conforme deliberação em Assembleia.

Aberrações das mais diversas formas, desde escolas fechadas por falta de vigilância à sujeira, muito mato e pasmem até cobra rastejando pelos corredores entre outras situações.

 O que nos chamou mais atenção foi o fato de boa parte desse descaso ser observado justamente numa escola recém reformada pela atual gestão.

De acordo com o cronograma da secretaria, as aulas estão previstas pra iniciarem no dia 2 de março com exatamente um mês de atraso, se dentro de praticamente dois meses o governo municipal não conseguiu ainda resolver tal situação, em apenas quinze dias haverá tempo suficiente pra isto?

   Essa é mais uma demonstração da falta de respeito com a população.

SINTSERM

Governo mente sobre piso e prejudica professores estaduais, afirma César Pires

O deputado César Pires criticou duramente o governador Flávio Dino pela forma desrespeitosa com que tratou os professores estaduais no processo de votação do projeto de lei que tratou do piso salarial do magistério estadual. Para o parlamentar – que tentou convencer os governistas a discutir a matéria com a categoria antes de colocá-la em votação na Assembleia Legislativa -, o governo mente ao afirmar que paga o maior piso do Brasil e impõe grande prejuízo à categoria quando desrespeita o Estatuto do Magistério.

Ao encaminhar a votação do projeto do Executivo no plenário, César Pires esclareceu que o piso dos professores estaduais no Maranhão é de R$ 1.412,00, e não os R$ 6.300,00 alardeado pelo governo. Além disso, o reajuste aprovado na sessão desta quinta-feira varia entre 5% e 17,49%, sendo que cerca de 80% da categoria vão receber o menor percentual de reajuste.

“Em toda a minha trajetória política, nunca votei contra os professores. E em respeito aos educadores, jamais participarei de qualquer manobra que desrespeite direitos daqueles que têm a honrosa missão de levar conhecimento e formar cidadãos conscientes”, afirmou César Pires, após a aprovação do projeto do Executivo pela maioria dos deputados.

César Pires disse ainda que votou contra o projeto para manter sua coerência e atendendo aos apelos dos professores que acompanharam a votação, já que a proposta não respeitou o Estatuto do Magistério, construído com muito sacrifício. “Me sentiria mal se tivesse defendido o Estatuto do Magistério, criticado a ausência de coerência do governo entre discursos e suas práticas, e dado um voto que não interferiria no resultado da votação mas feriria minha consciência. Optei por atender o clamor dos professores que lotaram a galeria da Assembleia Legislativa do Maranhão”, concluiu ele.

Sindicato denuncia que nunca teve resposta do governo Nagib sobre reajuste salarial de 12,84% dos professores

REAJUSTE DE 12, 84%. 

 Logo bem no início do ano o SINTSERM encaminhou ofício para a administração cobrando o reajuste salarial  tanto para os professores quanto para todos os demais servidores públicos municipais, no entanto, até o momento não obtivemos nenhum retorno nem posicionamento parte do prefeito.

Continuamos no aguardo e prontos para fazermos o enfrentamento caso tenhamos mais este direito negado pelo município.

Estamos também atentos e vigilantes quanto ao andamento do PL dos precatórios aprovado na Câmara, assim como ao  início do ano letivo e a realização do concurso público.

De acordo com o desenvolvimento dessas ações, o mês de fevereiro promete ser de muitas LUTAS, portanto companheiros(as) devemos estar sempre prontos, dispostos e preparados para o embate e mobilizações.

SINTSERM – CODÓ

Em 24/01/2020.

VÍDEO – Prefeito fala sobre CMEI Vera Lúcia com pais dormindo desde sexta-feira (10) para conseguir matrículas

Pais e mães  do CODÓ Novo chegaram na sexta-feira, 10/01, para dormir na porta do Centro de Educação Infantil Vera Lúcia, na rua Puraqué (Puraquê), com o intuito de conseguir matrícula amanhã, segunda-feira, 13. Várias fotos foram enviadas à redação do blogdoacelio mostrando pessoas à noite e suas cadeiras vazias, durante o dia de sol quente, marcando lugares na fila.

