CASO BEBÉ – Polícia Civil identifica bandidos que mataram dono de bar em Codó

Agora há pouco ouvimos a delegada Maria Tecla Cunha que está responsável pelo Plantão na 4ª Delegacia Regional de Codó neste fim de semana.

Bebé foi vítima de assaltantes dentro de seu local de trabalho

A mais recente novidade policial sobre o assassinato do dono de bar, Raimundo Nonato Gomes de Almeida, mais conhecido como Bebé, ocorrido na madrugada deste domingo após ser baleado 3 vezes no interior de seu bar na rua Rio Grande do Norte, é que os suspeitos, segundo ela em número de 3, já estão identificados, embora não seja prudente divulgar no momento para não atrapalhar a prisão.

Mas ainda não houve prisão, “estamos no encalce”, garantiu a delegada de plantão.

O QUE ACONTECEU?

Contaram testemunhas à polícia que já era madrugada deste domingo (PM registrou 1h30min) quando bandidos chegaram anunciando assalto e querendo que o proprietário os levasse à um cofre que fica no interior do bar.

Cofre procurado pelos bandidos

Houve uma reação por parte de Bebé, ainda não esclarecida, e, em razão disso, teria sido alvejado 3 vezes pelos bandidos.

A vítima ainda chegou a ser levada com vida ao Pronto-Socorro do Hospital Geral Municipal mas não resistiu aos ferimentos e morreu às 4h56 de hoje segundo informação do HGM.

Deixe uma resposta