Aumenta o número de presos por baderna no carnaval de Codó

De acordo com informações da delegada, Maria Tecla Cunha, que está no plantão policial, o número de baderneiros detidos na festa de Codó segue seu ritmo.

De sexta-feira (17) de carnaval até a manhã desta terça-feira (21), nada menos que 62 pessoas foram parar no gaiolão da 4ª delegacia Regional por prática de brigas. O procedimento, por causa da superlotação, é sempre o mesmo na manhã seguinte às prisões – se menores, são entregues aos pais ou responsáveis, se maiores, conversam com a autoridade policial e são liberados.

Isso ocorre, naturalmente, se o preso não tiver incorrido em crimes, como porte de arma, por exemplo, ou flagrante de drogas.

A Polícia Militar e o sistema de segurança montado com a ajuda da Prefeitura continua atento na última noite de folia. Nenhum homicídio foi registrado até agora e esperamos que não haja tal registro.

Deixe uma resposta