Vereadores apresentam Indicações para o combate ao Coronavírus e melhorias na infraestrutura

A 11ª sessão da Câmara Municipal de Codó aconteceu excepcionalmente na manhã desta quarta feira, dia 20 de maio. Os vereadores apresentaram suas indicações para área da saúde e no combate ao coronavirus. “Tentamos fazer a sessão remota ontem, mas tivemos problemas técnicos, portanto passamos a sessão para esta manhã. O importante é não deixar de apresentar e votar importantes indicações em benefício da população”, explicou a vereadora Maria paz.

O líder do governo na câmara, vereador pastor Max, falou sobre suas indicações para o combate a covid-19 e para área da infraestrutura.

Continuamos na luta, apresentando indicações para organizar ainda mais esta batalha coordenada no combate ao coronavírus em nosso município, buscando estratégias para conter a transmissão, mas também trouxemos indicações para a melhoria na nossa infraestrutura, como o recapeamento das vias”.

O presidente da Câmara, vereador Leonel Filho, explicou a mudança de horário e falou sobre os trabalhos a serviço da população.

“Tivemos muitos problemas técnicos e operacionais ontem, mas passamos a pauta de trabalho logo para esta quarta pela manhã, pois os trabalhos na câmara são essenciais para somar forças e levar serviços em benefpicio de nossa população, em todas as áreas, seja na luta contra o coronavírus, mas também para infraestrutura, assistência social e educação”.

Ascom – CMC

VÍDEO – NOTA da Prefeitura diz que ação de Júnior Oliveira prejudicou pelo menos 1.851 professores de Codó

Veja o teor desta nota de esclarecimento emitida pela Prefeitura de Codó, enviada ao blogdoacelio na tarde de 15/05,  que diz que a ação do vereador Júnior Oliveira,  que resultou na suspensão do seletivo,  acabou prejudicando, no mínimo, 1.851 professores que tinham a esperança de serem escolhidos no processo simplificado que foi paralisado sem resultado final para posterior contratação .

A nota faz um histórico desde o dia em que o prefeito Francisco Nagib pediu que a Câmara prorrogasse para 2020 o seletivo antigo, aquele que começou no início do governo Mais Avanço, Mais Conquistas, mas os vereadores rejeitaram a proposta e, na sequência, fizeram norma mandando o Executivo realizar um novo seletivo.

Neste meio tempo, a NOTA destaca que Júnior Oliveira votou para que não houvesse a renovação do antigo processo seletivo e a favor do novo que ele mesmo conseguiu derrubar na Justiça recentemente.

Por fim, diz que a Procuradoria-Geral do Município tentará resolver o problema para evitar que os professores fiquem sem salários. VEJA O VÍDEO.

Espaço aberto para a resposta do vereador Júnior Oliveira que está sendo citado na nota da prefeitura aqui exposta.

“Ações conjuntas do poder público e atitudes adequadas da população farão Codó vencer a pandemia”afirma vereador Pastor Max

Em sua participação durante Audiência Pública na Câmara Municipal na terça-feira (31), o vereador Pastor Max avaliou como positivo o encontro e todo o esforço conjunto dos representantes do poder público municipal e estadual, das forças de segurança, líderes de entidades religiosas e representantes da sociedade civil organizada na luta contra a disseminação do Novo Coronavírus em Codó.

O edil também ponderou com o Secretário de Saúde, Suelson Sales, sobre o planejamento do atendimento a outras patologias durante o período de pandemia. “O Executivo Municipal, na pessoa do Prefeito Nagib e do Secretário Suelson, está fazendo um grande esforço na contenção do vírus em nosso município. Nossos números não são altos, não temos caso confirmado, mas não podemos descansar e temos ultrapassar esse período de pico de epidemia sem contaminação. No entanto, se tivermos alguns casos, que sejam poucos e que consigamos dar toda a estrutura para os pacientes, sem perder de vista pacientes de outras patologias também”, declarou.

