ALUGA-SE: Edifício comercial com preço facilitado em Codó

Aluga-se um edifício localizado na Av. Duque de Caxias, bairro São Sebastião. Ideal para empreendimentos como o seu, que precisa de espaço e requinte, de grande visibilidade e de uma localização privilegiada dentro de Codó.

Você pode alugar 2 dos 3 espaços (existe o térreo, mais dois andares super espaçosos) ou  o prédio inteiro por um preço baratinho. Aproveite a oportunidade e faça um ótimo negócio. Ligue agora mesmo para 99 3661-0007 ou para 9-8164-3070 (Tim).

Aluga-se, ligue agora mesmo 9 8164-3070
Aluga-se, ligue agora mesmo 9 8164-3070

10 comentários sobre “ALUGA-SE: Edifício comercial com preço facilitado em Codó”

  1. fique despreocupado… ja foi ordenado 900 MIL PARA REFORMA E AMPLIAÇÃO DO CETECMA…. A FAMÍLIA REIS QUER DOAR UM TERRENO.. MAIS O MESMO SE ENCONTRA NO 17 OU SEJA LONGE… ENTÃO SERIA MUITO BOM SE TODOS OS VEREADORES E O PREFEITO CORRESSE ATRÁS PARA IR ATRÁS DE UM TERRENO E DOAR PARA NOSSA CONSTRUÇÃO DA UEMA E TRAZER OS CURSOS COMPATÍVEIS COM A REALIDADE!! JORNALISMO.. CIÊNCIAS CONTÁBEIS, SERVIÇO SOCIAL.. ENFERMAGEM… PEDAGOGIA… GEOGRAFIA BACHAREL E LICENCIATURA.. HISTÓRIA BACHAREL… FÍSICA LICENCIATURA E ETC… EM FIM CURSOS QUE BATEM COM A REALIDADE E COLOCARIA OS FILHOS DA TERRA NA NOSSO CODÓ E PROCLAMANDO O CONHECIMENTO PARA A COMUNIDADE E DANDO UM BASTA NA ALIENAÇÃO!!

  2. Vc acha o KM 17 longe? Não entendo, todos os dias saem muitas pessoas de codo para estudar em caxias.
    É so esses governantes daqui disponibilizarem onibus escolares para os estudantes. Povo poe logo uma desculpa para tudo, por isso esse codo veio nao vai para frente.

  3. sonhar que Cesar Pires realiza!

    de um certo ponto não é longe… mais é aquela coisa Fernando! SE OS VEREADORES TIVESSE REALMENTE UM INTERESSE EM PROL DA NOSSA CODÓ A MESMA JÁ TERIA UM SISTEMA DE ÔNIBUS COLETIVOS!

    NÃO ADIANTA A PREFEITURA ALUGAR ÔNIBUS POIS SE A MESMA ATRASAR NOS PAGAMENTOS OS DONOS TIRARÃO!

  4. Merenda ostentação – A Prefeitura de Codó firmou cinco contratos para compra de gêneros alimentícios destinados a programas sociais e merenda escolar com empresas diferentes. Chama a atenção o valor total dos contratos, uma bolada que chega aos R$ 10.799.707,00 (dez milhões, setecentos e noventa e nove mil, setecentos e sete reais). Todos os documentos foram assinados no dia 23 de janeiro de 2015 e têm validade até o dia 31 de dezembro de 2015.

    Merenda ostentação em miúdos – Dois contratos são destinados a programas sociais. Um com a empresa M. A. Monteiro de Sousa Comércio, no valor de R$ 2.266.550,00 (dois milhões, duzentos e sessenta e seis mil, quinhentos e cinquenta reais) e outro com a empresa Ângela Célia Abreu Gonçalves – ME, ao custo de R$ 2.138.917,00 (dois milhões, cento e trinta e oito mil, novecentos e dezessete reais).

    Merenda ostentação em miúdos II – Já para o fornecimento de merenda escolar aos alunos da rede municipal de ensino de Codó foram assinados três contratos. Com a Distribuidora Seneca Ltda. o valor é de R$ 5.278.740,00 (cinco milhões, duzentos e setenta e oito mil, setecentos e quarenta reais); com a J.do E. Santo Matos Comércio, o total é de R$ 675.500,00 (seiscentos e setenta e cinco mil, quinhentos reais) e com a T L de Carvalho Xavier Eireli – ME o valor é de R$ 440.000,00 (quatrocentos e quarenta mil reais). É lanche da melhor qualidade. Vamos ficar de olho no que vai à mesa nessas escolas e aí é só fazer a conta!!!