Foto da CMEI Vera Lúcia na manhã deste domingo (12) na hora da entrega das fichas

Na manhã deste domingo, 12, fui pessoalmente checar a informação e o resultado neste post onde explico que por ordem da Secretaria de Educação a direção foi orientada a entregar na manhã deste domingo 91 fichas.


REFLEXO DE UMA EDUCAÇÃO QUE DEU CERTO, AVALIA PREFEITO

Nós fizemos contato com o prefeito de Codó, FRANCISCO NAGIB (PDT) sobre o caso. Na opinião dele, não há necessidade do que ocorreu no CMEI Vera Lúcia, mas que isso é o reflexo de que a  Educação está sendo bem avaliada pelos codoenses.

Frisou que ouviu relatos de várias pessoas dizendo que este ano estão tirando filhos da rede particular para colocar na rede pública municipal por confiar na educação ofertada por seu governo.

“Não há necessidade deste povo estar na porta, o serviço de educação tá tão bom que as mães estão desesperadas para querer colocar seus filhos nas creches, mas não há necessidade disso. Hoje nós já mandamos a diretora distribuir as fichas. Amanhã (13) nós vamos mandar a Guarda Municipal ir pra lá porque vai ter pessoas que vão chegar de casa pra querer ir pra lá. Se você passar lá agora não tem mais fila,  porque nós pedimos, nós entregamos as fichas e amanhã (segunda) nós vamos atender só esse pessoal que tava aí na fila, aí vai chegar mais gente”

“Isso significa, Acélio, que o trabalho está sendo reconhecido, hoje eu ouvi muita gente dizer que tá tirando seu filho da escola particular pra colocar na pública, Acélio nunca a Educação de Codó esteve tão boa como está hoje, os professores ganhando bem, material escolar, material didático, uma creche dessa daí, o cuidado que existe com os filhos das pessoas é enorme, acho que eles não têm nem em casa”, disse o prefeito

NOVELA DOS PRECATÓRIOS – Sindicato critica posicionamento de Edimilson Filho na FCFM

SOBRE A REPERCUSSÃO DA NOTA EMITIDA PELO SINDICATO DOS PRECATÓRIOS NO PARLAMENTO MUNICIPAL E IMPRENSA LOCAL.

Esclarecemos que:

  • O título da matéria publicada em blog não é de autoria do sindicato;

 

  • Em nenhum momento mencionamos o termo vereadores defensores do prefeito em nota emitida pelo sindicato e  compartilhada nas redes sociais;

  • Demonstrando total falta de conhecimento do tema em pauta, um radialista em programa matinal na rádio de propriedade da família do prefeito afirmou que o STF já bateu o martelo em desfavor do rateio dos precatórios com os professores, o que não é verdade, haja visto, a Côrte Supremo ainda não ter realizado o julgamento final do mérito;

  • Esse mesmo radialista num comportamento de total desespero e falta de conhecimento sobre a função de um sindicato, disse que a nossa entidade deveria era ser parceira do prefeito e dizer que a culpa não era do mesmo, veja só quanta aberração diante de nosso combativo trabalho.
  • Entre tantas asneiras falada pelo comunicador, o mesmo terminou falando uma verdade, ao afirmar que percebe o sindicato muito distante do governo, realmente não somos pelegos, muito menos fundo de quintal da prefeitura e a nossa função é a de defender os interesses da classe e não do governo como assim o fazem os comunicadores pagos seja pela prefeitura com o dinheiro da população e/ou por imprensa privada pertencente à família do prefeito;

A diretoria do SINTSERM-CODÓ.

ESTANTE DE LIVRO: Uma Locadora de Livros na Cidade de Codó para todos os que se interessam pelo universo da leitura

Codó agora conta com uma locadora de livros! Essa novidade, administrada por Alessandra M. e Aline Barbosa, tem a intenção de levar experiências literárias às pessoas que se interessam pelo mundo dos livros. O acervo conta com diversos gêneros, desde os clássicos aos contemporâneos. Os best-seller que estão fazendo sucesso ao redor do mundo e que são recordes em vendas também estão disponíveis para a locação.