O parlamentar também alertou ao comitê de crise sobre envios de comunicados de corte de fornecimento de água, mesmo com as medidas se suspensão ao corte anunciadas pelas autoridades durante o período de crise. “Questionamos as autoridades do comitê sobre a medida da suspensão do corte de água no período do isolamento social, porque tem pessoas recebendo notificações com aviso de corte do serviço de fornecimento de água. Pedimos ao comitê de crise resolva as inconsistências das medidas de segurança e benefícios para a população codoense. E que não encaminhe esse tipo de comunicação porque gera mais problemas e instabilidade maior pra quem está parado e dependendo da volta a normalidade”, alertou.

O vice-prefeito Ricardo Torres disse ao edil que levaria ao setor competente o caso para que fossem tomadas as medidas cabíveis. Max avaliou o encontro como muito positivo e declarou estar confiante no poder público e no povo codoense na luta contra a pandemia. “Importantíssimo que se reúna autoridades competentes e representantes de todos os setores de nossa sociedade, retomando as discussões sobre a ações de combate ao Novo Coronavírus  e implementação de mais medidas de segurança em benefício de nossa população. Oro a Deus que iremos conter o vírus em nossa cidade principalmente e tenho confiança que Ações conjuntas do poder público e atitudes adequadas da população farão Codó vencer a pandemia”, concluiu.

Ascom

Vereadores suspendem temporariamente sessão para ouvir reivindicações de comitiva da zona rural

Os vereadores suspenderam temporariamente a 6ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Codó para receber e ouvir, em plenário, as reivindicações de uma comitiva formada por líderes comunitários de diversas localidades da região Barracão a Solidade, zona rural de Codó.

É claro que temos muitas demandas também, mas hoje nosso grupo está aqui na Câmara para reivindicar o com urgência o melhoramento de nossa estrada que liga o Barracão a Solidade, que desde 2018 pedimos as autoridades. Temos outras pautas e pedimos que as políticas públicas cheguem até nós”, disse Raimundo Moreira, líder comunitário.

É nosso dever recebê-los aqui na Casa do Povo, ouvir suas reivindicações e atender com toda celeridade as necessidades. Quero enaltecer a atitude do presidente Leonel Filho e demais colegas vereadores pelo gesto de receber essa comitiva, com todo respeito que merecem, abraçar a idéia e unir forças para resolver o problema”, comentou o vereador Nonato Sampaio.

Mais uma vez retirado da pauta, o Projeto de Lei Nº 2 de 2020, que isenta de pagamento do Serviço de Iluminação Pública os prédios da administração municipal e SAAE, pode ganhar emendas e voltar a plenário, como as dos vereadores Valdeck Frota, que inclui entidades como Fundação Pestalozzi, associações de trabalhadores e clubes de mães, e do vereador Milson da Gabriela, que também inclui entidades religiosas, como igrejas evangélicas, católicas e terreiros de religiões de matriz africana.

Importantes indicações para benfeitorias em Codó e zona rural também foram aprovadas durante a sessão, como as dos vereadores Iltamar Muniz, Ivan do Naby e Milson da Gabriela.

Agradeço aos colegas pela aprovação de três importantes indicações que nós trouxemos como reforma das pontes em beneficio das comunidades do PA Citi Novo Horizonte, Alto Bonito e Santo Antônio, Posto de Saúde para Santana Velha, além da limpeza e capina da Avenida Castelo Branco”, pontuou o vereador Ivan do Naby.

Com Projetos de Lei, Indicações, Emenda Modificativa e Projeto de Resolução, a pauta da 6º sessão foi extensa e produtiva, como avaliou o presidente da Câmara, Vereador Leonel Filho, “Hoje tivemos uma pauta realmente muito extensa e satisfatória, com a aprovação de importantes Projetos de Lei, Projeto de Resolução, reformamos o Regimento Interno, onde vários tópicos foram atualizados. Atualizações necessárias e importantes. Também foi aumentado o quantitativo de vereadores. Enfim uma sessão bastante produtiva”.

Ascom – CMC

CÂMARA de CODÓ aprova aumento de vagas – agora poderão se eleger 19 vereadores

Os vereadores aprovaram na sessão ordinária desta terça-feira, 17 de março de 2020, que são agora 19 vagas na Câmara de Codó e não mais só 17 cadeiras.

Teremos já a partir do ano que vem, pela previsão do próprio presidente Leonel Filho,  mais 2 VEREADORES.