    Tanque cheio em Vargem Grande – A Prefeitura de Vargem Grande assinou nada menos do que quatro contratos com a mesma empresa, o Auto Posto Dragão Ltda. para fornecimento de combustíveis. E o valor da brincadeira é R$ 1.740.526,00 (um milhão, setecentos e quarenta mil, quinhentos e vinte e seis reais). Os documentos foram assinados no dia 16 de março de 2015 e têm vigência de 11 meses. É tanque cheio a vida todinha em Vargem Grande!

  5. Governador Flávio Dino condena demagogia de Roseana no treinamento de policiais
    Publicado em 06/06/2015 às 13:15 por Raimundo Garrone

    do Maranhão da Gente

    O governador Flávio Dino (PCdoB) declarou nesta sexta-feira (5) que a gestão estadual não vai cometer a irresponsabilidade ocorrida no governo Roseana Sarney (PMDB) onde o treinamento dos policiais militares teve o tempo reduzido para que eles pudessem ser apresentados nas campanhas publicitárias da gestão passada.

    “Não vamos cometer irresponsabilidade do passado: diminuir treinamento de policiais para fazer demagogia. Nosso governo é sério”, afirmou o governador pelo microblog twitter.

    Flávio Dino lembrou que para aumentar o efetivo garantindo o cumprimento de todo o processo necessário a convocação dos excedentes do último concurso foi iniciada ainda em janeiro e resultou na aprovação de 400 candidatos no teste de aptidão física (TAF). Os aprovados já ingressaram na Academia de Polícia e o treinamento vai durar mais de cinco meses.

    Mais 2.500 candidatos do último concurso da Polícia Militar já foram convocados para o TAF e só serão encaminhados para trabalhar no sistema de segurança pública depois de aprovados no TAF e concluído adequadamente o treinamento na Academia de Polícia.
    sem comentários
    Categoria(s): Polícias | Com a(s) tag(s): Área da Segurança
    Flávio Dino assina projeto de lei que permite ao professor duplicar carga horária
    Publicado em 06/06/2015 às 08:47 por Raimundo Garrone

    Governador Flávio Dino assina projeto de lei ao lado da secretária de Educação, Áurea Prazeres

    Governador Flávio Dino assina projeto de lei ao lado da secretária de Educação, Áurea Prazeres

    O governador do Maranhão assinou na tarde desta sexta (5) o projeto de lei que duplica a carga horária dos professores que quiserem prestar serviços ao Sistema de Ensino do Estado, passando também a receber o dobro do salário atual. A proposta será avaliada pela Assembleia Legislativa e tem como objetivo diminuir o déficit de professores em sala de aula.

    Hoje, existem aproximadamente 30 mil professores vinculados à Secretaria de Educação do Estado, trabalhando em regime de 20h ou 40h semanais. Para aqueles que possuem contrato de 20h será dada a faculdade de estender seus serviços para 40h, recebendo o salário proporcional ao aumento de horas trabalhadas.

    A professora Áurea Prazeres, atual gestora da Seduc, destaca que essa é mais uma ação de avanço da Educação Pública no Maranhão promovida pela atual gestão. Ela explica que o aumento da presença de um mesmo professor no sistema público de Educação segue a linha da implantação do Sistema de Ensino em Tempo Integral.

    Isto porque trabalhando por dois expedientes no sistema de Educação do Estado, o professor poderá acompanhar de perto o desempenho dos alunos numa mesma escola ou região, por exemplo. A partir da duplicação da carga horária facultativa a todos os professores da rede, diminui-se também a defasagem no número de professores nas salas de aula estaduais.

    Outra inovação proposta pelo projeto de lei é a possibilidade de que um mesmo professor que possua duas matrículas na Seduc possa unificá-las, deixando de ser contratado por dois regimes diferentes, compondo um total de 40h semanais.

    Essa é mais uma ação do Governo do Estado em favor da Educação Pública de qualidade em todo o Estado, em especial à valorização dos educadores que são responsáveis por lecionar nos 217 municípios. Em janeiro, o governador Flávio Dino concedeu aumento de 13% a todos os professores da rede, bem como garantiu a progressão de carreira a mais de 11 mil professores. Na mesma data, contratou novos 1.000 professores que já atuam nas salas de aula por todo o Maranhão.