A ideia nasceu a partir da vontade em fazer com que Codó ampliasse seus números de leitores. Infelizmente, pesquisas apontam que o hábito da leitura não faz parte do dia a dia dos brasileiros. De acordo com o Instituto Pró Livro, www.prolivro.org.br, enquanto os brasileiros leem 4,96 livros por ano, nossos vizinhos, os argentinos, leem 12 livros por ano.

Para alugar um livro da Locadora é simples. Basta acessar o site www.estantedelivro.com.br. Nele, consta todos os livros que a locadora possui: romances, suspenses, terror, livros baseados em fatos reais, poesias, trilogias, crônicas e sagas, biografias, desenvolvimento pessoal, religiosos e clássicos da literatura.

Após a escolha do livro, a locadora entrega o livro no endereço informado pelo cliente. Ressalta-se que não é cobrado taxa de entrega*. Sobre os valores do aluguel de um livro, existem dois planos:

– PLANO DE 10 DIAS: paga-se o valor de R$ 8,00 e o cliente fica dez dias consecutivos com o livro escolhido.

– PLANO DE DIÁRIAS: neste plano, paga-se R$ 1,00 por dia e pode ler à vontade. Ao final, os dias são contabilizados.

Para maiores detalhes dos planos de locação é só entrar no site ou falar diretamente com a locadora pelo whatsapp (99) 98856-3576.

Não perca tempo e mergulhe no universo da leitura.

Maranhão tem 218.082 inscritos para o ENEM – Veja quantos são de Codó, Caxias e Coroatá

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) segue preparando a aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019. As provas serão realizadas nos dias 3 e 10 de novembro, primeiro e segundo domingo do mês. A edição deste ano tem 5.095.382 de inscritos em todo o país. Desses, 218.082 são do estado do Maranhão.

A Assessoria de Comunicação do Inep disponibiliza o perfil dos inscritos em cada unidade da Federação. As tabelas, a seguir, informam o número de participantes por município, sexo, faixa etária, cor/raça e situação do Ensino Médio. Informações gerais sobre o exame, como histórico e detalhes da edição de 2019, estão disponíveis no Press Kit Enem 2019.


Confira o perfil de inscritos do Maranhão

Sexo Inscrições %
Feminino 130.766 60%
Masculino 87.316 40%
Total 218.082 100%

 

Faixa Etária Inscrições %
Menor que 16 5.516 2,5%
Igual a 16 16.031 7,4%
Igual a 17 31.881 14,6%
Igual a 18 32.421 14,9%
Igual a 19 25.832 11,8%
Igual a 20 18.666 8,6%
De 21 a 30 63.617 29,2%
De 31 a 59 23.900 11,0%
Maior ou Igual a 60 218 0,1%
Total 218.082 100%

 

Cor/raça Inscrições %
Amarela 3.739 1,7%
Branca 39.373 18,1%
Indígena 859 0,4%
Não declarada 3.572 1,6%
Parda 138.625 63,6%
Preta 31.914 14,6%
Total 218.082 100%

Situação Ensino Médio Inscrições %
Estou cursando a última série/ano no ensino médio 33.015 22,4%
Estou cursando o ensino médio, mas não concluirei no ano letivo de 2019 17.267 11,7%
Já concluí o ensino médio 96.349 65,5%
Não estou cursando e não concluí o ensino médio 550 0,4%
Total 147.181 100%