Isso deixa a disputa deste ano ainda mais acirrada.

Só  pastor Max, Domingos Reis e Nonato Sampaio votaram contra.

Vereadores aprovam Indicações ao Executivo para as áreas da saúde, educação e infraestrutura

A Câmara Municipal de Codó realizou na ultima terça-feira, dia 10 de março, sua 5ª Sessão Ordinária do ano. Na ocasião, os vereadores aprovaram várias indicações ao Executivo, principalmente nas áreas da saúde, educação e Infraestrutura. “Hoje mais uma sessão produtiva, com indicações feitas pelos vereadores, tanto da base de oposição, quanto situação, que buscam melhorias para a sociedade codoense. O parlamento é plural. Tem suas diversidades e seus entendimentos. E o governo municipal busca com sua base e também a oposição que os benefícios cheguem à população”, explicou vereador Pastor Max.

A demanda popular por exames gratuitos e regulares de endoscopia em Codó foram solicitados nas indicações dos edis, como as dos vereadores Iltamar Muniz, que também solicitou a reforma do posto de saúde da comunidade Sabiazal e Valdeck Frota, que requereu ao Governo do Estado por mais tipos de equipamentos e exames

A reforma do Posto Sabiazal é uma demanda muito grande da população. há tempos ele está inativo e é preciso que façamos ele voltar as atividades, atendendo toda aquela parcela de nossa população que reside no Sabiazal e também do Residencial Santa Rita. também solicitamos pelo mutirão de Endoscopia, uma vez que existe uma necessidade enorme pelo exame, sobretudo para os mais carentes”, comentou o vereador Iltamar Muniz

O período de grandes precipitações pluviométricas também fez com que os parlamentares cobrassem ao Executivo pela restauração das estradas vicinais e reforma de escolas na extensa área rural do município, mesmo no auge do período chuvoso.

Somos eleitos pelo povo ara representá-los. Esse é o nosso papel. A comunidade está nos cobrando o retorno das atividades da escola do povoado livramento. A escola precisa de manutenção adequada. Por isso estamos solicitando ao Executivo essa demanda, não só da escola, mas também da estrada”, justificou o vereador  Junior Oliveira

A manutenção de logradouros públicos nas áreas urbanas e pontes na zona rural também foram cobradas em forma de indicações pelos vereadores. “Como representantes do povo nós temos sim que ser cobrados. E estou sendo cobrado de forma bem veemente por obras de reforma, melhorias e a devida manutenção para toda a estrutura da feirinha do Peixe. Os trabalhadores precisam dessa restauração, para poderem atender de forma salutar e adequada os consumidores. Também pedimos pela reforma da estrada que interliga toda região do Roncador e a construção de suas pontes, no Sucuri e Roncador “, explicou o vereador Milson da Gabriela.

Na avaliação do Presidente Câmara, vereador Leonel Filho, a produtividade da Casa legislativa vem crescendo a cada sessão. “Quero dar os parabéns a todos os colegas vereadores por toda motivação e o empenho em trabalhar pelo povo de Codó. só nas ultimas semanas foram deliberadas tantas matérias nesta casa, entre Indicações, Projetos de lei, proposições. Enfim, o parlamento tem trabalhado muito em prol de nossa população. Estamos procurando dar aos vereadores, ao corpo técnico e administrativo da Câmara, toda estrutura para que eles possam produzir e atender ao povo da melhor maneira possível

Ascom – CMC

Câmara de Codó atropela o IBGE e ignora a Constituição para aumentar número de vereadores

Corre a toque de caixa o aumento do número de vereadores na Câmara Municipal de Codó para 19, dentro de um  parlamento que tem hoje 17 edis, depois de passar um curto tempo tendo apenas 11.

Estes números são determinados pelo artigo 29 da Constituição Federal:

 17 (dezessete) Vereadores, nos Municípios de mais de 80.000 (oitenta mil) habitantes e de até 120.000 (cento e vinte mil) habitantes;

  19 (dezenove) Vereadores, nos Municípios de mais de 120.000 (cento e vinte mil) habitantes e de até 160.000 (cento sessenta mil) habitantes;

Sem dados oficiais que provem que CODÓ já tem acima de 120 mil habitantes, o que autoriza a mudança, a Câmara já está botando a carroça na frente dos bois, digo isso em razão de que só este ano é que o IBGE fará um novo censo demográfico, quando dirá, oficialmente, quantos codoenses existem a partir da nova contagem.