    Assinado o projeto de lei proposto pelo Governo do Estado, o documento é encaminhado para a apreciação da Assembleia Legislativa para que possa receber eventuais contribuições, ser sancionado e a partir daí passar a valer.
    5 comentários
    Categoria(s): Política | Com a(s) tag(s):
    Milionário indiano doa fortuna para virar monge
    Publicado em 05/06/2015 às 18:42 por Raimundo Garrone
    O empresário indiano passou muitas décadas considerando entregar-se à religião/Foto: Sam Panthaky/ AFP

    O empresário indiano passou muitas décadas considerando entregar-se à religião/Foto: Sam Panthaky/ AFP

    BBC

    Um dos homens mais ricos da Índia renunciou a sua fortuna para seguir uma vida espiritual de total austeridade.

    Bhanwarlal Doshi, que criou um império do plástico avaliado em US$ 600 milhões (R$ 1,8 bilhão) pela revista Forbes, tornou-se monge do jainismo, uma das religiões mais rigorosas e tradicionais da Ásia.

    O jainismo não só exige a renúncia a bens materiais, como também professa uma vida de profundo respeito à vida, em que se evita violência até contra insetos ou mesmo micróbios.

    Doshi, que era casado e só usava roupas de marcas de luxo, agora será celibatário, usará somente uma túnica e caminhará descalço. As intensas atividades sociais darão lugar à meditação e quase toda a sua fortuna será doada para obras da religião.

    De milionário a monge

    A busca de um caminho espiritual é algo comum na Índia, mas a mudança radical na vida de Doshi para alcançar seu moksha – ou salvação – não tem precedentes, segundo Amresh Dwivedi, do serviço hindu da BBC.

    Tampouco foi uma decisão tomada repentinamente, por causa de alguma crise mental ou moral que o empresário teria sofrido. Bhanwarlal Doshi, na verdade, passou décadas pensando em abandonar sua riqueza e entregar-se à espiritualidade.

    Ele discutiu seus planos com sua família que, no início, rejeitou a ideia. Doshi queria receber a diksha, cerimônia de consagração, há três anos, mas seus familiares não permitiram.

    Ele levou todo esse tempo para convencê-los, mas, no fim, foi iniciado como monge em uma cerimônia em três dias na cidade de Ahmedabad, no oeste da Índia.

    “Estamos orgulhosos dele. A honra e o respeito que ele recebeu quando anunciou sua decisão é algo que precisamos ver para crer”, disse seu filho, Rohit, ao jornal indiano Ahmedabad Mirror.

    Regime rigoroso

    De certo modo, Doshi imitou um dos precursores do jainismo, Majavira, um rei que viveu entre os séculos 6 e 5 a.C.

    Segundo Amresh Dwivedi, do serviço hindu da BBC, Majavira era um monarca que abandonou seu reinado, atormentado pela miséria que o rodeava para dedicar-se a fazer o bem à humanidade.

    Dwivedi explica que duas grandes religiões surgiram na Índia mais ou menos na mesma época: o jainismo e o budismo.

    O último se estendeu até o leste, com grande aceitação na China, no Tibete, no Japão e em outros países.

    Mas o jainismo, por causa de seu regime mais rigoroso, não encontrou o mesmo apoio e está concentrado em uma pequena área na parte ocidental da Índia. Seu número de praticantes foi diminuindo até quase a extinção, de acordo com o jornalista da BBC.

    Após a iniciação como monge, Doshi enfrentará uma vida de celibato e completa austeridade, sem nenhuma das comodidades nem elementos que consideramos indispensáveis na vida moderna, como telefone, relógio, acessórios ou roupas elaboradas.

    Ele se levantará todas as manhãs às quatro da manhã para praticar o ritual da alochana, a autocrítica, que consiste em refletir sobre as atividades do dia anterior e os momentos em que ele pode ter ferido algum animal.

    Extremos

    A consideração por todos os seres vivos é o motivo pelo qual os seguidores do jainismo não usam sapatos – para não pisar por engano em algum pequeno invertebrado no caminho.

    Alguns adeptos extremos da religião também cobrem a boca para evitar que moscas entrem nela e até para não inalar micróbios no ar.

    Naturalmente, os jainistas são vegetarianos, mas eles não podem dedicar-se à agricultura por receio de matar os animais que vivem na terra.