Município Inscrições %
Açailândia 4.228 1,9%
Alcântara 390 0,2%
Amarante do Maranhão 859 0,4%
Anajatuba 396 0,2%
Araioses 566 0,3%
Arame 472 0,2%
Arari 1.608 0,7%
Bacabal 5.321 2,4%
Bacuri 632 0,3%
Balsas 4.808 2,2%
Barão de Grajaú 798 0,4%
Barra do Corda 2.033 0,9%
Barreirinhas 1.277 0,6%
Bequimão 410 0,2%
Bom Jardim 735 0,3%
Brejo 652 0,3%
Buriti Bravo 573 0,3%
Buriticupu 1.637 0,8%
Carolina 714 0,3%
Carutapera 1.106 0,5%
Caxias 7.472 3,4%
Chapadinha 3.006 1,4%
Codó 3.473 1,6%
Coelho Neto 1.298 0,6%
Colinas 995 0,5%
Coroatá 1.569 0,7%
Cururupu 614 0,3%
Dom Pedro 1.158 0,5%
Esperantinópolis 795 0,4%
Estreito 1.194 0,5%
Formosa da Serra Negra 862 0,4%
Governador Nunes Freire 406 0,2%
Grajaú 2.231 1,0%
Humberto de Campos 347 0,2%
Icatu 1.119 0,5%
Imperatriz 18.142 8,3%
Itapecuru Mirim 2.009 0,9%
Itinga do Maranhão 623 0,3%
João Lisboa 1.672 0,8%
Lago da Pedra 2.000 0,9%
Maracaçumé 995 0,5%
Matinha 585 0,3%
Mirinzal 872 0,4%
Montes Altos 948 0,4%
Paço do Lumiar 6.457 3,0%
Parnarama 1.153 0,5%
Pedreiras 2.431 1,1%

Novo Curso de Medicina da UemaSul terá 40 vagas no 2º semestre de 2020

Uma das grandes novidades para esta edição do Processo Seletivo de Acesso à Educação Superior (PAES 2020) é o curso de Medicina, que será ofertado pelo Centro de Ciências da Saúde da Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão (UemaSul). As provas da primeira etapa serão realizadas no dia 20 de outubro; e da segunda etapa, no dia 24 de novembro de 2019.

A criação do curso de Medicina representa o fortalecimento das políticas públicas de saúde e educação na Região Tocantina e contempla a meta 14 do Plano de Governo proposto pelo governador Flávio Dino, que abrange a melhoria da saúde e o aumento do número de médicos no Estado. “Com essa responsabilidade, fortalecemos a expansão da UemaSul e consolidamos o nosso protagonismo regional”, afirmou o vice-reitor da instituição, Expedito Barroso.

O PAES deste ano já contempla o novo curso, onde serão ofertadas 40 vagas para ingresso no segundo semestre de 2020. “Os últimos detalhes estão sendo ajustados para receber a primeira turma do nosso curso de Medicina. Todas as questões relacionadas ao corpo docente, estrutura e as demais questões pedagógicas já foram encaminhadas e temos a certeza de que estamos construindo uma graduação que será referência”, afirmou a presidente da Comissão de Implantação do curso de Medicina, professora Sheila Elke Araújo.

Referências

O processo de implantação do curso de Medicina buscou se referenciar em outras universidades que trabalham com as Metodologias Ativas, uma prática pedagógica que tem como foco o aluno e o amplo desenvolvimento de suas capacidades de aprendizagem, resolutividade e autonomia.

Em novembro do ano passado, a UemaSul promoveu o Seminário Internacional de Formação Médica reunindo instituições de Ensino Superior nacionais e estrangeiras que compartilharam e discutiram as diversas experiências nas graduações em Medicina.

Na reta final para o funcionamento do curso, a Comissão de Implantação realizou visita técnica às escolas de medicina instaladas no interior do estado do Rio Grande do Norte e de Pernambuco.

“Visitamos a Escola Multicampi de Ciências Médicas da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, localizada em Caicó, e o curso de Medicina do Núcleo de Ciências da Vida da Universidade Federal de Pernambuco campus Agreste, que apresentam uma proposta de educação médica bem semelhante à proposta do Curso de Medicina da UemaSul”, informou a diretora do curso de Medicina, Michele Oliveira.