Por enquanto, o número que vale, apesar de, certamente, ultrapassado, é o do censo de 2010 quando ficamos com 118.038 pessoas vivendo dentro do nosso território.

O que o IBGE faz, assim como órgãos de saúde, é uma estimativa de crescimento enquanto não acontece o censo em todo o país que é de 10 em 10 anos.

Nesta estimativa é que temos 122.859 habitantes, mas isso, repito,  não é oficial.

QUAL A UTILIDADE?

Sem base legal ( pois falta novo censo oficial do IBGE), a toque de caixa os vereadores vão apostar no acaso e na inércia de órgãos fiscalizadores como o Ministério Público, isto é, aprova-se este ano e se colar, colou.

Se todo mundo ficar caladinho, passou.

Ano que vem o IBGE já terá divulgado o resultado do censo de 2020 e aí a mudança, mesmo feita agora à margem da Constituição, se consolida.

O ano eleitoral deve estar sendo o principal motivo da pressa, mas, na prática, o aumento do número de vagas traz benefício  ZERO ao município e aos seus cidadãos.

CALADOS E INÚTEIS

Vereadores, na sua maioria absoluta, apesar de se acharem ‘o para-choque da política’, são, praticamente, inúteis, principalmente quando são atrelados ao governo municipal porque perdem até o poder de reclamar, que dirá de fiscalizar.

Quem é da oposição se resume a usar a tribuna para fazer críticas vazias sempre com os mesmos temas (vez por outra alguns se aventuram a fazer representações junto ao Ministério Público, algo raro, que, por sua vez, não tem demonstrado muito interesse em tais denúncias).

Quem é da situação, usa a mesma tribuna para defender o prefeito e rasteja-se à base das indicações que também não dão em nada, só quando o gestor ou um secretário qualquer resolve fazer algo, muitas vezes mais pressionado pela imprensa que por qualquer pedido de um aliado.

Além do mais, custam caro aos cofres do erário.

Se formos multiplicar um salário de R$ 12.000,00 (que é a projeção do novo salário dos parlamentares codoenses para 2021) por 19 vereadores, só de remuneração deles serão R$ 228.000,00 por mês a menos dos cofres da Prefeitura, num parlamento que recebe, para seus gastos, R$ 360.000,00/mês.

E a energia do prédio, a gasolina do carro oficial, os servidores antigos, os comissionados, as licitações, os fornecedores?

Em resumo, me pergunto – Pra quê mais vereadores em Codó?

 

Vereador Pastor Max fala sobre os desafios da agenda parlamentar 2020 e destaca avanços do município

Em entrevista ao Informe ‘Câmara em Ação’, o vereador Pastor Max falou sobre os temas abordados na 4º sessão da câmara. O edil falou sobre os novos desafios da agenda parlamentar e as diretrizes a serem cumpridas.

Teremos que cumprir uma agenda eleitoral intensa, intercalada, aos nossos trabalhos ordinários nesta casa, cumprindo aquilo que é inerente a nossa função de legisladores, discutindo aqui neste parlamento propostas e soluções, através de projetos, indicações e requerimentos que ajudarão no desenvolvimento e crescimento da nossa querida cidade. Passamos por momentos difíceis aqui, mas temos conseguido superar e manter o foco no que realmente interessa a nossa população. Esta Câmara é formada por homens públicos que têm exata consciência sobre seus deveres e responsabilidades com o município

O parlamentar também pontuou sobre importantes trabalhos na Câmara Municipal, como o planejamento para estabelecer as diretrizes orçamentárias e alocar os recursos para execução das políticas públicas, como também importantes projetos votados na casa.

Projetos importantes como do precatório, prouni municipal, os estágios remunerados, a proibição de cortes em finais de semana e feriados, aliás, projeto esse de minha autoria; o programa mais água; codoense empreendedor; a proibição de venda do SAAE e tantos outros projetos importantes. Aqui particularmente criamos através de projeto de Lei a Feira Literária de Codó – FLIC, a Semana de Ciências e Tecnologias de Codó, conseguimos levar benefícios para comunidades que mais precisam, enfim,cumprimos nosso dever”.