    A única profissão exercida por eles é o comércio, porque consideram que, assim, não prejudicam nada e ninguém, segundo Amresh Dwivedi.

    O ex-milionário Bhanwarlal Doshi é justamente um comerciante, mas de grande porte. Ele é dono da DR International, uma das maiores produtoras de plástico da Índia
    sem comentários
    Categoria(s): Política | Com a(s) tag(s):
    Senado aumenta aposentadoria de Roseana Sarney
    Publicado em 05/06/2015 às 13:40 por Raimundo Garrone

    A ex-governadora do Maranhão ingressou nos quadros da Casa sem prestar concurso nos anos 1980
    A ex-governadora do Maranhão Roseana Sarney feliz da vida (Foto: Sérgio Lima/Folhapress)

    A ex-governadora do Maranhão Roseana Sarney feliz da vida (Foto: Sérgio Lima/Folhapress)

    MURILO RAMOS (coluna expresso/revista Época)

    Mal chegou de uma longa temporada na Flórida e a ex-governadora do Maranhão Roseana Sarney já recebeu uma boa notícia: ganhará aumento em sua aposentadoria de servidora do Senado, onde ingressou sem prestar concurso nos anos 1980.

    Sua renda de R$ 24 mil será elevada, mas o Senado não quer dizer para quanto. Foi incorporado um bônus pelo período em que trabalhou com o pai no Planalto entre 1985 e 1989.
    5 comentários
    Categoria(s): Política | Com a(s) tag(s):
    Sinais da mudança: Governo inicia programa de abastecimento de água em SL
    Publicado em 04/06/2015 às 19:23 por Raimundo Garrone
    Inauguração de poço no Bairro de Fátima dá inicio ao projeto do governo Flávio Dino em solucionar o problema de abastecimento de água em São Luís

    Inauguração de poço no Bairro de Fátima dá inicio ao projeto do governo Flávio Dino em solucionar o problema de abastecimento de água em São Luís

    Muita gente se pergunta o que há de novo no governo Flávio Dino e na expectativa das transformações prometidas em campanha se deixam levar pelo imediatismo, sem que percebam que o Maranhão realmente começou a mudar.

    Um bom exemplo é a inauguração de um poço artesiano nesta quinta-feira no Bairro de Fátima, que vai reforçar junto com cinco outros que ainda serão inaugurados o abastecimento de água no centro da cidade.

    É o início de uma solução concreta para o problema de falta de água na região central da capital, ao contrário das promessas que foram pelo ralo do secretário de saúde, Ricardo Murad, que em 2012 disse que renunciaria ao cargo em abril de 2014 se não resolvesse o problema de falta de água em São Luís.

    O tempo passou e nem água e nem renúncia aconteceram, e quem nisso acreditou entrou pelo cano, enquanto Murad abria a torneira para contratar sem licitação 50 carros pipa pela bagatela de R$ 4,4 milhões.

    Os carros pipa abasteceram não somente a cidade como também o bolso de pouca gente!

    Em artigo publicado no último domingo no Jornal Pequeno, o governador anunciou que em dois anos vai investir mais de R$ 500 milhões, no maior plano de acesso à água desde a construção do Sistema Italuís, na década de 80.

    Desses, R$ 100 milhões serão investidos no reforço de vazão do Italuís para por fim de maneira definitiva com o rodízio de água em São Luís.

    O diretor presidente da Caema, Davi Teles, avisou que a Companhia já concluiu a perfuração de mais um poço na Praça Catulo da Paixão Cearense, no bairro Vila Passos, com 120 metros de profundidade e previsão de 20 metros cúbicos de água por hora, que será inaugurado nos próximos dias.

    Os outros quatro poços que irão reforçar o abastecimento de água em outras áreas da região central já estão sendo perfurados no Parque do Bom Menino; na área da Igreja da Conceição, no Monte Castelo; na Praça da Misericórdia, no Centro; e no Outeiro da Cruz, na área do reservatório da Caema.

    Se o governo Roseana só existia quando você ligava a TV, o de Flávio é quando você a desliga e observa a realidade sem as lentes distorcidas do sistema de comunicação da família Sarney.
    13 comentários
    Categoria(s): Política | Com a(s) tag(s):
    Flávio Dino garante que crimes vão diminuir ainda mais
    Publicado em 04/06/2015 às 15:01 por Raimundo Garrone

    do Maranhão da Gente

    O governador Flávio Dino, em sua conta pessoal no twitter, acalmou a população sobre a questão da segurança pública e confirmou os recentes resultados apresentados pela Secretaria.
    “Desde o dia 1 de janeiro estamos tomando todas as providências para combater ciclo de violência que vem crescendo todos os anos no Maranhão”, disse.