FONTE: SECAP/Governo do Estado

Curso de Letras da UFMA realiza o projeto ‘A MÚSICA ESPANHOLA E O JOVEM CODOENSE’

Visando uma maior valorização de uma língua estrangeira ,estudantes do curso de LETRAS ESPANHOL da Universidade Federal do Maranhão _ UFMA, desenvolveram na última  sexta-feira, dia 5 de julho,  um projeto inovador na escola Talmir Quinzeiro, que  tem como tema: A música espanhola e o jovem codoense .

Na oportunidade foram desenvolvidos diversas atividades produzidas pelos próprios alunos, como paródias, gêneros musicais, biografias e muito mais.  Onde foi constatado que o ensino de uma língua estrangeira ,no caso o espanhol é de fundamental importância para o desenvolvimento dos educandos que estão cercados de países espanohablantes.

Haja visto que o   espanhol, também conhecido como castelhano, é falado por mais de 400 milhões de pessoas, incluindo nossos vizinhos da América do Sul. A língua espanhola tem se destacado no âmbito internacional, sendo a terceira mais falada do mundo.
A cada dia cresce o número de pessoas que falam espanhol, pois a língua vem sendo escolhida como opção de língua estrangeira por pessoas do mundo inteiro, espaço antes ocupada somente pelo inglês.

(Texto enviado)

PROMULGADA A LEI – Conheça as conquistas da Semana Municipal de Ciência e Tecnologia

A lei de autoria do vereador Pastor Max Tony que cria a Semana Municipal da Ciência e Tecnologia foi promulgada pelo prefeito Francsico Nagib. Nós procuramos saber da professora Raquel Pinho, responsável por esta área dentro da Secretaria Municipal de Educação, o que significa esta conquista e pedimos para que falasse a respeito da referida Semana.

Assim nos respondeu:

“Já existe (a semana)  já é concreta desde 2017 com resultados extraordináriosJá iremos para terceira edição. Mês de outubro, entretanto esse ano  culminaremos em novembro, terceira semana devido a aplicação do Saaeb.

Primeiro Ano conseguimos  aprovar 14 projetos em órgãos de fomento financeiro totalizando um montante de  50 mil reais em recursos para execução da SMCT, o tema : A matemática está em tudo. Ano passado Tema: Ciência para redução das desigualdades ( conseguimos 80 mil) Esse ano  o tema: Bioeconomia: diversidade e riqueza para o desenvolvimento sustentável

Exposição de trabalhos em Stands, palestras, oficinas temáticas lúdicas, simpósios, atividades culturais,  teatro, entre outras atividades

Popular a ciência e o fomento à pesquisa. Segundo Ano 18 projetos aprovados. Todos na Fapema

Trinta estandes fora as salas de atividades vão a praça, estudantes e professores têm a oportunidade de dar visibilidade das atividades realizadas entre os muros da escola para a comunidade geral. Enfim  a SMCT não é só um mero papel como muitas Leis nesse país mas sim realidade em nossas escolas e em nosso município!”, escreveu-nos

PERIGO – Vídeo mostra ripas podres e telhas caindo na escola Ananias Murad

Um vídeo enviado ao blogdoacelio mostra uma aluna filmando o teto da escola municipal ANANIAS MURAD, na rua César Brandão.

O que foi filmado prova que as ripas apodreceram e as telhas estão caindo pondo em risco alunos e professores.

Em resposta ao blogdoacelio, o secretário de Educação, RICARDO Torres, disse que já foi autorizada uma reforma para esta escola, mas, de maneira mais urgente, enviará uma equipe de recuperação.

“Já foi autorizada uma licitação para uma ampla reforma do Ananias Murad. Esperamos entregar a escola renovada para os alunos e servidores até o início do ano que vem. No entanto, será enviada equipe de recuperação ainda hoje para sanar os problemas mostrados na matéria do blog”, escreveu o secretário,

Novo secretário destaca quais serão suas prioridades diante da Secretaria de Educação

Nós fizemos contato com o novo secretário de Educação do Município de Codó, Ricardo Araújo Torres. Ele deve assumir, interinamente, a pasta a partir da próxima semana, vai depender do tempo que Paulo Buzar precisar para findar algumas pendências de ordem pessoal para que sua saída não prejudique o andamento da própria secretaria.