Otimismo e crescimento para Codó em 2020

Importantes avanços para a cidade de Codó, por meio do trabalho do Executivo também foram destacados pelo líder do governo na câmara.

Os avanços da nossa cidade também são notórios, e externamos o grande otimismo para esse ano de 2020, com ações importantes que já começam a serem executadas pelo governo. São grandes investimentos e obras na nossa infraestrutura, como a pavimentação de ruas e avenidas, pontes de concreto, novas praças, quadras e áreas de lazer, na construção e reforma de escolas, postos de saúde, obras de ampliação e reforma em prédios públicos. Codó cresce economicamente e está chamando a atenção de grandes indústrias, empresas, grandes redes varejistas, supermercados e instituições de ensino superior, que fará com que Codó entre num período de muita geração de emprego, renda e prosperidade”.

Max lembrou que o governo tem feito história, construindo, reformando e ampliando várias escolas. Cinco das maiores ainda serão entregues para a comunidade ainda nesse semestre, totalmente reestruturadas e com qualidade adequada para atender seus alunos, como Escola Modelo Remy Archer, Colégio Ananias Murad, Escola Municipal Desembargador Sarney Araújo Costa, Escola Municipal Rosângela Maria Moura e Escola Municipal Filomena Catarina Moreira, Além do Liceu Codoense Nagib Buzar, na antiga Fábrica de Tecidos,

Ao fim, o vereador agradeceu todo apoio do governo municipal para a realização do retiro espiritual de mais de oitenta entidades religiosas cristãs e a destinação de uma nova ambulância para Codó pelo deputado Estadual Zito Rolim.

Indicações

Com a Indicação Nº 08/2020, Pastor Max solicitou a recuperação da massa alfáltica da Rua Tiradentes, no bairro São Francisco e da Veneza, Bairro São Pedro. Pela Indicação Nº 09/2020 foi solicitado ao Executivo a construção de canteiro central, com escadaria e pavimentação para Rua Santiago.

Ascom

Câmara Municipal de Codó realiza Sessão Solene em homenagem ao Dia Internacional da Mulher

A Câmara Municipal de Codó promoveu neste domingo, 8 de março, uma Sessão Solene em homenagem ao Dia Internacional da Mulher. A sessão foi presidida pela vereadora Maria Paz, em companhia da primeira-dama do município, Agnes Oliveira, da vereadora Cleane, das esposas de alguns vereadores e mulheres homenageadas, que fizeram parte da mesa de honra. Todas a convidadas foram recebidas com rosas, em homenagem a data especial.

É um dia mais que espacial, em confraternização e um café da manhã de muitas apresentações e emoções, sorteios de presentes e todo o carinho para homenagear as servidoras desta Casa e todas as mulheres de nosso município. Mesmo sendo o nosso dia, todos os dias, nós temos que celebrar esta data especifica que é tão importante e representa tanto para as causas, lutas e conquistas alcançadas pelas mulheres. Obrigado a todos”, disse a vereadora Maria Paz.

Na ocasião, após as orações, foram feitos discursos de alguns parlamentares presentes, servidoras e convidados especiais, com mensagens alusivas ao oito de março e o papel da mulher na sociedade. “Quero parabenizar aos colegas vereadores pela aprovação e a iniciativa de realizar este momento tão especial e agradecer as nossas servidoras desta casa pelo trabalho e carinho com a população. Desejo um oito de março especial a todas as mulheres de Codó, da cidade e do campo, representantes de todos os seguimentos de nossa sociedade”, declarou o vereador Valdeck Frota.

