Delegacia de Timbiras envia 11 motocicletas apreendidas para CIRETRAN de Codó

A repressão contra infrações de trânsito em Timbiras acontece com certa frequência e, de vez em quando, a Circunscrição Regional de Trânsito, sediada em Codó,  precisa fazer o recolhimento das motocicletas apreendidas para encaminha-las a leilão e, com isso,  aumentar o espaço no pátio da delegacia.

Na manhã desta sexta-feira, por exemplo, 11 motocicletas foram retiradas do local num caminhão e trazidas para Codó.

 “Motos são apreendidas, são recolhidas na cidade tanto pela Polícia Civil como pela Polícia Militar em operações, motos que os condutores não apresentam documentos, que não tem registro de furto ou de roubo, são apreensões administrativas feitas tanto pela polícia Militar quanto pela Polícia Civil, essas motos elas serão encaminhadas para a Ciretran em Codó”, disse Dr. Gilvan Lucas de Sousa, titular da delegacia de Timbiras

As que são apreendidas quando da realização de crimes como assaltos ou que são compradas ilegalmente não vai para o órgão regional de trânsito, esperam o trâmite judicial.

 “Existem motos que tem origem de roubo,  furtos, que essas motos nós  realizamos o trabalho de identificarmos os legítimos proprietários pra fazer a devolução, além de motos que estão com o chassi adulterado, raspado que essas motos também tem outra destinação”, explicou o delegado

Motos delegacia de Timbiras

Timbiras, conforme o delegado,  continua sendo uma cidade onde muitas motos roubadas noutros Estados como São Paulo e Piauí são compradas, embora a polícia tenha notado uma ligeira queda neste tipo de ocorrência.

Deixe uma resposta