    Flávio também falou sobre ações que já vem sendo tomadas para garantir que o número de crimes continue sendo descendente. “Aumentamos número de policiais com redução de pessoal em serviços administrativos. Compramos novo serviço de radiocomunicação e armas. Chamamos concursados na Polícia Militar e na Polícia Civil. E aumentamos a remuneração de todos os policiais”, afirmou. Ele também garantiu que, após o término do concurso e treinamento dos aprovados na Academia, a cidade contará com mais policiais nas ruas. “Essa é a lei, que será respeitada”, continuou.

    O governador também esclareceu sobre o apoio recebido da Força Nacional. “Desde fevereiro, solicitamos presença da Força Nacional em São Luís, p/ investigação de homicídios, o que foi atendido pelo Governo Federal. A Força Nacional está atuando há meses no Maranhão, desta feita com foco no que há de mais urgente: investigação de homicídios”, esclareceu.
    Sobre a redução de crimes, Flávio afirmou que É preciso distinguir o problema real, grave, do que é mera luta política, movida pelo poder de ontem, incomodado com a perda de lucros.

    Flávio Dino também comentou sobre o caos em que recebeu o governo, especialmente a área da segurança pública, com os crimes descontrolados e quadrilhas que mandavam nas ruas e na penitenciária. Basta comparar. E ver que a curva de homicídios que era ascendente agora é declinante. E vai continuar assim”, garantiu. Flávio fez questão de acalmar a população contra os excessos que surgem a todo tempo na mídia. “Há uma campanha suja contra os policiais e o sistema de segurança. Mas transmito a certeza de que crimes vão diminuir ainda mais”, tranquilizou.
    sem comentários
    Categoria(s): Polícia | Com a(s) tag(s): Segurança Pública
    Codó coloca a “máquina” para andar e contrata R$ 7 milhões em combustível
    Publicado em 04/06/2015 às 12:50 por Raimundo Garrone
    O prefeito de Codó Zito Rolim: “máquina” com o tanque cheio rumo ao futuro

    O prefeito de Codó Zito Rolim: sina verde para a “máquina” com o tanque cheio rumo ao futuro

    Todo gestor público tem que botar a máquina para andar, e é que deve estar acontecendo no município de Codó, onde o prefeito Zito Rolim, assinou no mês de janeiro sete contratos para aquisição de combustível no valor total de 7.197.710,00.

    São mais de 2 milhões de litros de gasolina, o que garante em média 20 milhões de quilômetros de vantagem e garantia de um futuro promissor, pelo menos para o prefeito e os dois donos dos postos de combustíveis que abastecem as “máquinas”da prefeitura.

    A Ibrahim Duailibe & Cia Ltda. levou quatro contratos no valor total de R$ 3.901.000,00; enquanto a Júlio César Machado Alencar -ME ficou com três somados em R$ 3.296.710,00. Como todos os contratos foram através de Pregão, para evitar o risco de alguém ficar pelo meio da estrada.

    Pé na tábua!

    Veja os contratos:

    EXTRATO DE CONTRATO 20150009. ORIGEM: PREGÃO Nº 87/2014 PP CONTRATANTE: (O) Prefeitura Municipal de Codo, CONTRATADA (O): Ibrahim Duailibe & Cia Ltda, OBJETO: Contratação de empresa para fornecer combustível para os veículos da Prefeitura municipal de Codó/MA de acordo com o edital e anexos., VALOR TOTAL: R$ 1.239.520,00 (um milhão, duzentos e trinta e nove mil, quinhentos e vinte reais), PROGRAMA DE TRABALHO: Exercício 2015 Atividade 0201.041220002.2.002 Manutenção e Funcionamento da Secretaria de Governo, Classificação econômica 3.3.90.30.00 Material de Consumo, Subelemento 3.3.90.30.01, no valor de R$ 165.100,00, Exercício 2015 Atividade 1001.151220016.2.088 Manutenção e Funcionamento da Sec. Mun. de Infra-Estrutura, Urban. e Habitação, Classificação econômica 3.3.90.30.00 Material de Consumo, Subelemento 3.3.90.30.01, no valor de R$ 756.920,00, Exercício 2015 Atividade 1101.201220042.2.090 Manutenção e Funcionamento da Sec. Mun. de Agircultura, Pecuária e Abastecimento, Classificação econômica 3.3.90.30.00 Material de Consumo, Subelemento 3.3.90.30.01, no valor de R$ 88.900,00, Exercício 2015 Atividade 1301.041220020.2.112 Manutenção e Funcionamento da Secretaria Municpal de Serviços Públicos, Classificação econômica 3.3.90.30.00 Material de Consumo, Subelemento 3.3.90.30.01, no valor de R$ 228.600,00, VIGÊNCIA: 14 de Janeiro de 2015 a 31 de dezembro de 2015. DATA DE ASSINATURA: 14 de Janeiro de 2015. FRANCKE LUCIANO SILVA OLIVEIRA – Pregoeiro.