O encontro aconteceu em um clima bastante agradável, de confraternização e de muita emoção, com apresentações musicais e gestos marcantes em homenagem a todas as mulheres. “Está de parabéns a Câmara por promover este momento de muita relevância. Onde o parlamento, seus edis e servidores se confraternizam com a comunidade, prestigiando o Dia Internacional da Mulher e tudo de significado que esta data tem o poder de representar. Deixo aqui maus votos de saúde, paz, mais conquistas de direitos e espaços e muitas felicidades a todas as nossas mulheres de Codó”, desejou o vereador Rodrigo Figueiredo

O prefeito de Codó, Francisco Nagib e a primeira-dama Agnes Oliveira prestigiaram a cerimônia, elogiaram a iniciativa do evento e deixaram suas homenagens as mulheres. “É muito bom podermos passar um dia inteiro nos dedicando juntos, tanto o Executivo, quando o Legislativo, realizando eventos em homenagem e carinho a todas as mulheres. Eu e o prefeito Nagib ficamos lisonjeados e emocionados pelo convite para este evento tão especial. Parabéns ao presidente Leonel Filho, os vereadores, servidores pela belíssima homenagem”, agradeceu a primeira-dama Agnes Oliveira.

Após a solenidade, foi realizado sorteio de presentes e oferecido um belo café da manhã. O presidente da Câmara, vereador Leonel Filho, destacou a importância da data, parabenizou as mulheres agradeceu em especial a todas as servidoras da Casa legislativa pela dedicação ao trabalho e no atendimento a população codoense. “Todos os eventos marcantes de nosso calendário serão lembrados pela Câmara de Codó. Nada mais justo celebrar esta data, homenageando as mulheres, que constroem e fazem desta cidade a maravilha que ela é. Hoje estamos aqui incentivando e somando forças para que as mulheres de nosso município sejam cada vez mais reconhecidas e valorizadas. E o poder Legislativo tem que participar da melhor maneira possível, sempre presente e junto com a população de Codó”.

Ascom – CMC

Projetos de Lei são retirados da Ordem do Dia na 4ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal

Na 4ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Codó, que aconteceu na terça-feira (3), uma mensagem de veto e dois Projetos de Lei do Executivo foram retirados da ordem do dia.

De acordo com o vereador Domingos Reis, mesmo com os Projetos de Lei tramitando em regime de urgência é necessário que sejam apreciados pelas comissões permanentes.

Decidimos pela opção mais acertada. Não podemos deliberar sobre esses projetos sem antes serem analisados e aprovados pelas comissões”.

Temas polêmicos, mas necessários ao interesse da sociedade civil, também foram levados ao plenário, como horários determinados para o funcionamento de bares, clubes, casas noturnas e similares.

É necessário que seja discutido junto às autoridades e a sociedade sobre a melhor maneira de atender aos interesses também dos comerciantes deste seguimento, uma vez que aos fins de semana e no período da noite é que tem um maior volume de vendas”. Ponderou o vereador Milson da Gabriela.

Indicações

Importantes indicações foram apresentadas e aprovadas em beneficio da população, como as do vereador Pastor Max, que solicita por melhorias de logradouros públicos em bairros da cidade.

Estamos passando por um período de fortes chuvas e que danificam muitas vias. Sabemos das demandas pela recuperação de muitos logradouros em diferentes áreas da cidade. e por meio deste diálogo muito produtivo com o Executivo estamos fazendo com que essas melhorias cheguem para a nossa população”.

Melhorias para a zona rural também foram aprovadas, como as da Indicação nº 14/2020, de autoria do vereador Valdeck Frota. “Quero de já agradecer meus pares, por nos ajudar na aprovação desta indicação, que trata da recuperação de uma ponte, importante via de acesso para os moradores da comunidade Pau Ferro e região do Bacabal do Berílio, uma vez que as crianças da localidade tenham que se deslocar até a Sororoca”, justificou.

Ao final da sessão, o presidente da Câmara, Vereador Leonel Filho, falou aos parlamentares e ao público presente sobre as melhorias estruturais a serem realizadas no parlamento e a prestação de contas a sociedade, questão imprescindível em sua gestão. “Reorganizar a estrutura, as contas e todas as outras demandas da Câmara Municipal está sendo um desafio muito grande.

É necessário, mais de que nunca, termos o bom senso e a responsabilidade com os recursos públicos. E que esses recursos sejam usados com competência e respeito ao cidadão. E nessa gestão, continuaremos o trabalho de sanear as contas, corrigir tudo que estava fora de seu lugar, recuperar as estruturas necessárias e restabelecer o bom andamento do trabalho desta Casa e sua função, que bem servir e atender ao povo de Codó”.

