Alexandre Salem homenageia a história de Zito Rolim

Foto de Nilton Messias

Os homens fazem sua história; Deus concedeu essa permissão. Bilhões de homens já passaram pela superfície da terra. A maioria superficialmente. Limitados pelas suas condições pessoais e sociais, muitos não deixaram traço de sua existência. Viveram, morreram e foram esquecidos. Outros, porém, cientistas, filósofos, religiosos, artistas e políticos, fizeram de sua vida uma contribuição ao desenvolvimento da humanidade.

Agiram, modificaram, inovaram, e, assim procedendo, fizeram história. Zito Rolim é um desses homens especiais. Fez história. Mesmo egresso de camadas menos favorecidas da sociedade, mesmo tendo vivido parte de sua juventude em solo sáfaro no sertão nordestino, Zito abandonou a dimensão menor do individuo para ganhar um lugar de destaque no conceito mais amplo de Humanidade. Zito cuidou do povo.

Um prefeito premiado por seu desempenho frente ao erário

Em oito anos da Administração Zito, nossa Codó respirou esperança na Estrada do IFMA; sentiu o frescor da sombra da liberdade em 3 mil casas distribuídas pelos bairros Trizidela, São Sebastião, e São Pedro; se sentiu confortável no projeto Codó Trafegável, com o asfaltamento de dezenas de quilômetros de ruas e avenidas; se sentiu protegida com as Unidades Básicas de Saúde nos bairros São Francisco, Trizidela, Jerusalém, Codó Novo, e São Sebastião; se sentiu prestigiada com a instalação de uma UPA no bairro Codó Novo; prevenida com as Ambulâncias do km 17, Cajazeiras e Boa Vista do Procópio; Codó aplaudiu a efetivação dos agentes de endemias, anseio antigo que nenhum prefeito anterior teve interesse em fazê-lo.

Codó se viu ampliada com a belíssima ponte de concreto armado sobre o rio Codozinho; se equipou com os Centros de Artes e Esportes nos bairros Vereda e São Francisco; vibrou com os Ginásios Poliesportivos dos bairros Novo Milênio e São Sebastião, com as Quadras Esportivas no Codó Novo, Vereda, e São Raimundo.

Um prefeito amigo

Existem ainda obras importantes a enumerar, como várias Creches; a do Codó Novo é um modelo. Mas a mais importante de todas as obras é aquela que diz respeito ao cuidado direto de Zito com seu povo. O carinho, a atenção, a sinceridade, a predisposição para ajudar o próximo, são características que marcam a maneira Zito de ser. Codó jamais esquecerá do carinho com que foi administrada. Erros ocorreram, como em qualquer administração.

Só que na administração de Zito eventuais erros serviram para muitos acertos. Coroa a eficaz administração o parecer emitido pelo egrégio Tribunal de Contas do Estado do Maranhão, no qual qualifica o prefeito Zito Rolim como um Gestor Transparente. Parabéns, prefeito.

Alexandre Salem, ex-deputado e escritor.

5 comentários sobre “Alexandre Salem homenageia a história de Zito Rolim”

  1. Esse prefeito não merece homenagem nenhuma.

    Um prefeito com várias obras inacabadas, um prefeito que durante oito anos não colocou uma semáforo na cidade,, um prefeito que não sinaliza as ruas e avenidas do município, um prefeito que começou e deixou inacabada as obras de reforma do principal hospital de nossa cidade, um prefeito que sai deixando um monte de ruas esburacadas e intransitáveis.

    Como alguém pode querer homenagear um prefeito desses? só se fizer parte de sua panelinha.

  2. O PREFEITO QUE DISTRIBUI DINHEIRO PUBLICA PARA MUITO GENTE QUE NUNCA PISOU O PE NA PREFEITURA; PARA PESSOAS COMO CIDADAO E OUTROS QUE VIVEM PELAS RUAS BAIRROS E ESQUINAS SO PARA FALAR BEM DO PREFEITO VERDADEIROS PAPAGAIOS DE PIRATA;E LAMENTAVEL. EM QUANTOS PROFESSORES CONTRATADOS SE DESLOCAM PARA ZONA RURAL PARA RECEBER MENOS DE UM SALARIO MINIMO CIDADAOS COMO ESSES RECEBEM 2; 3; 4 MIL REAIS; E MUITO TRISTE. AINDA BEM QUE ACABOU!!!

Deixe um comentário