    EXTRATO DE CONTRATO 20150010. ORIGEM: PREGÃO Nº 87/2014 PP CONTRATANTE: (O) Fundo de Manut. da Educação Básica – FUNDEB, CONTRATADA: (O) Ibrahim Duailibe & Cia Ltda. OBJETO: Contratação de empresa para fornecer combustível para os veículos da Prefeitura municipal de Codó/MA de acordo com o edital e anexos. VALOR TOTAL: R$ 871.220,00 (oitocentos e setenta e um mil, duzentos e vinte reais). PROGRAMA DE TRABALHO: Exercício 2015 Atividade 0603.123610006.2.049 Manutenção e Funcionamento do Ensino Fundamental – Fundeb 40%, Classificação econômica 3.3.90.30.00 Material de Consumo, Subelemento 3.3.90.30.01, no valor de R$ 871.220,00, VIGÊNCIA: 14 de Janeiro de 2015 a 31 de Dezembro de 2015. DATA DE ASSINATURA: 14 de Janeiro de 2015 FRANCKE LUCIANO SILVA OLIVEIRA – Pregoeiro.

    EXTRATO DE CONTRATO 20150011. ORIGEM: PREGÃO Nº 87/2014 PP CONTRATANTE: (O) Fundo Municipal de Saúde, CONTRATADA: (O) IBRAHIM DUAILIBE & CIA LTDA, OBJETO: Contratação de empresa para fornecer combustível para os veículos da Prefeitura municipal de Codó/MA de acordo com o edital e anexos., VALOR TOTAL: R$ 1.127.760,00 (um milhão, cento e vinte e sete mil, setecentos e sessenta reais), PROGRAMA DE TRABALHO: Exercício 2015 Atividade 0901.101220011.2.068 Manutenção e Funcionamento da Secretaria Municipal de Saúde, Classificação econômica 3.3.90.30.00 Material de Consumo, Subelemento 3.3.90.30.01, no valor de R$ 566.420,00, Exercício 2015 Atividade 0902.103010046.2.078 Programa Atenção Básica – PAB, Classificação econômica 3.3.90.30.00 Material de Consumo, Subelemento 3.3.90.30.01, no valor de R$ 414.020,00, Exercício 2015 Atividade 0902.103020013.2.084 Serviço de Atendimento Móvel às Urgências – SAMU, Classificação econômica 3.3.90.30.00 Material de Consumo, Subelemento 3.3.90.30.01, no valor de R$ 147.320,00, VIGÊNCIA: 14 de Janeiro de 2015 a 31 de Dezembro de 2015. DATA DE ASSINATURA: 14 de Janeiro de 2015 – FRANCKE LUCIANO SILVA OLIVEIRA – Pregoeiro.

    EXTRATO DE CONTRATO 20150012. ORIGEM: PREGÃO Nº 87/2014 PP CONTRATANTE: (O) Fundo Municipal de Assistência Social, CONTRATADA: (O) Ibrahim Duailibe & Cia Ltda, OBJETO: Contratação de empresa para fornecer combustível para os veículos da Prefeitura municipal de Codó/MA de acordo com o edital e anexos., VALOR TOTAL: R$ 63.500,00 (sessenta e três mil, quinhentos reais), PROGRAMA DE TRABALHO: Exercício 2015 Atividade 1401.081220043.2.118 Manutenção e Funcionamento da Sec. Mun. Assistência Social e Seg. Alimimentar, Classificação econômica 3.3.90.30.00 Material de Consumo, Subelemento 3.3.90.30.01, no valor de R$ 63.500,00, VIGÊNCIA: 14 de janeiro de 2015 a 31 de dezembro de 2015. DATA DE ASSINATURA: 14 de Janeiro de 2015 – FRANCKE LUCIANO SILVA OLIVEIRA – Pregoeiro.