Asscom  – CMC

Vereador Pastor Max participa da 3ª rodada de seminários em defesa de um Novo Fundeb

Com o intuito de promover o debate sobre o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), o Fórum Estadual de Educação do Maranhão (FEE-MA), em parceria com a Secretaria de Estado da Educação (Seduc), realizou, na última terça-feira (18), na cidade de Caxias, o Seminário o Novo Fundeb e seus impactos, em defesa da qualidade da educação e valorização de seus profissionais.

A 3ª rodada do Seminário Regional em Defesa de um Novo Fundeb Ampliado e Permanente, que aconteceu no auditório da UEMA, tem por tem o intuito ampliar, qualificar e incentivar o debate na sociedade sobre o novo Fundeb, apontando os desafios para a manutenção desse Fundo ou sua substituição com aprimoramento, ainda que gradativo. Membro efetivo do Conselho Municipal de Educação e do Fórum Permanente de Educação do Município de Codó, o vereador Pastor Max esteve presente e falou sobre a importância do evento.

São seminários importantíssimos, que reúnem diretores, gestores, professores e muitas autoridades estaduais e municipais na área da educação para tratar do presente e do futuro da qualidade da educação no Brasil. E nossa participação é necessária, uma vez que é no legislativo que se faz as discussões sobre a política municipal de educação. Nós, como representantes do parlamento de Codó, temos a missão de participar, ouvir e discutir toda essa temática”, explicou o vereador.

Fundeb poderá acabar?

Em vigor desde 2007, o Fundo de Manutenção da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) é um mecanismo de redistribuição de recursos destinados à educação básica. Por lei, o Fundeb atual tem validade até 31 de dezembro de 2020. Por esta razão, tramitam propostas parlamentares na Câmara e no Senado que pactuam pela permanência do fundo, mas ainda divergem sobre a sua composição orçamentária e o repasse da União, que atualmente é de 10% do valor total dos fundos nos estados e municípios.

O vereador Pastor Max ainda afirmou os seminários por entender que sem o Fundeb os estados e os municípios não têm como seguir o seu planejamento, de ter uma educação de política pública de Estado e não de governo. “Se o fundo acabar, ficam todos os encargos por conta apenas da receita estadual e municipal, o que vai inviabilizar todos os investimentos, inclusive o fornecimento de alimentação escolar, transporte e, sobretudo, pagar e valorizar os profissionais da educação. No Maranhão, os prejuízos serão imensos se o Fundeb deixar de existir. Na região Nordeste, 100% dos municípios dependem do fundo”, alertou o parlamentar.

Ascom

Presidente Leonel Filho fala sobre a nova estrutura e a total transparência da Câmara Municipal

Na terceira sessão ordinária da Câmara Municipal de Codó os vereadores deliberaram sobre várias Indicações em benéfico da população, como as feitas pelo estreante vereador Jadiel Reis, que solicitou por estradas vicinais e pontes na região da Trizidela.

Tivemos a oportunidade de fazer nossas primeiras duas Indicações para construção de pontes e estradas. Como somos e andamos muito pela zona rural, na região da Trizidela sabemos das dificuldades. As comunidades beneficiadas serão primeiramente  Chapadinha, Santana do Machado e Santarém”, explicou.

O vereador Valdeck Frota, apresentou Indicação pedindo pela reforma da escola na localidade sororoca. “A Reforma da Escola se faz necessária porque ali tínhamos três escolas na região. Com a nucleação, as crianças do povoado Bom Jesus irão para a Sororoca para estudar. Então precisamos reformar e ampliar aquela unidade, atendendo os alunos do Mundirí e Boa Esperança também na unidades as Sororóca e Pé de Pano”, justificou o edil.

Na base da oposição, o vereador Nonato Sampaio reivindicou também por reforma de escolas. Pedimos ao prefeito e ao secretário de educação para voltarem lá para acompanhar os problemas na escola do povoado Livramento, pois ela está atendendo alunos de outras unidades que foram desativadas. A comunidade está esperando uma resposta e ações do poder público”.