Prefeito Nagib e vereadores aliados

Quisemos saber quais as prioridades de Ricardo Torres ao assumir a maior secretaria do governo de Francisco Nagib, ele assim nos respondeu:


A causa da Educação é uma das mais justas que podemos abraçar na vida. Deve ser uma Causa Comum de toda a sociedade.

Por isso, a prioridade é continuar lutando pela qualidade no ensino, assim como o professor Paulo Buzar vem fazendo, propiciando as melhores condições possíveis para que professores, supervisores, gestores escolares e demais servidores da Educação possam trabalhar sempre com tranquilidade e afinco em favor dos nossos mais de 27 mil alunos e suas famílias, na Cidade e no Campo.

Tudo para que o Governo Nagib também dê sua parcela de contribuição para que a Educação de Codó seja institucionalmente cada vez mais forte.

Espero que os alunos estudem porque a Educação vale a pena e dá futuro.

Por isso, continuaremos batalhando para trazer três novas faculdades para Codó até o final da gestão, gerando mais empregos e facilidade de acesso ao ensino superior inclusive.

É prioridade do governo Nagib também transformar a Antiga Fábrica em uma bela escola, criando mais vagas e, ao mesmo tempo, restaurando esse importante patrimônio histórico que temos no coração de Codó e dos codoenses.

Deus nos conceda a sabedoria e a força necessárias para persistirmos todos em busca desses e de tantos outros resultados relevantes para nossa Cidade.

Estudante de São João do Taurino denuncia dificuldade para estudar por causa de estrada ruim

Uma estudante do Ensino Médio, da escola estadual Lúcia Bayma, mandou um pedido de ajuda ao blogdoacelio. Contou que mora no povoado São Joaquim do Taurino e que neste período de fortes chuvas está impedida, com seus colegas, de vir à cidade estudar por causa da falta de estrada trafegável.

Fotos enviadas à nossa redação mostram lamaçal capaz de atolar veículos de grande porte como são ônibus escolares. Na denúncia a aluna reclama do posicionamento do prefeito Francisco Nagib por ainda não ter ligado para a situação.

Existe um convênio entre a Prefeitura de Codó e o governo do Estado, inclusive envolvendo repasse de verbas, que permite que o município forneça transporte escolar par alunos da rede estadual.

Veja abaixo a integrada da denúncia:


Oi Boa noite. 

Gostaria de saber se vc poderia mim ajuda e é que estamos sem ir pra escola por causa da estrada que está muito ruim já pedimos ajudar ao prefeito mais foi em vão.

vir umas reportagens suas hj por isso estou aki lhe pedindo ajuda pois não aguentamos mais ir pra escola e volta a pé porque o escolar atolou por causa que o prefeito nunca mandou fazer uma manutenção  na estrada do nosso interior

prefeito foi homem o pra vim aki pedir nossa ajuda nas eleições mais agora que estamos precisando dele … cadê  nada

mim chamo Ilana curso o 3 do ensino médio  moro no povoado São Joaquim do taurino estou pedindo a sua ajuda  será se eu e meus outros colegas estudantes podemos conta com vc

NEM PINTURA: Escola na zona rural de Codó ainda tem as cores do governo de Biné Figueiredo

Quem passa no povoado Raposa do Zeca Farias se depara com algo difícil de não lhe causar, no mínimo, uma reflexão sobre como estamos, realmente, encarando a educação de Codó.

Escola de Raposa do Zeca Farias

Os moradores, reclamando da estrutura que já carece de reforma há anos, pediram para que fizéssemos uma fotografia para provar que até a pintura da escola ainda é do tempo do governo do ex-prefeito Biné Figueiredo que deixou o comando do município no ano de 2008.

Certamente já são mais de 10 anos de desrespeito para com pais, alunos, zeladores, vigias e professores desta escola de Raposa do Zeca Farias.

Isso é lastimável.