Por Carlos Gomes – ( IV ) FATOS E PERSONAGENS QUE ENALTECEM A HISTÓRIA DE CODÓ

Porofessor e escritor Carlos Gomes

Leiam algo mais sobre o título acima

  • FARMÁCIAS EM CODÓ. Conforme registros, o pioneiro do ramo farmacêutico nesta cidade de Codó, foi o Sr Henrique da Costa Nascimento, com a instalação da Farmácia e Drogaria Nascimento & Companhia, fundada em 1907. Com o seu falecimento, este legado de pioneirismo continuou com o seu filho Sálvio Jacinto dos Santos Nascimento, cuja Farmácia sempre foi localizada na Rua Getúlio Vargas, conforme se observa no Almanaque da Parnaíba, edição de 1960, isto porque o titular da Farmácia, foi anunciante deste importante Almanaque. Outras Farmácias sugiram, não se tem dúvidas: Farmácia do Sr. Nazeu, do Sr. Piosky e outras.
  • O XX CONGRESSO DA UMES EM CODÓ. Em outubro de 1972, dias 14 e 15, a UMES( União Maranhense dos Estudantes Secundários) realizou este importante encontro dos estudantes na cidade de Codó. O prefeito Moisés Reis procurou os Colégios da cidade, no sentido de organizar a realização deste simpósio, quanto a hospedagem dos estudantes, além de outras providências a respeito. A professora Maria da Guia, secretária do Colégio Codoense na época, com o professor Carlos Gomes, tudo fizeram para o pleno sucesso deste encontro. O professor Carlos Gomes com a incumbência de dar publicidade, como também, de preparar a solenidade de abertura do Congresso. Com essa atribuição, solicitou ao Ministro da Educação, Coronel Jarbas Passarinho, que não foi possível o seu comparecimento, mas determinou ao Sileno Ribeiro Paiva, seu representante em Recife, para representá-lo. Marcaram presença, o Presidente da UMES, estudante Francisco Dutra, José Alves Costa,  presidente do Grêmio Cultural “23 de setembro” da antiga Escola Técnica Federal do Maranhão e cerca de 400 estudantes. O professor Carlos Gomes após abrir a solenidade, passou a palavra ao prefeito José Moisés Reis para prosseguir a abertura do importante evento.
  • O PRIMEIRO ADMINISTRADOR DE CODÓ. Francisco Sérgio Bayma foi o primeiro governante em Codó, assumindo a direção do Município, no dia 16 de abril de 1896, conforme Lei N° 133 da mesma data, sancionada pelo Governador Alfredo da Cunha Martins. De Francisco Sérgio Bayma até Francisco Nagib Buzar de Oliveira, são 45 Prefeitos administrando Codó, este solo abençoado que a todos abraça, vindo a passeio, trabalhar, ou morar. É oportuno informar que até o ano de 1919 estes governantes municipais eram denominados de Intendentes e Subintendentes, só a partir daí passaram a denominar-se Prefeitos e Vice-Prefeitos. Informa-se ainda que são bisnetos do primeiro Intendente: Dr. Luis Carlos Bayma Saads, médico, José Mariano Saads Filho, Tabelião Público,  Dona Regina Saads Araújo, viúva de ex-prefeito Antônio Elias de Araújo (Bitar) – falecido, Maria Elys Bayma Saads, Carlos Alberto Bayma Saads, Maria Rita Bayma Saads e Maria Filomena Bayma Saads Costa.
  • PADRES CODOENSES. O primeiro Padre, Horácio Pompilio Martins, assumiu a Paróquia de Codó, em 02 de fevereiro de 1885. Certamente, festejou o cinquentenário da Paróquia, uma vez que ela foi criada em 1835. Em 1892, quando já ocorrido a Proclamação da República, assumiu  a Paróquia Codoense, o Sacerdote José  Ewerton Tavares e celebrou a missa, quando o seu território-pátrio foi elevado à categoria de cidade, no dia 16 de abril de 1896. O terceiro Sacerdote Codoense, Padre Newton de Carvalho Neves, cuja ordenação ocorreu no dia 30 de novembro de 1918. A 1° de novembro de 1919, foi ordenado pelo Sr. Bispo Dom Helvécio Gomes de Oliveira o 4° Padre  Raimundo Raul Ramos, filho da terra codoense. A cidade de Codó, muitos de seus filhos seguiram a vocação sacerdotal. Em 1947, o 7° Padre Codoense, José de Ribamar Carvalho, ordenado pelas mãos de Dom Adalberto Sobral. Padre José de Ribamar Carvalho, grande orador sacro  e de uma inteligência privilegiada. Entre os cargos assumidos no Estado, destaca-se Reitor da Universidade Federal do Maranhão.
  • SERVIÇO AUTONOMO DE ÁGUA E ESGOTO (SAAE). Este importante órgão municipal criado na gestão do Prefeito Moisés Reis, através da Lei 269, de 25 março de 1965. Diz o art. 1° da referida Lei “Fica criada como entidade Autárquica Municipal, o Serviço Autônomo de Água e Esgoto da cidade de Codó (SAAE) com personalidade jurídica própria, sede e fôro na cidade de Codó, dispondo de autonomia econômica, financeira e administrativa dentro dos limites contido na presente Lei”. (Fonte Arquivo da Municipalidade).
  • MUNICÍPIO DE CAPINZAL DO NORTE. Antes de sua emancipação política era denominada “Capinzal”, inclusive pertencia ao Município de Codó. Um povoado bem desenvolvido, com características de uma futura cidade. Em 1952, o Sr. Jacinto Pereira de Sousa, cidadão influente nos meios políticos locais, foi morar nesse distrito, nomeado Inspetor de Quarteirão, posteriormente, Agente Arrecadador de Tributos. Na gestão do Prefeito José Inácio (1989-1992) foram proporcionados vários benefícios ao povoado e a população, inclusive construiu uma Unidade Escolar, na Localidade Santa Rosa, aumentando assim,  o número de escolas no Distrito. Foi designado administrador o Sr. Antonio Carlos Pereira Galeno. O povoado foi elevado á categoria de Cidade, ocorreu no ano de 1994, através da Lei N°6161, de 10 novembro, sancionada pelo Governador José de Ribamar Fiquene, sendo o novo Município desmembrado dos municípios de Codó, Santo Antonio dos Lopes e Lima Campos.
  • CODOENSE ELEITA MISS MARANHÃO. A 4 de junho de 1975, foi eleita Miss Maranhão Themis Quintanilha Gerude, vencedora do certame, em que também, as finalistas Ana Rita Mendes Vieira e Eliane Castelo Branco, conquistaram 2° e 3° lugares respectivamente. Themis Gerude, codoense, representou o Maranhão naquele ano a beleza da mulher codoense. É filha do empresário Ramze de Aguiar Gerude e Hévila Gerude (falecidos). Ela continua bela, como sempre. Foi casada com Dr. Antônio Joaquim Araújo Filho, com quem teve os filhos: Andreh, Antônio Joaquim, Haisa, Márcio e Rachel. Além dos seus atributos de beleza, é mãe exemplar, também grande política, de quando em quando, convidada para os embates da política local.

Tem mais…. Aguardem!!!

 Codó-MA, outubro de 2018

Professor Carlos Gomes

Deixe uma resposta