    EXTRATO DE CONTRATO 20150014. ORIGEM: PREGÃO Nº 87/2014 PP. CONTRATANTE: (O) Fundo de Manut. da Educação Básica – FUNDEB, CONTRATADA: (O) Julio Cesar Machado Alencar-ME, OBJETO: Contratação de empresa para fornecer combustível para os veículos da Prefeitura municipal de Codó/MA de acordo com o edital e anexos., VALOR TOTAL: R$ 768.840,00 (setecentos e sessenta e oito mil, oitocentos e quarenta reais), PROGRAMA DE TRABALHO: Exercício 2015 Atividade 0603. 123610006. 2. 049 Manutenção e Funcionamento do Ensino Fundamental – Fundeb 40%, Classificação econômica 3.3.90.30.00 Material de Consumo, Subelemento 3.3.90.30.01, no valor de R$ 768.840,00, VIGÊNCIA: 14 de janeiro de 2015 a 31 de dezembro de 2015. DATA DE ASSINATURA: 14 de janeiro de 2015. FRANCKE LUCIANO SILVA OLIVEIRA – Pregoeiro.

    EXTRATO DE CONTRATO 20150015. ORIGEM: PREGÃO Nº 87/2014 PP .CONTRA TANTE: (O) Fundo Municipal de Saúde, CONTRATADA: (O) Julio Cesar Machado Alencar-ME, OBJETO: Contratação de empresa para fornecer combustível para os veículos da Prefeitura municipal de Codó/MA de acordo com o edital e anexos., VALOR TOTAL: R$ 2.686.720,00 (dois milhões, seiscentos e oitenta e seis mil, setecentos e vinte reais), PROGRAMA DE TRABALHO: Exercício 2015 Atividade 0901.101220011.2.068 Manutenção e Funcionamento da Secretaria Municipal de Saúde, Classificação econômica 3.3.90.30.00 Material de Consumo, Subelemento 3.3.90.30.01, no valor de R$ 1.201.440,00, Exercício 2015 Atividade 0902. 103010046. 2.078 Programa Atenção Básica – PAB, Classificação econômica 3.3.90.30.00 Material de Consumo, Subelemento 3.3.90.30.01, no valor de R$ 768.840,00, Exercício 2015 Atividade 0902.103020013.2.084 Serviço de Atendimento Móvel às Urgências – SAMU, Classificação econô- mica 3.3.90.30.00 Material de Consumo, Subelemento 3.3.90.30.01, no valor de R$ 716.440,00, VIGÊNCIA: 14 de janeiro de 2015 a 31 de dezembro de 2015. DATA DE ASSINATURA: 14 de janeiro de 2015. FRANCKE LUCIANO SILVA OLIVEIRA – Pregoeiro.

    EXTRATO DE CONTRATO 20150016. ORIGEM: PREGÃO Nº 87/2014 PP. CONTRATANTE: (O) Fundo Municipal de Assistência Social, CONTRATADA: (O) Julio Cesar Machado Alencar-ME, OBJETO: Contratação de empresa para fornecer combustível para os veículos da Prefeitura municipal de Codó/MA de acordo com o edital e anexos. VALOR TOTAL: R$ 440.150,00 (quatrocentos e quarenta mil, cento e cinquenta reais). PROGRAMA DE TRABALHO: Exercício 2015 Atividade 1401.081220043.2.118 Manutenção e Funcionamento da Sec. Mun. Assistência Social e Seg. Alimimentar, Classificação econô- mica 3.3.90.30.00 Material de Consumo, Subelemento 3.3.90.30.01, no valor de R$ 440.150,00, VIGÊNCIA: 14 de janeiro de 2015 a 31 de dezembro de 2015. DATA DE ASSINATURA: 14 de janeiro de 2015. FRANCKE LU

  6. Merenda escolar com todo esse investimento?

    Nunca que as crianças do município tão usufruindo disso.

    O lanche dado as crianças nas escolas de Codó (quando tem) jamis chegariam a um valor desses.
    A realidade não condiz com esse dinheiro todo.

Deixe uma resposta