 Já o vereador Rodrigo Figueiredo se antecipou a pauta e falou sobre o projeto de isenção de cobrança de iluminação pública para edificações de prédios ligados a administração municipal. “Nos foi enviado projeto pelo Executivo para que seja liberado ao SAAE e demos prédios de órgãos públicos municipais a cobrança da taxa de iluminação pública. Ora se todos os cidadãos, até os mais humildes pegam essa taxa, porque iremos aprovar um projeto que isenta órgãos públicos”, questionou o parlamentar.

O presidente da Câmara, vereador Leonel Filho falou sobre as duas diretrizes básicas de sua gestão: estruturas para os parlamentares e transparência administrativa para o povo de Codó “Desde que assumimos a presidência desta casa estamos fazendo tudo para operar com o máximo de transparência e seriedade, recuperando todos os setores que estavam em dificuldades e, principalmente dando aos vereadores condições de trabalho e desempenharem todas as suas funções, tanto na câmara, quanto na cidade e zona rural. O poder Legislativo tem que dar a estrutura e todas as condições para que os vereadores tenham o máximo de aproveitamento em suas funções e dar ao povo toda a transparência em todas as atividades do parlamento”, destacou o presidente.

Ascom – CMC

Jadiel Reis assume vaga de Expedito Carneiro e promete fazer projetos para ajudar Codó

Jadiel Reis assumiu na noite de ontem, 11, a vaga que era de Expedito Carneiro, o primeiro vereador de Codó a ter o mandado cassado por seus próprios pares.

A sessão foi especial para ele que vem da grande região da Trizidela.Todos os vereadores deixaram de falar apenas para que o novo membro pudesse usar a Tribuna da Casa Legislativa. Ele foi curto em seu tão esperado discurso, disse que se baseará em dois vereadores que têm atuação na região rural onde vive.

Afirmou que, a partir desta quarta-feira, 12, estará à disposição de todos para elaborar projetos para o município.

“Quero agradecer todos os vereadores de não falarem hoje e deixar a Tribuna pra mim e dizer que eu tô aqui pra ajudar, ajudar não só os vereadores, mas nós ajudarmos fazer projetos pro nosso município de Codó. Muito obrigado, minha família que está aqui, agradeço a presença, meus amigos da cidade, estou aqui à disposição de amanhã em diante para ter um trabalho aqui nessa Casa”

Vereador delegado Rômulo chama de desinformado que anda dizendo que ele nunca fez um projeto sobre segurança

O vereador delegado Rômulo Vasconcelos usou o microfone da Câmara para parabenizar e dar boas-vindas a Jadiel Reis, mas também falou sobre segurança pública.

Criticou a quem chamou de desinformados. Referiu_se a quem diz, usando meios de comunicação,  que ele, como delegado vereador, nunca fez um projeto de segurança pública para o município de Codó.

Sobre isso deu, ontem 11, a seguinte resposta:

“Gostaria de dizer que Segurança Pública é condição sine qua non (quer dizer indispensável, essencial) do Estado. Quem pode fazer projeto de Segurança Pública é o Estado e entes federados, principalmente o ente federado. A gente não pode fazer um projeto de segurança pública porque é inconstitucional. A gente pode mexer com a guarda municipal, com os agentes de trânsito (…) o que a gente faz é pedir, a gente pede pras autoridades constituídas do governo do Estado do Maranhão que veja a questão da segurança pública na nossa cidade”

“Jadiel é um homem de diálogo, quem tá ganhando é o povo”, diz Valdeck Frota

O radialista César Santos entrevistou o vereador Valdeck Frota, ao final da sessão de ontem, 11, na Câmara, a segunda do ano legislativo.

O assunto, claro, girou em torno da chegada de Jadiel Reis que assume vaga na Câmara pela segunda vez, já que já exerceu a vereança anos atrás. Disse que o representante da Trizidela é homem ordeiro, homem de diálogo e espera que ele exerça bem seu mandato pelos próximos 11 meses.

“Graças a Deus uma pessoa que eu conheço, trabalhei 4 anos aqui com ele, Jadiel é uma pessoa muito boa, uma homem manso, um cara ordeiro, homem de diálogo e, como eu disse aqui na Tribuna na minha fala, quem tá ganhando com isso não é o parlamento em si, quem tá ganhando é o povo”